Pandemia, imprudência no trânsito e o desprezo pela vida

por J.A.Puppio

As cenas de praias lotadas em todo Brasil e de aglomeração em bares sem o uso de máscaras durante a pandemia ganharam destaque na imprensa e causaram perplexidade no feriado de 7 de Setembro. Mas o descuido com a própria saúde e a disposição em arriscar a vida foram vistos também nas rodovias do país: a cada 14 abordagens feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante o feriado, houve um flagrante de pessoa sem cinto de segurança ou de motociclista sem capacete.

O fato é que a quarentena modificou a forma como os brasileiros vivem, se relacionam, trabalham e até mesmo se comportam no trânsito. Os veículos passaram a ser cada vez mais utilizados, já que se tornaram um meio de segurança epidemiológica, em detrimento do transporte coletivo, e isso teve consequências no comportamento do motorista brasileiro, com a exacerbação do perfil agressivo e individualista.

O brasileiro passou a entender o trânsito como um (…)


Notícias da Câmara de Curitiba

Capitais de estado defendem manutenção do ISS em eventual reforma tributária

deputados-01

Comissão mista que analisa o tema ouviu a Frente Nacional dos Prefeitos e a Associação das Secretarias de Finanças das Capitais

Representantes dos municípios brasileiros defenderam na quinta-feira, dia 17, a manutenção do Imposto sobre Serviços (ISS) em debate virtual promovido pela comissão mista do Congresso Nacional encarregada de formular uma proposta de reforma tributária.

O presidente da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais (Abrasf), Vitor Puppi, disse que uma das propostas em discussão (PEC 45/19) poderá causar perda de (…)


Educação no Estado do Paraná tem a maior evolução desde 2005

 

Desde 2005 o Paraná não experimentava uma evolução tão grande na avaliação da qualidade do ensino público, conforme mostra o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). No Ensino Médio, a nota estadual teve a alta mais expressiva do Brasil, de 0,7. Com o avanço histórico, Estado saiu do sétimo para o quarto lugar no ranking de escolas públicas.

Nos anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), a nota da rede estadual também obteve o maior crescimento absoluto do País (0,5). Assim, o sistema paranaense sai do sétimo para o terceiro lugar na classificação nacional divulgada na terça-feira, dia 15, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

Os dados mostram que o desempenho das turmas do 6º ao 9º ano fez a nota do Paraná subir de 4,6 (2017) para 5,1 (2019). São Paulo e Goiás, obtiveram 5,2. No Ensino Médio a evolução foi de 3,7 para 4,4. Com o salto, o Paraná fica com a mesma nota de P (…)


Implantação do Cartão Social no transporte metropolitano já é lei

transporte

 

Medida aprovada pelos deputados na Assembleia Legislativa do Paraná vai beneficiar pessoas que estão em busca de emprego com passagens gratuitas após a pandemia da Covid-19.

Aprovada na Assembleia Legislativa do Paraná, a criação do Cartão Social, que vai beneficiar pessoas de baixa renda, moradoras na região Metropolitana de Curitiba, em busca de emprego após a pandemia da Covid-19, foi sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.

A lei 20.321/2020 estabelece medidas a serem adotadas no âmbito do Sistema de Transporte Coletivo Metropolitano de Passageiros da Região Metropolitana de Curitiba para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do coronavírus ( (…)


Secretaria de Meio Ambiente segue realizando assepsia em São José dos Pinhais

saojose01

 

O combate à Covid-19 em São José dos Pinhais continua. A Secretaria de Meio Ambiente segue promovendo a assepsia em diversos pontos da cidade, incluindo Unidades Básicas de Saúde, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), pontos de ônibus e locais com grande fluxo de pessoas.

As equipes estão espalhadas pelo município, tanto na área urbana, quanto rural. Por meio de um produto específico, a assepsia permite uma limpeza em um maior espaço e menor tempo, contendo a mesma fórmula adotada em grandes países como medida sanitária para conter o avanço do coronavírus. (…)