Escrito em por

por Vanessa Martins de Souza

É preciso dar voz aos alunos e professores para construir uma educação pública de qualidade, afirma Márcia

vereadora marcia

A Vereadora Márcia Ferreira (PMDB) em seu discurso na tribuna levantou o debate sobre a educação pública do Paraná. “Nós vivemos tempos difíceis em nossa educação. Isso é visível aos olhos de todos e tem ocorrido ocupações de alunos nas escolas em todo o Brasil. Tivemos em Maringá a ocupação da Escola Estadual Gerardo Braga, por cerca de 80 alunos, que reivindicavam maior qualidade e quantidade de merenda servida na escola, além da abertura de uma investigação na Assembleia Legislativa para apurar a supostos desvios na compra de alimentos. No Paraná, a falta de diálogo com nossos professores tem prejudicado a nossa educação e deixado marcas terríveis em nossos educadores. Em 2015, tivemos a nossa história manchada com o massacre do dia 29 de abril, um terrível episódio que manchou de sangue a bandeira do Estado do Paraná. Não bastasse isso, temos os escândalos de corrupção apurados na Operação Quadro Negro, que investiga o desvio de quase R$ 20 milhões destinados a obras de escolas estaduais e que sugerem o envolvimento da alta cúpula da política do estado no esquema de corrupção, com finalidade de arrecadar fundos para o financiamento da campanha de reeleição do atual governador. As reinvindicações são fruto desse descaso com que a educação vem sendo tratada pelo poder público. Para encontramos soluções e caminharmos rumo a construção de uma educação pública de qualidade, precisamos dar voz a nosso alunos e professores, pois ninguém melhor que eles conhecem os problemas que precisam ser enfrentados na área da educação. É necessário passar este país a limpo e impor a moralidade e a ética na administração pública. Espero que a operação Lava-Jato seja uma divisor de águas e que ela vá até o fim e apure a fundo a corrupção, pois, ladrão, seja quem for, de qualquer partido for, tem que ir para cadeia” defendeu.

Ação

Márcia ressaltou a ação realizada em Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. “Juntamente com minha equipe, percorri dezenas de estabelecimentos comerciais da cidade para implementar a execução da Lei Municipal 1417/2013, de minha autoria e do Vereador Binga. Essa Lei obriga a todas as casas noturnas, bares, hotéis e similares a fixar cartazes estimulando denúncias de casos de abuso e exploração sexual através do Disque 100 ou do Conselho Tutelar. Gostaria de agradecer a todos os comerciantes que abraçaram a causa e permitiram que fixássemos cartazes da campanha. Temos um alto índice de abuso e exploração sexual no país, em nosso estado e também em Pinhais. O poder público e a sociedade civil tem a obrigação de abraçar essa campanha”, pontuou.

2ª. Semana Cultural do IFPR/Pinhais

A Vereadora ressaltou a importância da 2ª. Semana Cultural do IFPR- Instituto Federal do Paraná. “Foi um evento muito importante para fomentar a cultura e despertar novos talentos. Dança, música, teatro estiveram em evidência durante a 2ª Semana Cultural do IFPR, Campus Pinhais. Deixo meus parabéns a todos os envolvidos nesse projeto, aos professores, a Direção e ao Ítalo Pereira, Presidente do Grêmio Liberdade Estudantil, do IFPR e a todos seus integrantes”, parabenizou.

1º. Fórum do Comitê Gestor do CEU

Ainda no dia 20, à noite, a Vereadora contou na tribuna que compareceu ao 1º. Fórum do Comitê Gestor do CEU-Centro de Artes Unificado. “Fiquei feliz de participar desse encontro. Eu que participei como Secretária Municipal de Assistência Social da implantação deste importante equipamento, ver hoje que a população conta com ações culturais, práticas esportivas e de lazer, serviços socioassistenciais, inclusão digital e acesso a leitura me deixa muito feliz. Parabéns a todos os profissionais do CEU, e aos membros da sociedade civil; Ângela Gouveia, Leonardo Allan, Maria Luiza Bernardi, Joseli Zanuncini, Olair Rocha, Roberto de Araújo e Rosalina Gutervil, que são os novos titulares do Comitê Gestor criado para organizar e fiscalizar esse equipamento”, disse.

