Escrito em por

curitiba01

 

Curitiba compartilha uma história com a Europa e agora também trabalha para um futuro em comunhão com nações do continente. Essa foi a tônica do discurso do Prefeito Rafael Greca para 21 embaixadores europeus, em recepção no Salão Nobre da Prefeitura de Curitiba, na quinta-feira (3/5), junto da primeira-dama Margarita Sansone.

Greca falou sobre a história de Curitiba, desde a fundação por portugueses, indígenas e africanos até a chegada dos primeiros imigrantes de outros países europeus. O prefeito também convidou os diplomatas a conhecerem os projetos que a Prefeitura vem desenvolvendo.

“A cidade tem que voar para o futuro com a asa da tradição e a asa da inovação”, comentou. “Queremos que Curitiba seja a mais inovadora das cidades brasileiras”, disse Greca, mencionando o Vale do Pinhão – ecossistema de inovação formado por uma rede de empreendedores, startups, universidades, investidores e o poder público.

Além do passado multicultural de Curitiba, Greca mencionou os diversos acordos internacionais celebrados com instituições da França, Holanda, Suécia, Dinamarca e dos Estados Unidos. O encontro desta quinta-feira, explicou o prefeito, é também um convite para empreendedores e investidores dos países representados. “Que venham à Curitiba e façam daqui a sua base”, enfatizou.

Chefe da delegação, o embaixador da União Europeia, João Titternigton Gomes Cravinho, agradeceu ao prefeito pela apresentação. “Coloca a história numa perspectiva de projeção para o futuro”, disse Cravinho. O diplomata acredita que Curitiba e a União Europeia tendem a estar cada vez mais próximos. “Todos os embaixadores aqui estão interessados em construir novas oportunidades de relacionamento de seus países com Curitiba.”

Os embaixadores e seus cônjuges seguiram uma agenda na capital paranaense com intuito de conhecer melhor a cidade. Ainda na quinta-feira, os cônjuges fizeram turismo em Curitiba e conheceram crianças do projeto Embaixadores do Futuro, que leva a experiência da vida diplomática a alunos da rede municipal de ensino.

Participaram os embaixadores da Alemanha, Johann Georg Michael Witschel; da Áustria, Irene Giner-Reichl; da Bélgica, Dirk Loncke; da Bulgária, Valeri Ivanov Yotov; do Chipre, Haralambos Kafkarides; da Croácia, Zeljko Vukosav; da Dinamarca, Kim Hojlund Christensen; da Eslováquia, Milan Cigán; da Eslovênia, Alain Brian Bergant; da Finlândia, Markku Tuomo Tapio Virri; da Grécia, Ioannis Pediotis; da Irlanda, Brian Glynn; da Itália, Antônio Bernardini; de Luxemburgo, Carlo Krieger; do Reino Unido, Francis Vijay Narasimhan Rangarajan; da Romênia, Stefan Mera; e da Suécia, Per-Arne Hjelmborn; a cônsul-geral da Lituânia, Laura Tupea; a encarregada de negócios da Embaixada da Polônia, Marta Olkowska; a presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento S/A, Cris Alessi; a supervisora de Informações do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, Liana Vallicelli; e o assessor da Prefeitura de Curitiba para Relações Internacionais, Rodolpho Zannin.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)