Escrito em por

pinhais06

 

As atividades do projeto proporcionaram aos alunos o encontro com uma indígena e visita ao Museu Paranaense

O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Vó Charlote, no bairro Atuba, desenvolve o projeto “Pequenos artistas, grandes descobertas”. A iniciativa é trabalhada pelas professoras Tailine e Cintia com as turmas do infantil IV e tem intenção de proporcionar aos alunos a oportunidade de conhecer, por meio da arte, diferentes linguagens artísticas, perceber que há diferentes formas de expressão, vivências, pensamentos e ideias de cada povo.

Na última semana, durante dois dias, o projeto foi trabalhado com algumas turmas que tiveram a oportunidade de conhecer a cultura e a arte indígena com atividades diferenciadas.

Na quarta-feira (10), o CMEI Vó Charlote recebeu a visita da indígena Kixirá Mar, nativa brasileira, natural do estado do Acre. A índia contou para os alunos a história chamada de “Jamandi”, que significa gente da mata, que ouvia quando era criança, além de falar sobre a cultura do povo de sua tribo.

Já no dia 11, foi realizada uma visita ao Museu Paranaense, em Curitiba. No passeio, as crianças apreciaram a exposição permanente sobre os povos indígenas e assistiram a apresentação de alguns ritos indígenas realizado pelo Grupo Towê Fulni-ô, dos povos Fulni-ô de Águas Belas, do estado de Pernambuco.

Estes dois dias de atividades foram produtivos e proporcionaram conhecimento e encantamento para as crianças. De acordo com a pedagoga do Cmei Nádia Karina de Morais, no início do projeto as crianças acreditavam que todo nativo brasileiro (indígena), era igual. “Quando fizemos visita da Índia Kixira e a ida ao museu elas acabaram percebendo que cada tribo se expressa de formas diferentes em suas artes, nas características, no modo de viver e de pensar”, relatou Nádia.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)