Escrito em por

greca01

 

O Prefeito Rafael Greca é Personalidade AECIC 2018. A homenagem foi prestada, na segunda-feira (6/8), pela Associação das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba (AECIC) em evento que reuniu cerca de 420 pessoas, no Graciosa Country Club, entre lideranças empresariais e políticas do Estado.

“Recebo a homenagem com uma indizível alegria”, disse o prefeito, que recebeu a honraria ao lado da primeira-dama Margarita Sansone. “A Cidade Industrial de Curitiba é a força empresarial mais dinâmica de todo o Paraná. Representa uma plêiade de empresas que honram nosso estado. E a Associação das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba é uma valiosa parceira da nossa cidade para o bem que ainda podemos fazer por Curitiba, pelos curitibanos e pelos paranaenses.”

A homenagem começou a ser concedida pela AECIC em 1978. Anualmente, a associação seleciona um homenageado, levando em consideração a contribuição para o desenvolvimento do Paraná e e a atuação e legado no meio industrial e empresarial paranaenses. O prefeito curitibano é o homenageado da 38ª edição do evento.

Incomum

“Rafael Greca ama Curitiba e tem uma competência fora do comum”, destacou o presidente da AECIC, Nelson Hübner. “Em tempos de crise é necessário ter esperança. E o prefeito mantém esta chama acesa, administrando nossa cidade com ternura e disciplina. Só consegue isso quem tem conhecimento.”

Ao agradecer a homenagem, Greca destacou a parceria dos empresários da CIC em benefício da cidade.

“São representantes da força mais significativa das pessoas que geram emprego e renda no Paraná como parceiros da nossa Prefeitura. O presidente Nelson Hübner e outros empresários da CIC mantêm liceus de ofício, escolas de profissão, apoiam a cultura e ajudam a resgatar jovens e a colocá-los no bom emprego. É também por causa da AECIC que Curitiba e o Paraná são mais fortes que as dificuldades”, disse Greca.

Unanimidade

O presidente do Conselho Deliberativo da AECIC, João Casillo, destacou por sua vez o carinho com o qual Rafael Greca administra a cidade. “Isso faz com que ele conheça cada avenida, rua, cada viela e tenha uma dedicação total”, afirmou. “A escolha dele foi unanimidade absoluta dentro da AECIC. Isso é muito bom para a cidade.”

Na opinião do prefeito de Campo Largo, Marcelo Puppi, a homenagem ao prefeito de Curitiba é merecida. “Rafael Greca não está sendo homenageado pela sua obra neste momento, mas por ser protagonista da história do Paraná e de Curitiba ao longo dos tempos. Reconheço nele um líder que a todos nós dá satisfação”, afirmou Puppi, destacando como exemplo da administração de Greca os Armazéns da Família, cujo modelo irá replicar em Campo Largo.

Para o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Sérgio Balaguer (Serginho do Posto), a homenagem a Greca se traduz um importante reconhecimento da administração que vem sendo feita na cidade. “É justo pelo trabalho responsável que o prefeito vem desenvolvendo ao longo desses 19 meses na Prefeitura”, disse.

UPA

Em seu discurso, o prefeito destacou o empenho da administração para fazer funcionar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 Horas da CIC, há dois anos fechada. “A UPA da CIC é a única nota dissonante neste momento de festa. Estamos com as mãos atadas pela decisão da Justiça do Trabalho que impede de reabrir a Unidade de Pronto Atendimento da CIC com uma organização social”, afirmou.

Greca ressaltou que o custo mensal da unidade, com o novo modelo de gestão, é R$ 400 mil mais barato do que seria no modelo tradicional, com os mesmos serviços e equipamentos. E, ainda, com 171 funcionários e todos os insumos clínicos. “Apelamos a Brasília, na esperança, e na confiança da Justiça. Fomos eleitos para melhorar a cidade, e não abriremos mão deste dever. Quero Justiça”, afirmou.

Resultados

O prefeito destacou ainda os avanços alcançados nos 19 meses da atual gestão. Pela primeira vez, desde 2014, a Prefeitura está adimplente, em dia com a Lei de Responsabilidade Fiscal, com crédito junto à União e organismos financiadores e com certidões em dia com o Tribunal de Contas do Estado.

Ao longo desse período foram investidos R$ 760 milhões. Também obtivemos outros R$ 400 milhões em convênios com o Ministério das Cidades. Além disso, R$ 450 milhões por ano no SUS e R$ 1,2 bilhão para Educação. Greca também lembrou que mais de 250 ruas estão sendo revitalizadas em Curitiba. “Estamos acendendo as luzes dos Faróis do Saber, agora também Faróis da Inovação. Ensinamos os curitibinhas que as profissões serão diferentes, porque o mundo novo pede inovação.”

Sede

Ao encerrar os agradecimentos pela a homenagem da AECIC, o prefeito lembrou que a sede da entidade está na rua que leva o nome do seu avô: Manoel Valdomiro de Macedo e ressaltou o empreendedorismo dos empresários da CIC como modelo.
“Meu avô Valdomiro, que foi meu mestre de vida, talvez nem tenha imaginado tamanho progresso industrial de Curitiba ao tempo em que desdobrava tábuas de imbuia de barricas de erva-mate para oferecer à indústria curitibana de mobiliário.”

“Este é o nosso cerne”, disse Greca. O cerne, segundo ele, é a alma da Araucária, a parte da árvore que cupim algum devora. “Curitiba e o Paraná, única cidade com classificação positiva da Secretaria do Tesouro Nacional e único estado a investir em obras no atual cenário da vida brasileira são o cerne do Brasil. É preciso acreditar no País num movimento de igual intensidade ao que reafirmamos a força da Cidade Industrial de Curitiba”, finalizou o prefeito.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)