Escrito em por

greca03

 

Desde o início deste ano, a Secretaria Municipal de Obras Públicas asfaltou 110 ruas de Curitiba. Houve crescimento de 71% em comparação a 2017, primeiro ano da gestão do Prefeito Rafael Greca, quando foram asfaltadas 64 vias. Além das ruas prontas, há mais 93 com renovação de pavimento em andamento.

A recuperação da malha viária foi uma prioridade estabelecida pelo prefeito no início da gestão para que a cidade voltasse a ter o nível adequado de manutenção no menor tempo possível. Desde janeiro de 2017, foram revitalizadas 174 ruas da cidade, que totalizam mais de 99,3 quilômetros. O investimento feito desde janeiro de 2017 ultrapassa os R$ 119 milhões.

Além dos serviços feitos com recursos dos impostos pagos pelos contribuintes, a Prefeitura buscou convênios que pudessem alavancar a pavimentação de ruas.

“A infraestrutura da cidade foi deixada de lado no passado. Este trabalho precisa ser permanente e periódico”, afirma Greca. “Nós não vamos abandonar a nossa cidade, vamos cuidar dela”, diz o prefeito.

Critérios para a escolha

A Prefeitura estabeleceu alguns critérios para escolher as vias que receberão asfalto. A prioridade é dada para as ruas de antipó por onde passam linhas de ônibus, as que têm equipamentos públicos próximos (escolas, creches, unidades de saúde) e aquelas que são importantes ligações viárias entre bairros.

A escolha levou em conta os pedidos feitos pela população nas administrações regionais, nas Ruas da Cidadania. Também foram analisadas as solicitações feitas pela Central 156 e as apresentadas nas audiências do programa Fala Curitiba.

“Temos muitas ruas que precisam ser asfaltadas e vamos fazer todas as que pudermos, conforme a capacidade financeira do município e de acordo com as parcerias que conseguirmos para viabilizar o trabalho. Não podemos permitir que a deterioração de vias se mantenha em uma cidade como Curitiba”, diz o vice-prefeito e secretário municipal de Obras Públicas, Eduardo Pimentel.

O vice-prefeito destaca ainda que a aprovação do Plano de Recuperação de Curitiba, em 2017, fez com que a cidade voltasse a ter credibilidade financeira e isso permitiu implementar um plano consistente de obras e de serviços em todas as áreas da Prefeitura.

Em breve, será concluída a concorrência pública para a escolha da empresa que fará a fresagem e o recapeamento de mais 59 ruas, numa extensão de 47 quilômetros. Os recursos – aproximadamente R$ 30 milhões – serão de financiamento assumido pela Prefeitura.

Calçadas e ciclovias

Além da pavimentação em asfalto, a Secretaria de Obras Públicas executou mais de sete quilômetros de calçadas, em 2017.
Neste ano foram feitos 8,8 quilômetros de calçadas e mais 6,4 quilômetros de ciclovias. Estão em andamento 9,1 quilômetros de calçadas e 2,4 quilômetros de ciclovias.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)