Escrito em por

pinhais08

 

Autoridades municipais apresentaram a obra em reunião com os moradores

Na noite de segunda-feira, dia 3, a prefeita de Pinhais, Marli Paulino, reuniu-se com moradores da Rua Augusto Trevisan para anunciar a construção de calçada em concreto poroso para pedestres. A via, localizada no bairro Maria Antonieta, tem aproximadamente 800 metros e fica entre a Rodovia Deputado João Leopoldo Jacomel e a Rua Leila Diniz. Também participaram da reunião, a vice-prefeita Rosa Maria; os secretários de Obras Públicas, Mário Stier, e de Governo, Márcio Mainardes (interino); o diretor do Departamento de Infraestrutura Urbana, Márcio Diniz da Rocha; e o fiscal técnico da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), Alexandre Fanha.

“Trabalhamos para deixar Pinhais ainda mais bonita e melhor para todos. Por isso fazemos obras em todos os bairros da cidade. Ficamos sempre felizes em participar de reuniões com os moradores porque nelas anunciamos melhorias à comunidade. Hoje, estamos aqui para apresentar este serviço de calçamento em toda a via. Investimos em todas as áreas, na saúde, educação e na infraestrutura, sempre pensando em melhor atender a nossa população”, falou a prefeita no início da reunião.

A vice-prefeita Rosa Maria também destacou sua felicidade em anunciar mais uma obra para a comunidade, ainda mais de calçamento para pedestre, que traz mais acessibilidade e qualidade de vida para todos. “Estamos fazendo obras em toda a cidade e em várias áreas, esse é o nosso compromisso. Mesmo em um momento de crise econômica, a administração não parou, comprovando uma administração dinâmica, com uma equipe organizada e integrada que planeja todos os detalhes”, disse Rosa.

O secretário Mário explicou que as obras serão realizadas por uma empresa terceirizada e iniciarão nos próximos dias. “Destaco a importância desse encontro com a população que recebe a obra, já que são os moradores dessas ruas que conhecem todos os detalhes e situações dela, assim podem trazer informações importantes durante a obra, dando suporte aquilo que não estava previsto. Então, agora é hora de informar qualquer situação que precisa ser solucionada, como, por exemplo, a drenagem. As calçadas ficarão lineares, na altura do meio fio, atendendo as normas de acessibilidade determinadas”, apontou o secretário.

Os moradores aproveitaram o encontro com as autoridades para conversarem sobre o bairro, bem como foi oportunidade de explicar algumas situações, como intervenções na Rodovia João Leopoldo Jacomel que, por ser de responsabilidade do governo do Estado, a Prefeitura não pode fazer qualquer serviço nela. Mas, preocupada com a segurança de todos, a administração conseguiu regularizar a iluminação por meio de parceria.

Sobre o calçamento em concreto poroso que será realizado na Rua Augusto Trevisan, é permeável – não permite o acúmulo de água e não deixa poças com água, o que contribui com a locomoção de pedestres em dias chuvosos. Além disso, este calçamento tem durabilidade maior e custo similar em comparação com o convencional, manutenção quase zero e sua execução é relativamente rápida.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)