Escrito em por

alep01

 

Um jovem consciente de seu papel na sociedade e pronto para exercer plenamente a cidadania começa a ser formado na sala de aula. Temas como democracia, as atribuições e o funcionamento dos Poderes constituídos, o voto consciente e o exercício pleno da cidadania têm sido discutidos por centenas de estudantes paranaenses que fazem parte do Projeto “Geração Atitude”. A terceira edição da iniciativa foi lançada na segunda-feira (4) durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná.

Segundo o Presidente do Legislativo, Deputado Ademar Traiano (PSDB), o projeto é uma das ações implantadas na Assembleia pela atual gestão para aproximar o cidadão da política, em especial os jovens. “Eu tenho democratizado a Assembleia, fazendo com que toda essa juventude venha para dentro da Casa para conhecer de perto os procedimentos da vida parlamentar. É conhecendo o Legislativo que eles irão criar uma nova imagem do Parlamento e é através desses jovens que vamos multiplicar essa visão, para que todos saibam da importância do processo democrático”.

Para o promotor de Justiça Eduardo Cambi, coordenador do projeto no Ministério Público do Paraná, esses jovens podem ser agentes transformadores das comunidades onde vivem e esse processo começa com o conhecimento. “Nós acreditamos que quanto mais cidadania, menos corrupção. Queremos despertar no jovem atitudes positivas para que parem de reclamar sobre a realidade. Reclamar não adianta nada. Nós precisamos conhecer nossos direitos e deveres e ter atitudes concretas para melhorar a escola, o bairro e a sociedade onde nós vivemos”.

Criado em 2015, o “Geração Atitude” é uma parceria da Assembleia Legislativa do Paraná com o Ministério Público do Paraná, a Secretaria de Estado da Educação, o Tribunal de Justiça do Paraná e a Assessoria Especial para Assuntos de Políticas Públicas para a Juventude.

O projeto promove a formação cidadã de estudantes paranaenses estimulando o protagonismo juvenil. Este ano as atividades são desenvolvidas em 160 escolas públicas de Ensino Médio nos 32 Núcleos Regionais de Educação espalhados em todo o estado. A primeira fase, denominada “Geração na Escola”, segue até o fim do mês, com atividades dentro das escolas com a participação de professores, promotores de Justiça, juízes de Direito, prefeitos e vereadores.

Na sequência, a “Caravana da Cidadania” seleciona as melhores propostas de projetos de lei elaboradas pelos estudantes. Pela primeira vez o material será encaminhado de forma digital, através do site da Assembleia. Além de sustentável, o uso da tecnologia vai facilitar o acesso de mais estudantes. Os melhores trabalhos devem ser divulgados em novembro.

Premiação

O “Geração Atitude” foi um dos ganhadores do Prêmio CNMP 2017, durante o 8º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público realizada no mês passado. O projeto ficou na segunda colocação na categoria “Redução da Corrupção”.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)