Café Colonial da Pastoral Familiar

Nas Explicações Pessoais, Márcia valorizou o evento da Pastoral Familiar, realizada no último domingo um café colonial no Salão da Igreja São Miguel Arcanjo. “Parabéns pelo evento e também à Pastoral da Família da Paróquia São José Operário, que realiza um bonito trabalho com as famílias”, elogiou.

 

Silvio Star parabeniza implantação da primeira ciclofaixa da cidade

vereador silvio star

O Vereador Silvio Star (PPS) iniciou sua fala parabenizando a Administração do município pela construção da ciclofaixa na Avenida da Maringá. “A ciclofaixa faz parte de um conjunto de obras do Parque Linear localizado na Maringá, sendo uma obra necessária, que garantirá segurança e rapidez ao ciclista durante o seu deslocamento. Muitos ciclistas utilizam a Avenida Maringá como rota para suas casas e trabalhos, agora poderão ficar mais tranquilos ao pedalar por lá”, comemorou.

Ainda sobre a implantação da ciclofaixa, Silvio observou a necessidade de colocação de refletores em forma de tachões, objetivando a delimitação do espaço destinado aos ciclistas e a sinalização da ciclofaixa durante a noite. “Acredito que já esteja no projeto da Administração esta questão. Caso não esteja, deixo aqui a solicitação desse equipamento de segurança”, complementou.

Enchentes

Morador do bairro Maria Antonieta há 39 anos, o parlamentar lembrou que já presenciou diversas enchentes na região, mas, mesmo sem episódios de alagamentos recentes, a cobrança dos munícipes daquela localidade é constante para que o trabalho de manutenção continue. “Mesmo com as últimas fortes chuvas, o bairro não sofreu com alagamento, mas recebi as cobranças da população. Eles solicitam que sejam mantidos os serviços de manutenção de limpeza dos rios, especialmente no Rio Iraí e Rio Palmital”, apontou.

Novas Eleições

Sobre o assunto novas eleições no país, o Vereador disse ser precoce abordar a questão no momento. “Sou contra falarmos em novas eleições neste exato momento. É muito precoce, visto que a presidente afastada ficou no cargo por mais de 4 anos e o nosso país estava realmente caminhando para o caos. Precisamos dar tempo ao presidente interino, porém, se as coisas não forem bem para a população, precisaremos sim realizar novas eleições”, concluiu.

Homenagem

Por fim, Silvio parabenizou a homenageada da noite, Maria Aparecida, que recebeu da Casa uma Moção de Louvor.

 

Gilberto aponta postura diferenciada da grande imprensa em relação aos áudios de Lula e de Romero Jucá

vereador gilberto

O Presidente da Casa, Gilberto Hartkopf (PT) discorreu em seu discurso, no Grande Expediente durante a sessão em plenário da terça-feira (24/05), sobre a crise que o país enfrenta. “O país passa por um momento difícil na economia e na política. Nas redes sociais, os comentários centralizam-se na mudança de governo. Ontem, vi a colocação do ex-vereador Marinho num post no Facebook, em que ele menciona o áudio com o Romero Jucá. Diz o ex-vereador que a mídia não tem se posicionado apenas contra o PT, tendo também divulgado o áudio do então Ministro do Michel Temer. Discordo um pouco. Pois, esse áudio é de março, antes do impeachment. E apenas divulgaram-no agora. Não sei o motivo. Mas se fosse divulgado naquela época, o impeachment não teria acontecido”, analisou.

