Escrito em por

governo01

 

Os são do Ministério do Trabalho, referentes ao mês de outubro. Curitiba, Cascavel, Maringá, Londrina e Pato Branco são os destaques. Comércio varejista, serviços de alojamento e alimentação e indústria mecânica, com 85 postos abriram mais vagas.

Dos 100 municípios com maiores saldos de empregos formais do País em outubro, cinco deles são do Paraná. Curitiba (558 postos) na 40ª posição, Cascavel (448 postos) em 53ª, Maringá (445 postos) em 54ª, Londrina (378 postos) em 62ª e Pato Branco (243 postos) na posição 100ª. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. Os números representam o saldo entre admissões e demissões.

O comércio varejista puxou o emprego em Curitiba, Cascavel e Maringá, com saldos de 594, 150 e 214 vagas respectivamente. Em Londrina, o destaque é para serviços de alojamento e alimentação, com 138 postos. Pato Branco abriu vagas principalmente na indústria mecânica, com 85 postos.

Em outubro, foram abertas ao todo 4.749 vagas no Paraná, o melhor resultado para o mesmo mês desde 2013 (8.199 vagas).

EM DEZ MESES

De janeiro a outubro de 2017 foram abertas 34.822 vagas no Estado. No mesmo período do ano passado, o saldo estava negativo em 21.453 vagas. “Se compararmos o resultado que tivemos no passado podemos ter certeza que estamos no caminho certo. Há três anos não tínhamos resultado positivo em outubro. A retomada do emprego tem sido constante em 2017, graças às políticas acertadas do governo Beto Richa e ações da Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos”, diz o secretário Artagão Júnior.

No ano, a abertura de vagas no Paraná ganhou força na maioria dos setores pesquisados, com destaque para a indústria da transformação (17.596 vagas), serviços (14.529), comércio (2.394), administração pública (439) e agropecuária (1.837). As contribuições negativas ficaram por conta da atividade extrativa mineral, com saldo negativo de 122, serviços industriais de utilidade pública (-317), e construção civil (-1.534).

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)