Escrito em por

qb01

 

O Projeto Educação com Esporte, implantado desde 2015 pela Prefeitura de Quatro Barras e o Clube Santa Mônica, segue a todo vapor. Na noite da quinta-feira (13/07) pais e alunos conheceram mais sobre esta iniciativa que oferece modalidades olímpicas gratuitas para alunos das escolas municipais de Quatro Barras.

Eles praticam ginástica rítmica, judô, voleibol e badminton nas instalações do clube, com equipamentos, professores e todo o aparato gratuitamente. A cooperação entre Prefeitura e Clube permite a realização do projeto. Através da Secretaria de Educação, as crianças contam com transporte, lanche e a presença de um supervisor. Já o clube, oferece toda a sua estrutura de quadras, materiais e a orientação técnica de seus professores.

No evento realizado na última semana, o Prefeito Angelo Andreatta (Lara) e o presidente do Clube, Gilberto Foltran, falaram sobre a iniciativa e as expectativas para este ano e os próximos. “Estamos muito motivados para dar continuidade e ampliar este projeto que é realmente transformador. Parabenizo a todos os envolvidos pelo trabalho que desempenham, fazendo a diferença na vida das nossas crianças”, disse Lara.

O presidente do Clube disse que os benefícios do projeto vão além do esporte. “Levar as crianças a uma atividade esportiva é estimular a cidadania, a ética, a disciplina e o caráter. É muito mais do que o resultado que se pode ter com o esporte, são os valores que as crianças e jovens podem aprender”, destacou Foltran.

No encontro, o professor de voleibol, Marcelo Ribaski, explicou como acontece o dia a dia do projeto e apresentou a equipe de professores e os alunos que já vem despontando nas modalidades, como a pequena Maria Eduarda, a Bruna, o Artur e o Leonardo, que já colecionam medalhas.

“Tenho (na minha trajetória) três campeões olímpicos, o Giba, o Emanuel e o Lipe, que começaram treinando comigo. Hoje estamos convidando as crianças”, disse Marcelo, ao mencionar a grande oportunidade que se abre para o esporte.

Novidades

Em 2017, além de ampliar o número de vagas – neste ano serão 370 – o projeto expande mais uma modalidade, o futsal. A secretária de Educação, Adriana Túlio, disse que dois novos ônibus também foram adquiridos pela Prefeitura e que passarão a atender os alunos do projeto.

A moradora do Jardim Menino Deus, Iolanda Duzanoski, é uma das mães que acompanham de perto a participação dos filhos. A filha Pamela, de 9 anos, pratica o voleibol e é fã de carteirinha da modalidade. “Acho maravilhoso este projeto. E não apenas pelo esporte, que aliás, minha filha adora, mas pela questão de ensinar a ter disciplina, responsabilidade”, contou.

O professor Marcelo Ribaski disse que os relatos de sucesso são diários. “Temos muitos relatos de crianças que melhoraram na escola, melhoraram na alimentação, que passaram a ser melhores alunos e melhores filhos, porque valorizam e gostam das modalidades, e aprendem com elas”, disse.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)