Dois pesos e duas medidas na grande mídia

Gilberto acrescentou que tem percebido uma postura de dois pesos e duas medidas da parte da grande mídia. “Quando divulgaram o grampo do Lula com a Dilma, rapidamente este caiu na mídia. No Jornal Nacional, a cobertura era focada no Lula. Desta vez, em relação ao áudio do Jucá, a Globo apenas enfatizou o áudio no terceiro bloco da reportagem. Ou seja, a Globo não deu a mesma amplitude e foco que deu aos grampos da conversa de Lula. Precisamos entender que quando dizemos que houve um golpe para tirar Dilma do poder, não se trata de dizer que o impeachment é ilegal, que não é um instrumento legítimo garantido pela Constituição. Mas nos referimos à forma com que esse impeachment concretizou-se. É óbvio que o impeachment é um instrumento previsto pela Constituição. Mas esse áudio do Jucá demonstra que a forma com que foi acertado o impeachment revela uma intenção clara de tirar a Dilma para barrar a Lava-Jato. Infelizmente, a grande maioria dos políticos no Congresso Nacional está envolvida em denúncias de corrupção e deverá ser atingida de alguma forma pela Lava-Jato. Esse era o golpe. Tirar a Dilma em troca do Temer barrar a Lava-Jato. Evidente, que defendo que quem cometeu algum crime tem de pagar. Mas nada foi provado contra a Dilma. O objetivo era aprovar o impeachment para esse grupo político assumir o poder e acabar com programas sociais e barrar a Lava-Jato, a fim de que os próximos investigados não sejam atingidos”, considerou.

2ª. Semana Cultural no IFPR

Nas Explicações Pessoais, o petista comentou sobre a 2ª. Semana Cultural no IFPR, no dia 20. “Estive no evento e foi muito bacana a promoção dessa Semana Cultural. Parabenizo a todos os participantes e também ao Grêmio Estudantil, presidido pelo Ítalo, que também é representante na UPES. O Ítalo é secretário estadual da União Paranaense dos Estudantes Secundaristas, representando Pinhais”, congratulou.

Vergonha para o país

Gilberto também complementou que viu, nas redes sociais, uma foto de Jucá junto com a esposa usando uma camiseta em favor do combate à corrupção. “Ele critica a corrupção, mas está envolvido nela. Uma situação vexatória para o país e para nós, vereadores, mais ainda. Porque o vereador é o parachoque do povo. A comunidade procura o vereador, não o deputado, o prefeito, quando visa reivindicar algo”, salientou.

Parceria Prefeitura e Câmara

Ao finalizar, o Vereador completou dizendo que felizmente o bom trabalho da Câmara de Pinhais tem feito com que o município esteja cada vez mais reconhecido pela competência e ética na gestão. “Tanto o povo como as pesquisas atestam grande aprovação a essa gestão municipal. E sem o trabalho dessa Casa isso não seria possível. Todo dia aparece um novo político sendo chamado de ladrão. É gratificante participar de uma gestão que está trabalhando para mudar a cara da cidade e a vida do povo para melhor. Desde 2009, estou vereador e fico feliz de estar participando de tantas conquistas. Não para mim, mas para a cidade e sua população”, finalizou.

 

Joãozinho Ribeiro propõe uso de energia solar nas escolas municipais

vereador joaozinho

O Vereador Joãozinho Ribeiro (PSB) explanou, em seu discurso no Grande Expediente, sobre seu Projeto de Indicação ao Executivo para implantação do uso de energia solar em todas as escolas públicas municipais de Pinhais. “Este projeto é fruto de discussão com alunos, professores e pais, foi amplamente debatido também com minha assessoria. O objetivo é claro: promover a redução nos custos com energia elétrica nas escolas municipais. Conforme seu artigo 1º, o projeto institui a obrigatoriedade de instalação de tecnologia para captação de energia solar nas escolas municipais dentro de um prazo de 48 meses. A implantação e manutenção deverá ficar a cargo da Secretaria de Meio Ambiente em conjunto com a Secretaria de Educação. As despesas para tal devem ser alocadas do próprio orçamento municipal. O projeto visa despertar a responsabilidade pelo uso consciente das fontes de energia, colocando o poder público como o primeiro a dar o exemplo, investindo em fontes de energia mais baratas. É sabido que os custos com energia elétrica são elevados nas escolas municipais. A ideia é iniciar pelas escolas e posteriormente expandir a implantação dessa tecnologia a todos os órgãos públicos municipais. Acredito que com a crise que o país enfrenta, nós, vereadores, devemos contribuir com sugestões para amenizá-la. Os recursos economizados poderão ser aproveitados para suprir outras demandas importantes da população”, concluiu.

