Escrito em por

governo03

 

Documento é o primeiro aprovado em conformidade com a Base Nacional Comum Curricular e será implementado aos currículos escolares da rede de ensino estadual, municipal e particular a partir de 2020.

O Paraná é o primeiro Estado do Brasil a aprovar um documento referencial curricular para a Educação Infantil e Ensino Fundamental em conformidade com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O documento foi aprovado, na quinta-feira (22), pelo Conselho Estadual de Educação (CEE) e será implementado às propostas pedagógicas curriculares na rede de ensino estadual, municipal e particular de todo Estado, a partir de 2020.

“Mais uma vez o Paraná é pioneiro. Resultado do eficiente trabalho do Estado e dos municípios, com o apoio do Ministério da Educação. Foram mais de 75 mil contribuições que ajudaram a construir o melhor para os nossos estudantes, professores, diretores e pais”, afirmou a Governadora Cida Borghetti.

O processo de elaboração do Referencial Curricular do Paraná: princípios, direitos e orientações foi organizado por um Comitê Executivo e construído em regime de colaboração entre Estado e municípios ao longo de oito meses. Nesse período, o documento recebeu mais de 75 mil contribuições de professores, gestores escolares, pesquisadores, alunos e representantes da sociedade civil.

“O fato de o Paraná ser o primeiro do país a ter sua proposta curricular unificada dará aos nossos professores mais tempo para analisar o documento e assim definir a melhor maneira para se adaptarem às propostas pedagógicas em suas escolas”, disse a secretária da Educação, Lucia Cortez.

A secretária destacou, ainda, que o novo referencial curricular unificará o sistema de ensino no Estado e contribuirá para a articulação do processo de aprendizagem entre as redes de ensino estadual, municipal e particular em todo território paranaense. Ela explicou que um aluno, que eventualmente precise se transferir de uma escola para outra, não será prejudicado com a perda de conteúdo e aprendizado porque encontrará na nova escola a mesma equivalência curricular.

“Isso garante a ele o direito ao aprendizado uma vez que as redes estarão articuladas em torno de um mesmo referencial curricular. Além disso, o aluno terá garantido a continuidade do processo de ensino no momento de transição da educação infantil para o ensino fundamental”, completou Lucia.

Além de ser alinhado com a proposta da BNCC, o novo referencial curricular paranaense destacou características históricas, econômicas, culturais e sociais do contexto paranaense. “Procuramos destacar questões específicas do contexto do nosso estado que vão contribuir para a construção do conhecimento científico e com isso ajudar os alunos a compreender a nossa sociedade dentro do processo de aprendizagem”, disse o chefe do Departamento de Educação Básica da Secretaria da Educação, Cassiano Ogliari.

DOCUMENTO

O Referencial Curricular do Paraná orienta e estabelece direitos e objetivos de aprendizagens e desenvolvimento para a Educação Infantil e Ensino Fundamental, com elementos obrigatórios definidos na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e adequações ou ampliações para os currículos do Estado, a partir das especificidades do contexto paranaense.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)