Escrito em por

qb02

 

Algumas iniciativas que nascem dentro da escola extrapolam os muros e transformam as comunidades onde ela está inserida. Foi assim que o projeto ‘Pensando no futuro, reaproveitando hoje’, desenvolvido pela professora Carina Andreatta de Lara Brunatto e alunos do 3º ano B e D da Escola Municipal Izair Lago, lançou não apenas um novo olhar sobre as práticas diárias das crianças, como estimulou ações concretas na comunidade.

Desde o início do ano o tema reciclagem foi a base para uma série de atividades e muito aprendizado. Com materiais recicláveis, as crianças construíram brinquedos, reaproveitaram óleo de cozinha, aprenderam a fazer sabão com o envolvimento direto dos pais, conheceram processos de reaproveitamento de água durante visita à Viação Castelo Branco, confeccionaram materiais em casa com a família, visitaram a associação de reciclagem e um aterro sanitário, e envolveram a comunidade em blitz educativas incentivando os moradores à separação e ao descarte correto do lixo.

Toda a programação, que já dura quase seis meses, contou com vários apoiadores, entre as secretarias de Educação e Meio Ambiente, o Sebrae e voluntários da comunidade, e ainda não tem data para acabar. “O envolvimento de tantas pessoas realmente surpreendeu. De uma semana para outra vimos a escola repleta de pais e familiares, as crianças entusiasmadas, e toda a equipe pedagógica envolvida”, contou a professora.

Nas palavras das crianças ainda mais motivação. Aos 9 anos, o aluno Arthur Martins Moreira contou o que viu e viveu no último semestre. “Transformamos papelão em aviões, em pistas de carrinho, em tantas coisas. Aprendemos que devemos separar o lixo para não poluir o meio ambiente. E mais, levamos esse conhecimento para as nossas casas. Ensinei meu irmão mais novo, de 4 aninhos, e também meus pais”, contou Arthur.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)