Ciclovia na Av. Maringá e Moção de Louvor

Nas Explicações Pessoais, o Vereador elogiou a Prefeitura pela obra da ciclovia na Avenida Maringá. “O Prefeito finalizou uma obra que estava a passos de tartaruga, financiando com recursos municipais o que seria para o Governo do Estado fazer”, disse.

Continuando sua fala, o parlamentar congratulou a homenageada com Moção de Louvor durante a sessão, Maria Aparecida. “Parabéns, Maria Aparecida, e Vereador Ari Valdir, pela proposição, pela sensibilidade de reconhecer o trabalho de uma mulher que faz a diferença na cidade. E a partir de um trabalho que prova que as mulheres são capazes de fazer qualquer serviço, no caso, usando uma retroescavadeira, dirigindo uma máquina pesada, para servir à população. Sinta-se honrada , Maria Aparecida, pela aprovação unânime dessa Moção, por esta Casa”, congratulou.

 

Demétrio discursa sobre responsabilidade do eleitor na manutenção da corrupção

vereador demetrio

Em seu discurso, o Vereador Professor Demétrio Tonon (PP) teceu comentários sobre a corrupção na política. Ao falar da atuação da Justiça, lembrou da expressão “a justiça é cega”. “Essa expressão popular é dita muitas vezes, mas sem o verdadeiro entendimento. Não significa que a justiça não está sendo feita conforme o esperado. Mas, sim, no sentido de que a justiça para ser justa não deve olhar a quem julga. A musa grega de olhos vendados, símbolo maior da justiça, simboliza justamente a ideia de imparcialidade a que os juízes devem se ater”, observou.

Ainda comparou o vazamento do áudio do Delcídio Amaral com o de Romero Jucá. “Trata-se de duas situações envolvendo articuladores de governo. Delcídio do da Dilma. Jucá, do de Temer. Enfim, a situação se repete nos dois governos. Trocaram o rótulo, sem trocar a mercadoria”, lamentou.

Reeleição de corruptos

Outro ponto colocado foi sobre a responsabilidade do eleitorado sobre o cenário político atual. “Fala-se muito em políticos de Brasília. Mas não existe político de Brasília. Esses parlamentares que lá estão foram eleitos em seus estados, em suas cidades. Esses políticos um dia foram deputados estaduais, vereadores, em grande parte. Não chegaram lá por acaso. Foi e leitor que o colocou lá. Mas por que alguém os colocariam lá se muitas vezes já estavam envolvidos em corrupção antes de chegarem a Brasília? Vejamos o exemplo do Deputado Estadual Nelson Justus. Ele esteve envolvido em corrupção na Assembleia Legislativa, foi denunciado e mesmo assim foi reeleito com mais de 40 mil votos. Pode-se alegar que foi reeleito por abuso de poder. Mas se houve abuso de poder é porque houve eleitores que aceitaram vender seu voto. O problema está no eleitor. Falo como eleitor, também. Tenho um cargo eletivo, mas também sou eleitor. Dizer que devemos votar nulo é burrice. Não apoio o voto nulo para todos os cargos numa eleição, alienando-se do processo eleitoral. Mas apoio que deixemos de votar, por exemplo, em um candidato a deputado federal ou estadual, ou qualquer outra cargo, caso não tenhamos encontrado boas opções. É muito melhor do que votar irresponsavelmente em qualquer um apenas por votar. O dia que tivermos, todos, responsabilidade ao votar, o quadro muda. Votar por votar em qualquer candidato é muita irresponsabilidade. O Romero Jucá não chegou lá em Brasília à toa. Ele tem seu eleitores. São eleitores imbecis e ignorantes que elegem e reelegem políticos corruptos. O deputado estadual Nelson Justus teve 44 mil votos depois dos escândalos de corrupção. Teve 44 mil irresponsáveis que o recolocaram no poder mesmo depois de notoriamente divulgado seu envolvimento com corrupção”, indignou-se.

