Escrito em por

ratinho

 

O encontro aconteceu no último sábado, dia 8, e contou também com a presença do futuro Chefe da Casa Civil, Deputado Guto Silva

Dentro de um clima bem descontraído, mas muito produtivo, o Governador do Paraná eleito, Ratinho Junior, e o futuro Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, se encontraram pela primeira vez depois do segundo turno das eleições presidenciais. Durante a conversa, que contou também com a presença do deputado reeleito Guto Silva-indicado para ser o Chefe da Casa Civil do próximo Governo do Paraná, foram debatidos assuntos importantes como novos projetos e ideias que possam colaborar para um Paraná e um Brasil melhores.

Uma nova política

Dentro da “roda’ de conversas, foram abordados assuntos como transição de Governo-Estadual e Federal, e a necessidade de uma nova forma de fazer política [deixando de lado velhos hábitos]. Na oportunidade, o ex-Juíz Federal e o Governador eleito falaram sobre outros importamtes temas como transparência, segurança pública e governabilidade.

Trabalho em conjunto

Bastante otimista com o futuro do Paraná e do Brasil, Ratinho Junior frisou a importância desse novo momento brasileiro. “É preciso acabar com o velho hábito do “toma lá dá cá”. Uma nova política de gestão tem que ser baseada em meritocracia e qualificação técnica”. O governador eleito destacou também a importância do diálogo com Moro para a segurança pública do Paraná. “Tenho certeza que o futuro Ministro da Justiça e Segurança Pública dará uma enorme contribuição ao nosso estado. Sérgio Moro será nosso porta voz em Brasília, junto ao Presidente Bolsonaro. Vamos trabalhar em conjunto para implantar projetos que reforcem a segurança das nossas fronteiras e ajudem no combate ao crime organizado”, declarou Ratinho Júnior.

Brasil mais justo e ético

Também presente ao encontro com o futuro Ministro do Governo Bolsonaro, o Deputado e Vice-Presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Guto Silva, futuro Chefe da Casa Civil do Governo do Estado do Paraná, reiterou o compromisso e a união para a construção de um Brasil mais justo e ético.

Participaram também do encontro com Sérgio Moro, Fábio Aguayo (presidente da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas), João Zucolotto (diretor da Abrabar) e Carlos Zucolotto (diretor jurídico da Feturismo).

Encontro com Bolsonaro

Alguns dias antes da conversa com o Ministro da Justiça e Segurança Pública, o Governador eleito do Paraná se encontrou, no dia 4 de dezembro, em Brasília, com Jair Bolsonaro. Na ocasião, Ratinho Júnior apresentou um projeto de ligação dos portos de Paranaguá, no litoral do Paraná, e de Antofagasta, no norte do Chile, obra importante para o agronegócio brasileiro, por interligar os Oceanos Atlântico e Pacífico. “Esse seria o caminho mais curto para chegar aos países importadores da Ásia, principalmente a China, disse Ratinho, ressaltando que o presidente eleito teria gostado da ideia sugerida por ele.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)