Escrito em por

pinhais08

 

Foram realizadas atividades práticas, apresentações culturais, palestras, minicursos e apresentação de trabalhos científicos

Nos dias 8 e 9 de junho, a Prefeitura de Pinhais, por meio das secretarias de Educação e de Meio Ambiente promoveram a terceira edição do Seminário Metropolitano de Educação Ambiental. Este ano o tema proposto foi “Educação Ambiental para Todos: Valorização da Biodiversidade”.

Para a vice-Prefeita de Pinhais, Rosa Maria, é preciso ampliar as discussões que norteiam o tema. “Certamente temos que sair do lugar comum ao afirmar que a degradação do meio ambiente é algo inerente ao progresso. Agora é hora de sanarmos esta lacuna e por meio da integração entre educação e meio ambiente buscar soluções. Aqui em Pinhais, diversas são as ações promovidas neste sentido e este é um trabalho que exige insistência; exige sistematização. E o Município tem feito a sua parte. Por meio das parcerias buscamos avançar nas metodologias, nas pesquisas; buscamos fazer o melhor”, ressalta.

Segundo a secretária de Meio Ambiente de Pinhais, Rosana Ilhéu, o seminário foi organizado de modo a despertar valores aos participantes. “Pensamos cuidadosamente em propor novas práticas. Nosso desejo é que possamos levar conhecimentos e transformá-los em aprendizagem, em mudança de atitude e muita reflexão. E que tudo isso possa ser aplicado em nossas vidas, em todos os momentos, para que consigamos cumprir este compromisso com o meio ambiente”, afirma.

A secretária de Educação de Pinhais, Andrea Franceschini, ressalta que o aprendizado se torna representativo quando colocamos em prática o que é repassado. “Com certeza levaremos para a vida o conhecimento adquirido. O foco hoje é o nosso meio ambiente; é o espaço em que vivemos. E a responsabilidade é de todos nós. Quero também agradecer a UTFPR que desenvolve projetos aqui no Município e que só tem a nos acrescentar. Acredito que é este de fato o papel da universidade não estar só dentro de seus muros, mas vir para a comunidade”, acrescenta.

Marta Rejane Proença Filietaz, do Departamento de Ensino da UTFPR, enaltece a relevância que o seminário ganha a cada edição. “Por meio desta iniciativa, serão possíveis discussões de temas extremamente pertinentes e instigantes. A educação ambiental tem como proposta uma formação consciente e que permite contribuir para que o cidadão seja crítico e reflexivo”, comenta.

De acordo com o procurador de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça – Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo, Alberto Vellozo Machado, é preciso entender que a preocupação com o meio ambiente é um dever de todos.

“Atualmente, as pessoas moram predominantemente nas cidades e isso com certeza tem um impacto determinante. E é no dia a dia urbano que podemos ver melhor os nossos péssimos hábitos em relação a nós mesmos; afinal falar em meio ambiente é falar do nosso cotidiano, do que esperamos do nosso futuro”, completa.

Durante o encontro, também foi realizada uma homenagem ao idealizador do seminário, o ex-secretário de Meio Ambiente de Pinhais, Ambrósio Struginski. Também estiveram presentes na cerimônia de abertura, a secretária de Assistência Social de Pinhais, Rosângela Batista e a vereadora Professora Cinéia representando a Câmara Municipal.

Por meio do seminário, nos dois dias de encontros, foram realizadas atividades práticas, apresentações culturais, palestras, minicursos e apresentação de trabalhos científicos. Entre as temáticas abordadas estiveram: Educação Ambiental como Elemento de Transformação, Como Trabalhar a Transversalidade de Temas na Educação Ambiental: biomas e recursos hídricos; Vida e Sustentabilidade em um Planeta Ameaçado, Vivenciando a Educação Ambiental; entre outras.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)