Escrito em por

curitiba02

 

Uma fábrica de produtos de limpeza e álcool em gel, no bairro Hauer, foi interditada pela Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, na segunda-feira (11/5).

A operação aconteceu junto com a Delegacia de Crimes contra a Economia e Proteção ao Consumidor (Delcon), vinculada à Polícia Civil do Paraná.

Durante a operação, fiscais do Distrito Sanitário do Boqueirão identificaram irregularidades como falta de licença sanitária e de projeto de instalação.

“Os documentos são pré-requisitos básicos para o funcionamento desse tipo de atividade. Constatamos que nem mesmo protocolo de pedido havia sido feito, ou seja, podemos considerar que a fábrica funcionava clandestinamente para a Vigilância Sanitária”, disse Maurício Weigert, chefe da Vigilância Sanitária do Distrito do Boqueirão.

A Polícia Civil recolheu amostras do álcool em gel para verificação da qualidade do material. Os produtos serão analisados para conferir a composição. Outras documentações de compra e venda também foram solicitadas.

Operações conjuntas 

Desde janeiro, essa é a quinta operação conjunta entre Polícia Civil e Vigilância Sanitária de Curitiba para fiscalizar empresas que fabricam álcool em gel.

“Os infratores podem responder na esfera administrativa e também criminal caso sejam constatadas irregularidades”, fala Francielle Narlock, coordenadora da Vigilância Sanitária Municipal.

Das cinco empresas, uma foi interditada e as outras foram autuadas por alguma irregularidade administrativa.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)