Escrito em por

colombo

 

A Prefeita Beti Pavin assinou no dia 25 de junho, o termo de cooperação técnica visando a realização do Projeto Incubadora Paraná Criativo que tem por objetivo disciplinar as ações para viabilização de atividades de economia criativa no município. “Esta ação é mais uma iniciativa de incentivo para os que têm algum trabalho e queiram prosperar e desenvolver a sua ideia”, disse Beti Pavin.

Para o início da implementação desta ação, que é uma parceria entre a Prefeitura Municipal e a Secretaria de Estado da Cultura, serão realizadas oficinas e palestras sobre economia criativa entre os meses de julho a setembro com a meta de promover a capacitação de produtores, gestores, artistas e demais profissionais criativos. Por meio da Incubadora, essas atividades serão intensificadas.

Selecionado entre os 10 municípios do Paraná que recebem o Projeto, Colombo irá oferecer para o início desta ação, 30 vagas para pessoas que já tem uma ideia, porém que não sabem como montar ou desenvolver este conceito. “Tem muita gente com boas ações e que precisam de um suporte para sair da informalidade tornando seu produto mais conhecido”, comenta a diretora do departamento de Cultura, Rita Straioto.

Empreendedorismo

Os cursos e palestras de formação irão abordar o empreendedorismo criativo, ensinar sobre finanças, novas formas de financiamento, técnicas de apresentação de projeto para investidores e liderança. Serão aproximadamente 30 vagas por curso em cada uma das 10 cidades selecionadas para receber o projeto: Curitiba, Colombo, Guarapuava, Jacarezinho, Londrina, Maringá, Pato Branco, Ponta Grossa, Telêmaco Borba e Toledo. Já as palestras devem ser abertas para toda a comunidade.

Incubadora

A Incubadora Paraná Criativo será um espaço público de fomento ao desenvolvimento sustentável a partir da Economia Criativa. Fruto de um convênio entre o Ministério da Cultura – MinC e a Secretaria de Estado da Cultura, a incubadora faz parte da Rede Brasil Criativo coordenada pelo MinC e está alinhada ao Programa de Economia Criativa do Paraná.

A incubadora irá funcionar no espaço que abrigava a Casa João Turin, na Rua Mateus Leme, em Curitiba, que passará por reforma para adequação ao projeto. O espaço será dedicado ao apoio de empreendimentos criativos, vai sediar eventos, oferecer cursos de formação e consultorias e funcionará também como primeiro espaço público de Coworking na área de economia criativa no Estado. As atividades desenvolvidas na sede da incubadora também serão realizadas em diversos municípios do Estado, com o propósito de expandir o atendimento aos profissionais e empreendedores criativos de todo o Paraná.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)