Escrito em por

pinhais06

 

Nos dias 25 e 26 de março, a Prefeitura de Pinhais promoveu uma formação em atenção aos acumuladores de animais e/ou objetos. O curso reuniu, no Centro de Formação dos Profissionais da Educação de Pinhais (Cenforpe II), profissionais que atuam nas Secretarias de Saúde, Meio Ambiente, Assistência Social e Procuradoria Geral do Município, além de representantes do Conselho Municipal de Saúde.

Participaram desta iniciativa 50 profissionais, entre eles: assistentes sociais, médicos veterinários, enfermeiros, psicólogos, psiquiatras, agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, terapeutas ocupacionais e advogados.

A formação contou com a participação da médica veterinária doutoranda da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Graziela Ribeiro. “Durante o encontro foram discutidas medidas para a busca da melhoria da qualidade de vida das pessoas e animais que vivem em situação de acumulação. Esta capacitação também marca o início das atividades do Comitê de Atenção às Pessoas em Situação de Acumulação”, explica a médica veterinária do Departamento de Vigilância em Saúde, Cristiane da Conceição de Barros.

Comitê de Atenção às Pessoas em Situação de Acumulação

Por meio do decreto nº 011/2019 a Prefeitura de Pinhais institui a Política de Atenção às Pessoas em Situação de Acumulação e cria o Comitê de Atenção às Pessoas em Situação de Acumulação (CAPSA). A implantação desta política visa garantir a atenção integral à saúde das pessoas em situação de acumulação, objetivando o seu bem-estar físico, mental e social e a adoção de medidas de prevenção de doenças e proteção da saúde individual e coletiva.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)