Obras na Avenida Visconde de Nácar, em Curitiba, entram na fase final

curitiba02

 

A obra de pavimentação da Avenida Visconde de Nácar está próxima da conclusão. O trecho de 1.800 metros entre a Avenida Manoel Ribas e a Rua Doutor Pedrosa, que corta os bairros São Francisco e Centro, começou a ser requalificado no dia 6 de janeiro e no próximo sábado, dia 18, já deverá estar coberto com asfalto novo.

A obra faz parte de um conjunto de intervenções de fresa e recape que atende 11 ruas de nove bairros da Regional Matriz. São vias importantes, que ligam bairros e servem de corredor para o transporte coletivo. No total, são 8.610 metros de asfalto novo no Ahú, Bigorrilho, Bom Retiro, Centro Cívico, Cristo Rei, Juvevê, Mercês, Rebouças e São Francisco.

Na quarta-feira (15/1), o prefeito R (…)


Obras ampliam capacidade de abastecimento de água em Curitiba

curitiba01

 

Os investimentos são de R$ 4,3 milhões.

O prefeito Rafael Greca vistoriou, na tarde de terça-feira (14/1), as obras de construção de uma nova Estação Elevatória de Água Tratada (EEAT), no reservatório Corte Branco, no bairro Uberaba, para melhoria do sistema de abastecimento integrado de Curitiba.

Executadas pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), as intervenções atendem às disposições do contrato firmado pela empresa com o município em 2018, baseado nas metas do Plano Municipal de Saneamento Básico. Os investimentos são de R$ 4,3 milhões.

“São ações importantes, que flexibilizam o abastecimento de água e minimizam situações de desabastecimento”, dest (…)


Uso do plástico não deve ser “demonizado”, mas, sim, incentivar-se a separação do lixo

Vanessa Martins de Souza

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, sancionou no último dia 13 uma lei que proíbe o fornecimento de copos, pratos e talheres de plásticos na cidade. Com a proibição, os itens devem não só deixar de ser oferecidos por bares e restaurantes como também não estarão mais disponíveis no comércio e em supermercados para uso doméstico. A legislação entra em vigor em 1º de janeiro de 2021. Ainda neste mês, a Prefeitura deve regulamentar lei aprovada em junho do ano passado que proíbe o uso de canudos plásticos na capital paulista. A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) também aprovou legislação semelhante abrangendo todo o estado. A proposta é que os itens de plástico sejam substituídos por material biodegradável ou reutilizáveis, pois, 16% do lixo gerado na capital é composto pelo plástico em suas variadas formas.

Campanhas educativas

Os defensores da iniciativa alegam (…)


Construindo uma grande nação

por Gaudêncio Torquato

Ilustremos uma reflexão com três historinhas, a primeira muito conhecida.

– Condenado à morte por corromper a juventude, Sócrates, o fi­lósofo, recusou a oferta para fugir de Atenas sob o argumento de que seu compromisso com a polis não lhe permitia transgredir as regras. Os gregos cultivavam o respeito à lei.

– Lúcio Júnio Bruto, fundador da República Romana, libertou seu povo da tirania de Tarquínio, derrubando a monarquia. Mais tarde, executou os próprios filhos por conspirarem contra o novo regime. Pregava o poeta Horácio: “Doce e digno é morrer pela Pátria”.

– Outro romano, rico e matreiro, conta Maquiavel no Livro III sobre os discursos de Tito Lívio, deu comida aos pobres por ocasião de uma epidemia de fome e, por esse ato, foi executado por seus con­cidadãos. O argumento: pretendia tornar-se um tirano. Os romanos prezavam mais a liberdade do que o bem-estar social.

Desses relatos, eme (…)


A Gazeta Região Metropolitana – Edição 259

(…)