Escrito em por

curitiba01

 

A segunda edição do Luz dos Pinhais – Natal de Curitiba, a temporada natalina da capital paranaense, começa no dia 22 de novembro e estará entre as maiores programações gratuitas de fim de ano do País. Serão mais de 70 atrações, entre autos, corais, exposições de presépios, paradas, concertos e feiras temáticas, promovidos pela Prefeitura e empresas privadas.
A capital ganhará também uma decoração repleta de luz, cor e brilho, que levará a festividade do Centro para os bairros. Estrelas de Belém iluminadas indicarão e valorizarão as atrações históricas de Curitiba.

Os espetáculos vão até 23 de dezembro. Já a decoração natalina ficará montada até 6 de janeiro. “A programação do Luz dos Pinhais – Natal de Curitiba foi concebida para espalhar um clima de renovação de esperanças, de espírito de paz e de união entre as pessoas, transformando nossa cidade também em uma ótima opção turística para desfrutar das festas de fim de ano”, afirmou o Prefeito Rafael Greca no lançamento do Luz dos Pinhais – Natal de Curitiba, na quinta-feira (8/11).

Inspirações para renovar esperanças não faltarão no Natal de Curitiba. Grandes árvores de Natal vão tomar o calçadão da Rua XV de Novembro e os principais parques e jardins da capital. Paradas e espetáculos por toda a cidade prometem encantar crianças e adultos. Uma Vila de Natal, em pleno coração de Curitiba, terá como maior atração uma roda gigante. Além disso, haverá um buggy elétrico, com o Papai Noel à bordo, que irá parar o Centro da Capital ao cruzar toda a Rua XV. Já a nostálgica Maria Fumaça anunciará com seu apito a passagem por vários bairros de Curitiba.

Greca salientou que, como na primeira edição do Luz dos Pinhais, Curitiba celebrará o Natal com criatividade e de maneira inovadora, com uma programação descentralizada, contemplando todos os bairros, uma rede de voluntários e apoio financeiro de patrocinadores, como a Caixa Econômica Federal, a Electrolux e os Supermercados Condor. O Instituto Municipal de Turismo, responsável pela organização da programação, promoveu vários editais de chamamento para realização dos eventos da Prefeitura, sempre procurando unir qualidade e preço competitivo.

“Estamos consolidando Curitiba no roteiro nacional natalino e mostrando que uma cidade inteligente, como é a nossa capital, consegue recriar, com parcerias público-privadas, cenários mágicos que retratam o caráter lúdico do nascimento de Jesus Cristo”, completou Greca, acompanhado da primeira-dama Margarita Sansone.

Economia

A temporada natalina deverá estimular a economia local em diversos setores, como hotelaria, gastronomia, transporte, prestação de serviços e o comércio em geral.

Levantamento do Instituto Municipal de Turismo (IMT) aponta que, no ano passado, os principais espetáculos natalinos reuniram cerca de 300 mil pessoas. Somente os turistas, 20 deste total (60 mil), ajudaram a movimentar R$ 53 milhões na cidade.

A expectativa do município é que haja incremento nesses números, já que a festa está maior e com mais atrativos.
Núcleo central

As apresentações de Natal começam no dia 22 de novembro, com o Auto de Natal – Espírito de Amor e Confraternização, uma celebração ao ar livre, no Largo da Ordem (Centro Histórico), em que os sinos tocarão e “anjos” anunciarão a chegada do espírito natalino. A cerimônia de lançamento, inclusive, contou com a participação de atores, que recepcionaram os convidados com trajes usados no espetáculo de abertura.

A programação continua até 22 de dezembro, quando será realizado o Auto de Natal de encerramento, no Parque Tanguá. Já as feiras natalinas funcionam até 23 de dezembro e a decoração especial embelezará a cidade até 6 de janeiro.

A ornamentação da capital estará nos parques Barigui e Tanguá, que receberão árvores de Natal. No Parque Lago Azul, no Ganchinho, um presépio iluminado celebrará o nascimento de Jesus. O Jardim Botânico, por sua vez, terá decoração especial, com a iluminação da estufa e a Árvore da Vida, composta por flores.

A Árvore da Vida também poderá ser vista na Rua XV de Novembro, que receberá até dezembro um buggy elétrico com o Papai Noel à bordo. O Memorial de Curitiba, no Centro Histórico, terá uma bela árvore de luz de nove metros e espetáculos.
Entre as apresentações privadas, destaque para o consagrado Natal do Palácio Avenida, e novidades, como a Parada de Natal do Batel, além de atrações como a Maria Fumaça da concessionária de trens Rumo e o Natal do Paço 2018.

A presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra, contou que as calçadas do Centro Histórico e da Rua XV de Novembro, entre as praças Osório e Santos Andrade, serão o núcleo da programação. Na Santos Andrade, inclusive, a tradicional feira de artesanato de fim de ano irá se transformar na Vila de Natal Electrolux, com direito a uma inédita roda gigante, com entrada gratuita.

Mas a celebração vai envolver toda a cidade. “Todas as regionais terão atrações para a população e visitantes. As Ruas da Cidadania, por exemplo, ganharão rosáceas e árvores de luz e estão programados espetáculos musicais”, exemplificou Tatiana. De acordo com ela, a atuação da equipe municipal e o apoio de diversas pessoas e instituições estão possibilitando que a celebração natalina de Curitiba seja ainda maior este ano.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)