Escrito em por

DSC_7831

 

O encontro que contou também com as presenças do Presidente da Fiep e do ex-Prefeito Luizão foi realizado na sede da Cervejaria Artesanal Ovelha, em Pinhais

Na última terça-feira (1º), Pinhais sediou um encontro com profissionais de diversos veículos de comunicação que atuam em Curitiba e Região Metropolitana. O evento aconteceu na Cervejaria Ovelha, empresa que integra a Rota da Cerveja de Pinhais, e contou ainda com as presenças do ex-Prefeito Luizão Goulart e do Presidente da FIEP – Federação das Indústrias do Estado do Paraná, Edson Campagnolo. Na oportunidade, os jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas presentes, puderam conhecer as instalações e degustar alguns dos principais rótulos fabricados pela Cervejaria Artesanal Ovelha.

Importância da imprensa

Convidado a fazer uso da palavra pelos proprietários da Cervejaria e alguns jornalistas presentes, em breve discurso, Luizão parabenizou a empresa e todos os participantes da Rota da Cerveja. O ex-prefeito frisou também a importância do trabalho da imprensa na formação da opinião pública, bem como ressaltou as relações harmoniosas mantidas ao longo de seus dois mandatos na Prefeitura de Pinhais, e que continuam na gestão da Prefeita Marli Paulino. “Quero agradecer à imprensa que faz a cobertura dos fatos relacionados a Pinhais, tanto os veículos locais, como os de abrangência estadual. Em oito anos à frente do Executivo Municipal, sempre me coloquei à disposição da mídia, no sentido de prestar informações, esclarecimentos, quando necessário, inclusive no que se refere aos problemas na saúde, segurança e outras áreas consideradas primordiais. Da mesma forma, tivemos um canal aberto para divulgar nossos projetos, programas, obras e ações de interesse do Município e população. Ou seja, nos oito anos de minha gestão, a imprensa demonstrou uma postura bastante equilibrada, noticiando algumas dificuldades pontuais, assim como enalteceram os diversos pontos positivos da Administração”, declarou.

Para Luizão, a imprensa tem grande participação e responsabilidade na orientação para a tomada de decisões e na formação de opinião de pessoas e entidades públicas e privadas. “Os jornalistas têm um trabalho importantíssimo. As notícias veiculadas e, principalmente, a forma como essas informações são transmitidas, exercem grande influência na vida das pessoas, em geral”, afirmou.

Geração de empregos e renda

O ex-Prefeito de Pinhais destacou ainda o projeto do Circuito de Cervejas Artesanais de Pinhais, que deverá gerar mais desenvolvimento, renda, empregos e arrecadação, como parte de uma política de fomento ao turismo local, inclusive. “Lançamos o projeto Rota da Cerveja, um empreendimento que merece ser valorizado e divulgado, pois tem um potencial de expansão e destaque nacional e, até, internacional”, completou, referindo-se à Cervejaria Artesanal ‘Ovelha’, que ofereceu aos convidados a oportunidade para degustação de seu produto.

 

Presidente da FIEP participa do encontro

O Presidente da Fiep, Edson Campagnolo, aproveitou o encontro para conhecer a Cervejaria Ovelha e degustar uma boa cerveja artesanal. Em seu pronunciamento, Campagnolo destacou o interesse e disposição da Federação em colaborar na expansão do projeto turístico Rota da Cerveja de Pinhais. “As cervejas artesanais representam um setor em expansão, com um grande crescimento nos últimos anos. Por isso, parabenizo o projeto de Pinhais”, pontuou.

Amizade e parceria

Campagnolo ressaltou também a amizade e a admiração que tem por Luizão. “Eu e o Luizão nos conhecemos no ano passado, em um dos muitos eventos relacionados às parcerias que a Fiep mantém com a Prefeitura de Pinhais, através de seu Sistema S, Sesc, Senac, Sesi, Senai, Senar, Sescoop, Sest, Senat e Sebrae. E é muito gratificante conhecer um gestor, a exemplo do ex-prefeito de Pinhais, que busca o desenvolvimento de seu município e de toda Região Metropolitana”, declarou. Campagnolo disse ainda que é surpreendente perceber que a cidade de Pinhais tem se desenvolvido cada vez mais em tantas áreas. “A expectativa é que o empreendimento do Circuito das Cervejarias Artesanais do Município desenvolva-se mais, ampliando seus negócios gradualmente”, explicou.

 

Edson Campagnolo diz que votaria em Luizão para Deputado Federal

Após a abertura do evento na Cervejaria Ovelha, uma das quatro integrantes da Rota da Cerveja de Pinhais, o Presidente da FIEP, Edson Campagnolo, respondeu à reportagem do jornal A Gazeta Cidade de Pinhais se os muitos encontros e conversas com o ex-prefeito Luizão teria alguma conotação política. “Toda relação tem um viés político, seja de objetivo político-partidário ou institucional.

