Escrito em por

sjp02

 

São José dos Pinhais passará a contar com o serviço de táxis executivos. O decreto para o início deste tipo de atendimento, que oferece veículos de luxo descaracterizados para o transporte individual de passageiros, foi assinado na manhã do dia 25, terça-feira, pelo Prefeito Toninho Fenelon e pelo secretário de Transportes e Trânsito, Fabrício Tambolo.

Conforme a Lei Municipal 1.672/11, o município pode oferecer até 3% de sua frota, hoje de 421 táxis, na modalidade de táxi Executivo, o que significaria doze carros. Os veículos nesta modalidade devem atender aos mesmos padrões que o restante da frota, como tempo de uso (6 anos) e itens de série, com o diferencial das cores, podendo ser nas cores preta ou branca, sem faixas ou inscrições; além disso, devem, obrigatoriamente, oferecer capacidade mínima de porta-malas com 421 litros.

Outro detalhe importante para que os taxistas permissionários migrem de uma modalidade para a outra, além de observado o número limite de vagas, está na qualificação que a categoria de Táxi Executivo exige: o motorista deve possuir curso de idiomas e comprovar sua aptidão através de prova e apresentação de diploma emitido por escola capacitada.

Segundo Fabrício Tambolo, a implantação deste modelo de táxi, previsto em lei desde 2011, era um pedido antigo da categoria: “Estamos, primeiramente, cumprindo a Lei do Táxi, e com isso também atendendo a expectativa dos motoristas de poderem oferecer este modelo de veículo, participando do mercado com serviços similares oferecidos por outras plataformas e sistemas de transporte particulares que existem”.

Já o prefeito Toninho destacou algumas ações que a prefeitura vem desenvolvendo no sentido de garantir um serviço de transporte de qualidade para a população. “Estamos, primeiramente, procurando melhorar a fiscalização, e para isso estamos realizando concursos para a Guarda Municipal e para Agente Fiscal; também estamos implantando o estacionamento rotativo, que deve iniciar até o final de 2019; além disso, estamos implantando um Pátio de Recolhimento com serviço de guincho, através de cooperação técnica com a Polícia Rodoviária Federal, e isso vai ajudar muito para que a cidade mantenha uma frota circulante dentro da legalidade”, destacou o prefeito, que finalizou desejando que a autorização de funcionamento do táxi executivo contribua não apenas com os usuários, mas também com os taxistas, para sua remuneração.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)