 

“Repudio postura de Jucá, mas não torço contra o Governo Temer”, afirma Binga

vereador binga

O Vereador Binga (PPS) foi outro parlamentar a comentar a situação da política nacional. Disse que, desde o início, seu partido, o PPS, não apoiou a nomeação de ministros investigados pela Lava-Jato pelo Governo Temer. “Desde os primeiros momentos do Governo Temer, o PPS jamais apoiou a nomeação de ministros suspeitos de corrupção. Nossa defesa é por um país melhor. Deixo meu repúdio a essa situação envolvendo o Romero Jucá, mas não torço contra o Governo Temer. Não votei na Dilma, nem no Temer, por consequência. Gostaria de dizer, ainda, que pelo que a gente vê na Lava-Jato, essa operação está fazendo uma verdadeira purificação na política brasileira. Só não vê quem não quer”, observou.

Política pelo bem comum

O Vereador disse que a primeira coisa que tem perguntado aos novos filiados em seu partido é sobre as motivações para ingressarem na política. “Por que quer ser político? Vou me candidatar pra melhorar de vida ou melhorar minha cidade? Acredito nesse país, mesmo desacreditando, algumas vezes. Todo mundo sabia o que ia acontecer com o Jucá. Queriam barrar o Moro? Impossível. Esse juiz é um ídolo da população pelo grande trabalho que tem feito, capaz de mudar a mentalidade vigente na política brasileira”, ressaltou.

Total apoio à Lava- Jato

Binga acrescentou que acredita que a Lava-Jato ainda vai denunciar muitos políticos corruptos. “A cada dia vemos mais gente sendo pega pelas investigações. Creio que até o final do ano, serão muitos mais. Precisamos ficar atentos ao que discursamos na tribuna, porque não sabemos o que acontecerá ainda com a Lava-Jato. A expectativa é que tenhamos um futuro melhor, com políticos preocupados com a sua cidade e as pessoas e não nos envergonhando por causa de dinheiro de corrupção. Não queremos políticos que entram na vida púbica para encherem o próprio bolso. Chega a ser ridículo entrar na política para enriquecimento próprio”, enfatizou.

Corrupção tira dinheiro do povo

O parlamentar demonstrou, ainda, indignação contra a corrupção na política, que tem desviado recursos públicos que deveriam atender ao povo. “Tem faltado vacina contra a gripe H1N1 enquanto essa corja de ladrões na política só tem pensado em seu próprio bolso. Quanto mal a corrupção tem feito ao país, isso nos entristece. Torço para o Governo Temer, embora não tenha votado nele. A corrupção tem levado embora milhões, deixando o povo desassistido, faltando leitos nos hospitais, vacinas, equipamentos de saúde. Quantos morreram pela falta desses recursos roubados. Político que rouba dinheiro público, da saúde, da educação, da segurança, tem de pegar 50 anos de cadeia. Fico pensando de que forma serão recebidos os candidatos nessas eleições municipais pela população, depois de tantos casos de corrupção sendo divulgados”, comentou.

Moção de Louvor

Por fim, parabenizou a homenageada com Moção de Louvor durante a sessão, a munícipe Maria Aparecida. “É assim que se faz uma cidade melhor, lutando, trabalhando. Se pensarmos no comportamento dos políticos, nos desanimamos. Trabalhamos para pagar uma carga tributária gigantesca. Assim, temos de lutar muito para vencer, fazermos de tudo um pouco. Enfim, temos de sonhar que no futuro teremos um país melhor”, concluiu.

 

Passarinho visita obras da Rodovia João Leopoldo Jacomel

vereador passarinho

O Vereador Passarinho (PSDC) tem acompanhado de perto as obras da Rodovia João Leopoldo Jacomel e ressalta a importância dessa obra para Pinhais. “As equipes iniciaram escavação da trincheira na Avenida Jacob Macanhan. Um dos mais perigosos cruzamentos rodoviários da Região Metropolitana de Curitiba finalmente acabará. A estimativa é que esta obra seja liberada ainda neste ano”, disse Passarinho.

