Escrito em por

pinhais03

 

Na ocasião, os asiáticos tiveram a oportunidade de conhecer a gestão de Pinhais, apontada como referência no que diz respeito ao atendimento materno infantil

A Prefeita de Pinhais, Marli Paulino, recebeu a visita de uma comitiva formada por integrantes do Departamento de Reforma de Saúde da República da China e representantes do parlamento chinês. Acompanhados pela equipe da Secretaria de Saúde do Estado, os asiáticos tiveram a oportunidade de conhecer a gestão de Pinhais, apontada como referência no que diz respeito ao atendimento materno infantil.

Até 2015, a China possuía algumas restrições quanto à geração de descendentes, já que o país é o mais populoso do planeta. Até então, o governo Chinês restringia que cada família tivesse no máximo um filho. Porém, novas medidas foram tomadas e a reforma da política do filho único foi ratificada. Com isso, o país passou a se preocupar de maneira mais intensificada com o atendimento das gestantes, assim como com a taxa de mortalidade infantil.

Levando em consideração a busca por um modelo ideal, os chineses pesquisaram e verificaram que o Brasil vem melhorando gradativamente sua taxa de mortalidade infantil e o Paraná é o Estado que tem os melhores indicadores. Ao serem consultados, os profissionais da Secretaria de Estado da Saúde indicaram o município de Pinhais, já que vem nos últimos anos tornando-se uma referência no acompanhamento das gestantes, desde o pré-natal ao nascimento da criança.

Após visitar a Prefeita Marli Paulino e a vice-Prefeita Rosa Maria a comitiva conheceu o Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. Na ocasião, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde apresentou todo o fluxo de atendimento da Rede Municipal, bem como destacou as políticas voltadas ao atendimento materno infantil.

“É impressionante ver como vocês cuidam da saúde da população. Estamos muito contentes em ter contato com estes projetos. Embora, Brasil e China são países muito diferentes, mas temos certeza que conseguiremos aproveitar estes bons exemplos para oferecermos o melhor aos nossos cidadãos”, enfatizou a diretora geral do Departamento de Reforma na Saúde Pública da República Popular da China, Haining Xue.

PROGRAMAS

Um dos programas que chamou bastante a atenção dos chineses foi a Rede Mãe Paranaense. Idealizado pela Secretaria de Estado da Saúde com financiamento do Banco Mundial, por meio do Projeto Multissetorial para o Desenvolvimento do Paraná, o programa está presente em todos os 399 municípios do estado, sendo responsável pelo atendimento materno-infantil desde a gestação até a criança completar 1 ano. Cerca de 83% das gestantes paranaenses são atendidas pelo programa.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)