Câmara Municipal de Curitiba – 30 e 31/03/2015 e 01/04/2015

Vereadores debatem coalizão política do governo

cmc chico

A discussão ocorreu na sessão do dia 31 de março, na Câmara Municipal, e opôs defensores e críticos da administração municipal.

 

Durante o debate do projeto de lei que estabelece a divulgação da especialidade e registro profissional dos médicos de plantão nas unidades de saúde de Curitiba, os vereadores debateram os resultados da gestão do prefeito Gustavo Fruet, bem como suas alianças políticas.

Para Chico do Uberaba, líder do bloco parlamentar PMN/PSD, a população está descontente com a atual gestão e isso estaria sendo demonstrado por meio de vaias ao prefeito em eventos públicos. “A Prefeitura não faz nada, p (…)


Exercício aeróbico em jejum. Pare de fazer isso agora!

exercicio-eróbico02

Com o intuito de esclarecer e alertar as pessoas que buscam emagrecer, abordarei neste artigo algo que considero muito nocivo, mas que é uma prática bem comum: o exercício aeróbico em jejum.

 

Respondo abaixo algumas afirmações e perguntas para facilitar o entendimento.

Exercício aeróbico em jejum não emagrece.
Sim, é verdade. Você duvida? Então, esse conteúdo é especialmente para você. Vou provar neste artigo que o exercício aeróbico em jejum, ao contrário do que muitos pensam, faz mal e engorda.

Como assim, engorda?
Engorda, sim. Mas quem diz isso não sou eu. Essa afirmação é resultado de estudos realiz (…)


Aposentados e pensionistas continuam sendo vítimas de golpes através do crédito consignado

 

Devidos aos baixos valores recebidos durante a aposentadoria, o consumidor idoso muitas vezes encontra-se endividado e impossibilitado de suprir suas carências imediatas. Com isso, acabam enxergando no crédito consignado à solução dos seus problemas.

A proposta da modalidade é a liberação do dinheiro com bastante agilidade, juros baixos e prazos curtos. O desconto da prestação será feito automaticamente através da aposentadoria ou da pensão, no entanto, o que muitas vezes aparenta ser a solução dos problemas é apenas o início de um pesadelo.

Com o passar dos meses as dívidas vão se tornando crescentes e oriundas de parcelas cada vez mais altas. O idoso por sua vez, muitas vezes não tem como se recuperar dos danos causados por este processo, e acaba cada vez mais falido.

De acordo com informações da Dra. Tabatha Barbosa, advogada da ANSP – Associação Nacional da Seguridade e Previdência -, existem informações sobre o crédito consignado qu (…)


A Gazeta Região Metropolitana – Edição 96

(…)


A Gazeta Região Metropolitana – Edição 95

(…)