Com o fim do cruzamento, o trânsito urbano ficará isolado do trânsito rodoviário, o que vai reduzir drasticamente os acidentes, atropelamentos e mortes. As equipes trabalham nas escavações para o rebaixamento da PR-415, que passará por baixo da trincheira. Ao longo do trecho 380 metros serão retirados cerca de 80 mil metros cúbicos de terra, pavimento, brita e pedras no local.

Sob a trincheira de 27 metros de extensão haverá um vão com rebaixamento de 6 metros da rodovia. Quando for concluída, o tráfego da estrada passará por baixo e o trânsito urbano de Pinhais cruzará por cima, sem interferência com a PR-415. Também está em fase de conclusão a concretagem das paredes de diafragma, que farão a contenção das marginais da rodovia onde é feito o rebaixamento.

Trabalho em fase final

Neste mesmo cruzamento, as equipes estão construindo as cabeceiras da trincheira na Rua Jacob Macanhan e na Avenida Camilo Di Lellis. O trabalho está na fase final. Toda a base do pavimento já foi concluída e resta apenas terminar o asfalto definitivo, etapa que será executada quando todo o concreto da trincheira estiver seco.

“O Governo do Estado está investindo mais de R$ 160 milhões nesta obra, que contempla a duplicação da Rodovia João Leopoldo Jacomel, além de outras melhorias. O tráfego é muito intenso nesta via, fazendo-se necessário e urgente todo o trabalho que está sendo realizado”, finalizou.

 

Tavinho lamenta prisão de professor em protesto por melhoria da merenda escolar

vereador tavinho

O Vereador Tavinho (PT) comentou na tribuna a prisão do professor Vitor Molina, da direção da APP-Sindicato, núcleo sindical de Maringá, na sexta-feira (20), juntamente com outras duas pessoas, quando protestavam em solidariedade aos estudantes maringaenses que ocupavam o Colégio Estadual Gerardo Braga, por melhoria na merenda escolar e pela instalação da ‘CPI do Quadro Negro’ para investigar o roubo de R$ 24 milhões destinados à reforma e construção de escolas no Paraná. “Ele foi preso por reclamar porque faltava merenda na escola.

Vejam a situação do nosso estado. Ele foi preso e agredido por cobrava das autoridades que fosse cumprido o acordo de distribuição da merenda para aquelas crianças. Vitor, durante o protesto, lembrou que muitas crianças vão paras as escolas de barriga vazia, sem terem feito uma refeição se quer, por isso a importância da merenda”, comentou.

Segundo o Vereador, é importante lembrar que Pinhais respeita a sua população e os acordos estabelecidos, evitando que situações assim ocorram nas escolas municipais.

Falta de Segurança

Tavinho aproveitou seu espaço na tribuna para apontar um problema sério enfrentado pelos funcionários das Lotéricas de Pinhais e Região Metropolitana, a falta de segurança. “Eles estão à mercê dos bandidos. Além do pouco policiamento nas ruas, a blindagem colocada nas lotéricas não respeitas as normas técnicas, não garante segurança alguma, deixando os trabalhadores expostos”, disse.

Política

O parlamentar comentou ainda sobre a situação do Romero Jucá, ex-Ministro do Governo Temer. “O Delcídio do Amaral foi preso e cassado rapidamente, após ser acusado de realizar um plano de fuga para o Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobrás. Está correto. Não se pode obstruir a justiça. Mas, agora, esperamos que façam o mesmo com o Romero Jucá. Esperava-se muito dele, que pudesse fazer um novo plano de governo, mas ele estava planejando obstruir a Lava-Jato. A lei é para todos. Quero ver a atitude que será tomada com esse senador”, pontuou.

Enchentes

As recentes enchentes ocorridas na região do Atuba também fizeram parte do discurso do Vereador. “Felizmente, com as dragagens sistemáticas, as consequências não foram tão grandes, como em anos anteriores”, comemorou.

