Centro da Juventude de Pinhais celebra seus 3 anos

 

O Centro da Juventude Pinhais comemorará seu terceiro ano de fundação e quer dividir esta alegria com você.

O local já se consolidou como um espaço que proporciona momentos de diversão, a chance de conhecer novas pessoas e de agregar mais conhecimentos que serão levados para a vida toda. Para a comemoração do aniversário serão realizadas diversas atividades especiais.

De acordo com o coordenador do Centro da Juventude, Hugo Bottega da Silva, o local é um equipamento social diferenciado. “Ele se diferencia dos demais equipamentos por ser um espaço totalmente aberto e democrático com isenção de condicionalidades para o seu ingresso e baseia-se em três pilares: convivência, cidadania e formação”, explica.

Centro da Juventude

O Centro da Juventude atende jovens cadastrados e é um espaço aberto a toda a comunidade de Pinhais, onde são oferecidos cursos profissionalizantes, oficinas e modalidades esportivas. Quem tiver i (…)


Alunos de Pinhais encaminham doação à população de Mariana-MG

 

Uma verdadeira lição de solidariedade foi dada pelos alunos do 2º ano da Escola Municipal Cândido Portinari, localizada no bairro Jardim Cláudia em Pinhais.

Na manhã de sexta-feira (27/10), a escola encaminhou fardos de garrafas de água mineral ao município de Mariana, no estado de Minas Gerais, que enfrenta as duras consequências após o rompimento de uma barragem.

A tragédia, que comoveu todo o país, também sensibilizou os pequenos moradores de Pinhais. As doações foram compradas com o dinheiro arrecadado pelos alunos na segunda edição da Feira Municipal da Criança Empreendedora. O evento, fruto da parceria entre a Secretaria de Educação do município com o SEBRAE, foi promovido, no mês de outubro no Centro de Empreendedorismo e Artesanato (Ceart).

De acordo com a professora Danielly Fogaça, a ideia partiu dos próprios alunos. “Eles estavam contabilizando os gastos e o lucro obtido na Feira. Uma das alunas comentou sobre o desastre ocor (…)


Em Colombo, moradores do Jardim Monza recebem ações do Programa Nosso Bairro

Foto: Marcio Fausto/PMC

colombo01

Programa reuniu serviços de utilidade pública e lazer na Escola Municipal Antônio André Johnsson

Uma verdadeira força tarefa foi montada na Escola Municipal Antônio André Johnson, no Jardim Monza. Isso porque durante todo o sábado, (28/10), o local recebeu a 5ª edição do Programa Nosso Bairro, que colocou a disposição da população diversos serviços da prefeitura e de empresas parceiras.

“Essa é uma verdadeira ação de cidadania. Unimos todas as secretarias e instituições parceiras para trazer até a população serviços de utilidade pública e lazer, para beneficiar aqueles que mais precisam”, afirmou a Prefeita de Colombo, Beti Pavin.

Os moradores participaram ativamente (…)


Maternidade Alto Maracanã, em Colombo, comemora aniversário com mais de 36 mil nascidos

 

Há exatos 13 anos era entregue à população colombense o local onde seus filhos poderiam nascer e dizer que a partir daquela data Colombo também era sua cidade natal.

O Hospital Maternidade Alto Maracanã foi inaugurado no dia 30 de novembro de 2002, e até hoje, já são 36.500 pequenos cidadãos.

E para comemorar esta data tão expressiva para o município, equipe médica e também para às famílias de todos estes nascidos foi realizada uma Missa de Ação de Graças no dia 27/10 (sexta-feira) para celebrar a vida. Esta atividade contou com a presença da Prefeita Beti Pavin e do presidente da Câmara, vereador Waldirlei Bueno.

“Com muito esforço, dedicação e muito trabalho construímos com recursos próprios a nossa tão sonhada maternidade e hoje podemos estar aqui, mais uma vez, compartilhando este momento importante para nossa cidade, mas principalmente para as famílias destas crianças que vivem esta benção em suas vidas. Não há nada mais g (…)


Congresso conclui votação da meta fiscal e autoriza rombo de R$ 119,9 bi

por Laís Alegretti e Fernanda Calgaro, do G1, em Brasília

Governo dependia da aprovação para cumprir Lei de Responsabilidade Fiscal. Meta era R$ 55,3 bilhões de superávit primário, mas rombo era de R$ 33 bi.

O Congresso Nacional aprovou, na quarta-feira (2), o projeto de lei que reduz a meta fiscal de 2015 e autoriza o governo federal a encerrar 2015 com um déficit recorde de R$ 119,9 bilhões.

Os parlamentares já haviam aprovado o substitutivo do projeto, mas ainda estava pendente a avaliação de destaques que pediam a retirada do trecho que previa o abatimento de até R$ 57 bilhões para compensação das chamadas “pedaladas fiscais”, que são os pagamentos atrasados a bancos públicos referentes a 2014. Esses destaques foram derrubados e o texto aprovado na Comissão Mista de Orçamento foi mantido.

O Executivo dependia da revisão da meta para não descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Se o Congresso não tivesse reduzido a meta, o go (…)