Escrito em por

pinhais10

 

O projeto “Alimente a Mente”, por meio de uma geladeira customizada, disponibiliza diversos exemplares de livros, tanto infantis, infanto-juvenis e literaturas variadas

Realizado pela Biblioteca Pública de Pinhais, o Projeto Alimente a Mente consiste em uma geladeira customizada que abriga diversos exemplares de livros infantis, infanto-juvenis e literaturas variadas. As obras estão disponíveis para leitura no local ou mesmo para empréstimo, sem necessidade alguma de cadastro por parte do interessado. A única exigência é que, após a leitura, o usuário devolva o livro novamente à geladeira ou em uma das três bibliotecas públicas do município.

“Doações de livros também são muito bem vindas e podem ser deixadas na própria geladeira. Apostilas e livros didáticos não são aceitos para doação”, explica a bibliotecária Elaine Biss.

No momento, duas geladeiras estão disponíveis, uma delas, que se encontra fixa no Hospital Municipal Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, e visa oferecer às pessoas que buscam atendimento médico – ou mesmo aos pacientes internados – momentos de descontração e cultura por meio de livros. “O projeto é uma ação de humanização de suma importância, pois impacta não só no bem estar dos usuários, mas também ao meio ambiente, onde uma geladeira que não tem mais a sua serventia primária, se torna um bem útil para o hospital sem a poluição do meio ambiente. Anualmente a comissão de humanização promove uma gincana solidária, onde arrecadamos os livros e reabastecemos a geladeira, os funcionários também trazem e até mesmo os pacientes. Todos os pacientes da Clínica Médica e as gestantes utilizam muito a leitura como forma de distração”, declarou Ana Paula Cappelli, Gerente de Enfermagem.

Já a outra geladeira, que circula pelos prédios públicos da cidade, ficará até o dia 19 de junho na Unidade de Saúde Esplanada e no mesmo dia irá para a USF Vila Amélia.

“Até setembro atenderemos todos os postos. É legal, pois estamos alcançando bairros que não dispõe de bibliotecas, estamos democratizando o acesso ao livro e leitura desta forma também. E, sem falar que enquanto o munícipe aguarda sua consulta, seu atendimento, pode desfrutar de uma boa leitura”, destaca Elaine.

Serviço

Mais informações sobre o projeto “Alimente a Mente” pelo telefone 3912-5637.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)