Novas Eleições

Ao finalizar, Tavinho pediu que a população se una em uma só voz e peça novas eleições no país. “Gostaria de pedir para aquelas pessoas que se vestiram de verde e amarelo e afastaram a presidenta Dilma, que se unam com as pessoas que se vestiram de vermelho para pedirem novas eleições, novas pessoas para governarem o país. Esse novo governo não tem legitimidade”, concluiu.

 

Rosa Maria revela preocupação com cenário político em Brasília

vereadora rosa

A Vereadora Rosa Maria (PROS) também comentou sobre a situação da política nacional, no Grande Expediente. Para a vereadora, o cenário nacional tem se revelado uma caixa de surpresas. “A cada dia, temos um acontecimento que modifica, altera o quadro, com novas informações bombásticas. Ontem, ficamos estarrecidos com a divulgação do áudio do Jucá, uma situação que coloca em risco a credibilidade das instituições do país. Nos choca, nos envergonha tudo o que está vindo à tona. É um quadro preocupante. Não sejamos ingênuos, vejam essas pessoas que estão comandando o país. O Temer fechou alguns ministérios, depois recuou em relação ao Ministério da Cultura. Artistas de peso foram às ruas protestar contra o fim do Ministério da Cultura. O recuo de Temer, não sabemos se foi por bom senso, por humildade, ou apenas, pela pressão sofrida. A cultura, como disse a grande atriz Fernanda Montenegro, é a musculatura que segura o esqueleto da educação. Espero que o Temer tenha tido realmente bom senso ao recuar. O envolvimento do nome de um magistrado no áudio é preocupante. Sem confiança na Justiça, nas instituições, nosso processo democrático encontra-se em risco”, analisou.

Proert – Programa de Resistência às Drogas

Em contrapartida, continuou a parlamentar, a política local tem sido motivo de orgulho. “Felizmente, em Pinhais, podemos dizer que se trata de um município em que as políticas públicas estão sendo implantadas, estão acontecendo. Gostaria de destacar a importância da participação da PM no Programa de Resistência às Drogas, o Proert. Desde 2009, com mais ênfase, a Prefeitura tem feito uma parceria a fim de implementar o Proert, atendendo a uma demanda importante, que é o combate às drogas nas escolas. Um projeto que tem contemplado 2 mil alunos por ano que é de suma importância no enfrentamento às drogas”, elogiou.

Linha de Leitura: parceria da Prefeitura com o Rotary Club

Outro projeto salientado foi o Linha de Leitura, em parceria com o Rotary Club de Pinhais, de incentivo à leitura. “Foi uma pesquisadora da Holanda quem trouxe essa proposta que beneficia mais de 1 mil crianças. Parabéns a todos os envolvidos nesse belo projeto de promoção do hábito da leitura entre crianças e jovens”, parabenizou.

Moção de Louvor

Nas Explicações Pessoais, Rosa parabenizou ao Vereador Ari Valdir pela Moção de Louvor em homenagem à munícipe Maria Aparecida. “Muito bom ver mulheres vencedoras participando da sociedade. Devemos sempre lamentar quando não somos valorizadas o suficiente. Lamentamos, sim, a ausência de figuras femininas nos ministérios. São espaços importantes para as mulheres nos representarem”, defendeu.

Poder das redes sociais

Sobre o vazamento do áudio com o Romero Jucá, Rosa acrescentou que se não fossem as redes sociais, o caso não teria o mesmo impacto. “As redes socais são muito fortes, para o bem e para o mal. No caso do Jucá, foi benéfico, uma vez que a grande mídia não deu a mesma ênfase. Já no caso do assalto envolvendo a apresentadora Ana Hickmann, houve um impacto negativo. Enfim, quando uma informação cai na rede, não há mais controle. Precisamos de muita cautela ao usar as redes sociais. Elas podem auxiliar, mas, também, prejudicar”, considerou.

Revitalização da Avenida Iraí e ciclovia da Avenida Maringá

A parlamentar ainda parabenizou ao Prefeito e Vice-Prefeita pela revitalização da Avenida Iraí e pela Ciclovia da Avenida Maringá. “A rotatória instalada na Iraí ficou maravilhosa. Ajudou muito o trânsito. A ciclovia também é um orgulho para o município”, finalizou.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)