Escrito em por

por Vanessa Martins de Souza

Presidente Marcinho comemora reta final de ampliação de  CMEI no Jardim Cláudia

vereador marcinho

O Presidente da Casa, Vereador Marcinho (PDT), comentou sobre a reta final das obras de ampliação e reforma do CMEI Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Jardim Cláudia. O novo CMEI conta com uma área construída de 617,61 metros quadrados e um investimento de R$ 1. 223.612,67. “Serão dois pavimentos, o que deverá aumentar o número de vagas para 135. A obra está ficando muito bonita e prevê instalações bastante confortáveis e funcionais, devendo ser finalizada em breve. Logo, os alunos poderão voltar para lá e também ampliando-se a capacidade de atendimento, com mais vagas”, comentou.

Marcinho disse ainda que a ampliação do CMEI é mais uma obra que demonstra o quanto a atual gestão municipal se revela atenta à demanda por mais vagas nas creches. “Estamos preocupados em valorizar as necessidades das famílias, das mães que trabalham fora e necessitam de um espaço educacional de qualidade e confiança para deixarem seus filhos. A parceria entre o Executivo e o Legislativo valoriza as demandas da mulher que concilia as funções da maternidade com o trabalho doméstico e as atividades profissionais, bem como os investimentos em educação, que é um dos grandes anseios da comunidade. Entendemos que esse é o caminho para um país com mais educação de qualidade, de um futuro promissor, onde as necessidades das mulheres, das mães e das crianças estão entre nossas principais prioridades”, colocou.

Obras por toda a cidade

O parlamentar destacou ainda que diversas obras estão em andamento pela cidade, reforçando o compromisso da administração municipal para com o bem-estar da população pinhaiense. “São calçadas, trocas de manilhas, pavimentação asfáltica, rotatórias e muito mais. Pinhais não para. As obras não param. Agradeço a todos os servidores e secretarias do município por esse cuidado e carinho para com a população e a cidade”, finalizou.

 

Carlinhos do Eliza defende mais participação da mulher na política e em toda a sociedade

carlinhos

O Vereador Carlinhos do Eliza (PT) defende uma maior participação da mulher na política, bem como a valorização de sua participação em todos os segmentos da sociedade. “O eleitorado brasileiro é composto por uma maioria feminina, de 52%, porém, esse percentual ainda não é refletido nos quadros dos partidos e nos cargos eletivos. Precisamos incentivar cada vez mais a participação da mulher na política, dentro dos quadros dos partidos, lançando nomes em candidaturas que garantam uma maior representatividade feminina nos cargos eletivos. Depois de diversas conquistas, a exemplo do direito ao voto, e dos avanços na participação em todas as profissões, a mulher ainda tem muitas lutas pela frente em busca da igualdade de direitos e de oportunidades. A igualdade salarial é uma delas, além do combate à violência doméstica e ao abuso sexual. São muitas pautas a serem defendidas, e nada mais justo e adequado que as próprias mulheres garantam sua participação no exercício da vida pública a fim de viabilizar ações e políticas públicas voltadas a essas demandas. Considero inaceitável, em pleno século XXI, com todos os avanços, que desprezemos essa questão da igualdade de gênero”, apontou.

Ainda segundo Carlinhos, a mulher já provou sua competência em todas as áreas, desde as profissões mais simples às mais complexas, e inclusive, aquelas tradicionalmente exercidas só por homens. “Temos professoras, engenheiras, jornalistas, médicas, advogadas, executivas, motoristas, secretárias, funcionárias públicas, empreendedoras e grandes empresárias dando sua força de trabalho com muita competência no país. Uma participação ativa na sociedade por parte das mulheres é fundamental, pois, é indicativo de uma sociedade que respeita a igualdade de direitos de todos”, defende.

Políticas públicas voltadas às mulheres

Para ao vereador, as políticas públicas dos governantes devem atender às demandas relacionadas a vida da mulher contemporânea, buscando mais inclusão no mercado de trabalho, e na vida pública. “Sem políticas públicas direcionadas às demandas das mulheres, não há avanços na sociedade. Hoje em dia, a mulher, além de trabalhar fora, de exercer sua profissão, ainda exerce uma dupla jornada, a partir das tarefas domésticas e da educação dos filhos. Cabe ao poder público, também, fazer a sua parte, pensando nas mulheres que necessitam, por exemplo, de creches para deixar seus filhos, enquanto estão no trabalho. Muitas são chefes de família, inclusive, não contando com um marido para ajudar nas despesas e educação dos filhos. Enfim, acredito que os governantes precisam estar atentos a essa realidade, comprometendo-se a defender os direitos das mulheres, e pensar nas necessidades específicas do gênero feminino. Só assim, teremos uma sociedade mais justa, mais humana e igualitária. Mulheres, afinal, sempre fizeram e farão parte das nossas vidas, como mães, esposas, filhas, irmãs, professoras, colegas de trabalho, chefes, e merecem ter voz e participação em todos os segmentos da sociedade”, colocou.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)