Escrito em por

urna-eletronica-mao

 

A atual prefeita Marli Paulino que concorre à reeleição é a favorita com 73% de avaliação positiva

As convenções partidárias para as eleições de 2020 foram finalizadas no dia 16 de setembro. Em Pinhais, o quadro de candidatos que concorrem está definido. O município da Região Metropolitana de Curitiba terá no próximo pleito seis candidatos a prefeito, que disputarão a preferência dos mais de 89 mil eleitores. Concorrem para assumir a futura gestão: Marli Paulino (PSD), Aloisio Nascimento (MDB), Investigador Vladimir (PT), Marcos Ceschin (Podemos), Professor Rafael Guilherme (Progressistas) e Vinicius da Cruz (PTC).

A atual prefeita, Marli Paulino (PSD) que concorre a reeleição, repetindo a dobradinha com a vice-prefeita Rosa Maria (Republicanos) tem a preferência da população. Em um levantamento realizado recentemente pelo Instituto Ágora Pesquisa (PR-08810/2020), Marli aparece com 73% de aprovação da sua gestão e ocupa o primeiro lugar na pesquisa eleitoral, com 41% das intenções de voto. A dupla vai em busca de mais um mandato pela coligação “Pra Seguir em Frente”, que conta com o apoio de seis partidos: PSD, Republicanos, PROS, PSC, PSB e Cidadania. A coligação também tem o apoio do governador Ratinho Junior e do deputado federal Luizão Goulart (Republicanos), ex-prefeito do município e maior liderança política local.

O MDB lançou Aloisio Nascimento, que é assistente social, cientista político e especialista em Gestão Pública. Aloisio ocupa a função de presidente do MDB-Afro e será o primeiro candidato afrodescendente a disputar a Prefeitura de Pinhais na história do partido. Nesta eleição, a sigla faz uma parceria com o PDT pela coligação “Verdade, Realidade, Honestidade”.

Outro partido que apresenta candidatura própria para a eleição em Pinhais é o PT. A sigla conta com um histórico de candidaturas majoritárias e, em 2020, vem com Investigador Vladimir concorrendo à prefeitura. O candidato é investigador da Polícia Civil, professor universitário da UFPR e doutor em história pela UFPR. A coligação majoritária foi nominada “Pinhais Sustentável”, composta pelo PT e PC do B.

O quarto candidato que concorre à disputa é o Dr. Marcos Ceschin, que concorre pela terceira vez ao cargo de prefeito de Pinhais. Ceschin é formado em medicina e por três vezes foi vereador na cidade, além de secretário de Saúde durante a gestão do prefeito Zico, que comandou o município entre 1997 a 2000. A candidatura é da coligação “Pinhais Pode Mais”, integrada pelos partidos Podemos, PSL, Avante, Democratas e PTB.

Os Progressistas lançam Professor Rafael Guilherme candidato a prefeito pela coligação “Inova Pinhais”. Rafael tem 28 anos é bacharel em Direito e Guarda Municipal de Pinhais. Ele é professor em Direito Constitucional e Administrativo, empresário e CEO do curso Excelsior, preparatório para concursos públicos.

Pinhais tem ainda, como candidato a prefeito, Vinicius da Cruz, que concorre pelo PTC, na coligação “Renova Pinhais”. O candidato a prefeito está exercendo hoje seu quinto mandato como vereador. Vinicius é o único entre os políticos locais que chegou a legislar em Piraquara e, depois com a emancipação política de Pinhais, em 1992, se elegeu novamente. O vereador foi o primeiro presidente da história política da Câmara Municipal de Pinhais.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)