Escrito em por

Aula 3

Foto: Josiany Ohde/PMQB

Por intermédio da Associação Taeru-kan, lutador de MMA ministrou ‘aulão’ no Ginásio Luiz Tolardo

O ex-cinturão dos Meio-Pesados do UFC, Lyoto Machida, um dos mais importantes nomes do MMA na atualidade, esteve em Quatro Barras na tarde desta terça-feira (20) para compartilhar técnicas e princípios das artes marciais com atletas do karatê. A vinda de Lyoto ocorreu por intermédio da Associação de Karatê-Do Tradicional Tauru-kan, que desenvolve treinos e projetos sociais na região.

Em Quatro Barras, o lutador foi recebido pelo Prefeito Loreno Tolardo, que deu as boas vindas à Lyoto e entregou uma placa de agradecimento pela ação de incentivo aos atletas. “É uma satisfação muito grande receber um campeão mundial como Lyoto, que hoje servirá de estímulo para centenas de atletas que se dedicam ao esporte”, disse Tolardo.

Depois da visita ao gabinete, o lutador ministrou um “aulão” e fan experience no Ginásio Luiz Tolardo, na Sede, compartilhando experiências, golpes e técnicas utilizadas em sua renomada carreira. Lyoto circulou pelo tatame, orientou os alunos e falou sobre a importância da disciplina, da persistência e da dedicação ao esporte.

“Todos nós buscamos um equilíbrio físico, mental e espiritual. É esse equilíbrio que devemos buscar sempre. E o esporte tem um papel fundamental neste sentido. Quando aliado à técnica e à capacidade física os resultados são visíveis”, disse Lyoto, enfatizando a importância desta troca de experiências entre atletas e a grande receptividade encontrada em Quatro Barras.

‘The Dragon’, como é conhecido, encerrou as atividades com uma sessão de fotos e a entrega de certificados aos atletas participantes. O encontro foi acompanhado pelo coordenador técnico da Seleção Brasileira de Karatê-Do Tradicional, sensei Nelson Vagner de Santi; pelo presidente da Federação Paranaense de Karatê-Do Tradicional, Antônio Walger; pelo presidente da Associação Cultural e Desportiva Taeru-Kan, José Carlos Rodrigues; e pelo secretário de Esportes, Fredinei Rodrigues.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)