Escrito em por

colombo01

 

Encontro foi para mostrar como ficará a via e todos os setores que serão beneficiados com a reurbanização, destacando o desenvolvimento da região

Na noite do dia 15, quinta-feira, no Saguão da UAB (Universidade Aberta do Brasil), localizado na Regional do Maracanã, a prefeita Beti Pavin acompanhada do vice-prefeito Sérgio Pinheiro e do secretário de Governo, Luiz Gilberto Pavin, participou de um encontro com comerciantes da região do Alto Maracanã, para debater sobre as obras de reurbanização e melhorias da Avenida Abel Scuissiato.

“Em 2003 fizemos a primeira intervenção nessa via, que era cheia de buracos e precisava de melhorias. Agora, 16 anos depois, percebemos o tanto que nosso município cresceu e desenvolveu, tendo a necessidade de uma nova intervenção nesse trecho. Por isso, é muito importante a participação de todos, para conhecer sobre a obra e tudo que ela contempla”, disse a chefe do Poder Executivo, Beti Pavin.

Os serviços de reurbanização neste novo trecho acontecem entre a Estrada da Ribeira e a Rua Thomas Edison, somando 560 metros de extensão com investimentos de recursos próprios de aproximadamente R$ 4,5 milhões.

“Este é um local de muito movimento e importante para a cidade. Por isso marcamos o encontro para ouvir quem está no dia-a-dia e vivencia a região do Maracanã. Com certeza é uma grande obra que vem para somar ainda mais no comércio de Colombo”, enfatizou o vice-prefeito Sérgio Pinheiro.

Sobre a obra

Na ocasião, o secretário de Governo, Luiz Gilberto Pavin, e o arquiteto e urbanista Heitor Rodrigues, apresentaram o projeto aos presentes. Por meio de imagens em 3D, foi possível analisar todos os pontos que a obra contemplará.

“Será uma grande obra que chega para beneficiar os comerciantes e também moradores que transitam nessa região todos os dias. Hoje pudemos debater e esclarecer para que todos saiam satisfeitos com as melhorias que serão feitas”, explicou o secretário da pasta, Gilberto Pavin.

Após finalizado, este trecho da Abel Scuissiato contará com canteiro central, calçadas, estacionamento, rotatória, sinalização, ciclofaixa, travessias elevadas, mobiliário urbano (bancos, lixeiras, abrigo de ônibus), paisagismo, iluminação de LED, espaço de convivência e eventos, entre outros.

Para Mari Oikawa e Marcos Keiji Oikawa, proprietários há 20 anos da Distribuidora de Bebidas Japas, a revitalização vem como um impulso para melhorar o comércio local. “Estamos empolgados com a novidade que vai agregar muito na região. É uma obra importante para todos, e inclusive agora vamos reformar a loja para ter um novo espaço adequado para receber nossos clientes”.

Novidade

Durante o encontro, a prefeita Beti Pavin anunciou a implantação do estacionamento regulamentado na região. “Essa é uma forma que encontramos para dar mais rotatividade no local, ajudando os comerciantes que hoje em dia até perdem clientes por não ter local para estacionar. O projeto já foi aprovado na Câmara de Vereadores e em breve iremos licitar uma empresa para cuidar dessa questão, que terá fiscalização forte por parte do poder público”, destacou Beti.

“Esse projeto é inovador e trará inúmeros benefícios. Atualmente não temos vagas disponíveis para nossos clientes, e o pouco que tem na extensão da via é utilizado por ambulantes. Então recebemos essa novidade com otimismo, já que precisávamos dessa renovação nos comércios”, disse João Rafael Landes, de 37 anos, que passou a infância na região e acompanhou todo o desenvolvimento da Avenida. Desde 1999 ele cuida da loja Cicles Landes, – herdada do pai – a loja teve seu início em 1982, exatos 37 anos no mesmo ponto.

Reurbanização completa da Abel Scuissiato

Vale lembrar, que as obras acontecem em duas etapas. O primeiro trecho de obra, já iniciado, vai da Rua Thomas Edison até a Rua Las Vegas. e beneficiará dez regiões da cidade como também fortalecerá a ligação com a BR-116 e o município vizinho de Pinhais.

Entre as regiões contempladas estão: Guarani, Planta Teixeira de Lara, Vila Petrópolis, Jardim Quitandinha, Jardim Alvorada, Campo Alto, Jardim Central, Jardim Abigail, Vila Miracema e Atuba.

A obra conta com investimentos de mais de R$ 15 milhões para a sua reurbanização, incluindo outras vias urbanas do seu entorno. Os recursos são do financiamento contratado pela Prefeitura por meio do programa Avançar Cidades, do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Presenças

Estiveram presentes na reunião o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Marcio Strapasson, o secretário de Comunicação, Waldirlei Bueno; o secretário de Industria, Comércio, Turismo e Trabalho Antônio Ricardo Milgioransa; o superintendente da Regional Osasco, Fábio Schueller e o diretor da Regional Maracanã, João Dalprá.
Também participaram os vereadores Edson Baggio, Angelo Betinardi, Gilgera e Elcio do Aviário.

colombo02

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)