Fui apresentado ao Luizão no ano passado, no final de seu mandato de Prefeito. Ao conhecer melhor o município, foi surpreendente verificar a grande aprovação que o Luizão contava, em torno de 94%, quando reeleito em 2012. Esse índice manteve-se até o final do segundo mandato, o que possibilitou a eleição de sua sucessora, a Marli Paulino. E esses dados são algo a se considerar”, frisou.

Candidatura em aberto

Quanto à possibilidade de lançamento de uma candidatura nas eleições 2018, em tese, Campagnolo não descartou. “Em trinta anos de trajetória, sempre atuei no setor empresarial, fui presidente de sindicato e associação comercial, mas eram candidaturas únicas, em que não tive concorrentes. A primeira disputa que enfrentei foi quando pleiteei a Presidência da Federação e concorri com o Ricardo Barros, atual Ministro da Saúde. Minha votação foi surpreendente, quase 70% dos votos. Há partidos políticos que me procuram, mas, por enquanto, não estou filiado”, explicou. Porém, o Presidente da 4ª. maior Federação das Indústrias do País afirmou que votaria em Luizão, em 2018, se ele se candidatar a deputado federal. “Luizão, sem dúvida, ganharia meu voto. Inclusive, poderia até pedir votos pra ele”, completou Campagnolo.

 

Luizão quer filiar-se a um partido que compactue com suas ideias

Durante o encontro com jornalistas, sempre acessível e cordial, Luizão Goulart conversou com a reportagem do jornal A Gazeta Cidade de Pinhais para falar sobre o seu projeto de lançar candidatura a Deputado Federal em 2018, entretanto, frisou que ainda está sem partido. “Primeiramente, preciso encontrar um partido que seja compatível com minhas ideias. Mas tem de ser um partido no qual eu não seja apenas mais um. Precisa ser uma sigla onde eu possa participar das decisões, dar minha contribuição. Enfim, que eu possa ajudar a desenvolver um projeto. Atualmente, quase todos os partidos já têm caciques e projeto político definido, não fornecendo abertura de maior participação nas diretrizes a quem chega querendo colaborar. Como tenho uma experiência exitosa, de sucesso, na gestão de Pinhais e, também, à frente da Assomec (Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba), quero colaborar para o desenvolvimento da Região Metropolitana e do nosso estado a partir de um mandato de Deputado Federal”, pontuou.

Parcerias na RMC

Mais especificamente em relação à Região Metropolitana, Luizão ressaltou seu projeto de promover a integração dos municípios que a compõem. “Enquanto Presidente da Assomec, defendi muito a necessidade de integração da Região Metropolitana a partir de projetos comuns, integrados. Os municípios têm suas dificuldades específicas, mas, também, contam com problemas em comum, a exemplo do Consórcio do Lixo, Transporte Público, Saúde, Segurança Pública, Meio Ambiente. Já obtivemos uma experiência bem sucedida na Prefeitura de Pinhais, onde lançamos um Consórcio para os serviços do SAMU, integrado com Colombo e Piraquara.

Comec

Segundo Luizão, o único órgão integrado na RMC é a Comec, que cuida apenas do transporte público. “Já é um início, mas a Comec não conta com uma estrutura focada nessa integração maior, suas ações são ainda muito pontuais. É uma ação aqui, a partir de uma linha de ônibus, outra acolá, abrindo-se uma via. Quem tem a prerrogativa de promover essa integração é o Governo do Estado. Nenhuma prefeitura, nem mesmo a capital, pode interferir na gestão de outros municípios, buscando essa integração. Avançamos no Consórcio do Lixo com a integração, mas falta ainda avançar muito em outras áreas importantes, em termos de desenvolvimento regional, como a valorização dos produtores rurais e do comércio regional. A Rota da Cerveja de Pinhais, por exemplo, pode ser expandida para toda a Região Metropolitana”, considerou.

Apoio da Fiep

Sobre a declaração do Presidente da FIEP, Edson Campagnolo, que revelou que seu voto a deputado federal em 2018 seria seu, se for candidato, Luizão se disse honrado e comentou. “O Campagnolo disse à reportagem que votaria em mim? É claro que essa declaração tem um significado muito importante, sendo ele presidente de uma Federação de peso como a Fiep. Mas, queremos debater um projeto para o Paraná, primeiramente. Nem eu, nem ele, estamos filiados a um partido, ainda. Uma pessoa com a representatividade do Campagnolo, se vier a me apoiar, será de suma importância. Mas, precisamos, antes, nos concentrar na criação de um projeto para o estado”, frisou Luizão.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)