Escrito em por

por Vanessa Martins de Souza

Vereador Airton Silva discursa sobre vagas nas creches e MP

vereador airton

O Vereador Airton Silva (PSC) agradeceu, no Grande Expediente, aos esclarecimentos prestados aos vereadores pela Secretária Municipal de Educação, Andréa Franceschini, sobre as vagas nas creches municipais e o pedido do Ministério Público Estadual (MPE). “De acordo com a Constituição Federal, todos são iguais perante a lei, não podendo haver distinções e privilégios. As creches municipais estavam liberadas a partir da fila de espera, levando em consideração o cadastro no bolsa família, porém a orientação do MP é que não haja mais esta exigência e que todos tenham atendimento igualitário, ou seja, tanto as famílias com renda de um salário mínimo como quanto àquelas com renda acima deste patamar terão direito. Pena que o Ministério Público alegue que não pode haver distinção de pessoas e rendas, mas no Poder Judiciário não segue esse preceito quando se trata de pagamento de custas processuais, limitando quem paga e quem é isento de custas, ou seja, há uma distorção”, colocou.

Equipamentos para Bombeiros e o FUNREBOM

O vereador lembrou que a aprovação da taxa dos Bombeiros que vai para FUNREBOM – Fundo de Reequipamento dos Bombeiros – para investimentos no Corpo de Bombeiros do município, foi muito criticada, à época de votação em plenário desta Casa. “Fomos criticados por aprovarmos a criação de mais uma taxa à população. Mas, atualmente, colhemos os bons resultados dessa medida, o nosso Corpo de Bombeiros é referência a outros municípios. Os recursos estão sendo bem aproveitados em investimentos que estão servindo diretamente a população, e que pode colher os resultados desta parceria. O interessante desta taxa é que hoje temos uma reserva de 20% deste fundo que é destinado para a Defesa Civil de nosso Município. Hoje, se houvesse problemas emergenciais com a nossa população, a nossa Defesa Civil poderia investir na compra de materiais emergenciais, a exemplo de lonas e telhas em situações de temporais, vendavais, etc. Enfim, é uma pequena taxa cobrada do contribuinte que, somada, resulta em um montante significativo, que já tem gerado retorno à população em investimentos, como compra de equipamentos, maquinas, veículos para o Corpo de Bombeiros”, avaliou.

Parceria Prefeitura e SENAI

Airton ainda elogiou a iniciativa da Prefeitura em realizar uma parceria com o SENAI – Serviço Nacional da Indústria, para ampliação das vagas em cursos profissionalizantes. “Uma iniciativa muito bem-vinda, nesse momento de desemprego, em que é preciso qualificar os jovens e adultos para o mercado de trabalho. São cursos de mecânica de motos, de panificação, de corte e costura e outros. Os jovens precisam de oportunidades para que não fiquem nas ruas, recorrendo às drogas e criminalidade por conta do desemprego e da falta de perspectivas. Precisamos, ainda, lutar para modificar a legislação, a Constituição Federal, que proíbe o trabalho a menores de idade, a não ser como aprendiz ou estagiário, mas tendo muita exigência. Curioso que a lei permite que menores façam tudo, protegendo-os até quando cometem crimes, mas não permite que trabalhem. Temos de atuar nesse ponto, não adianta somente construir presídios, investir em segurança pública, sem dar oportunidades de estudo e emprego aos jovens. Esta Casa está comprometida com esse objetivo de garantir qualificação profissional ao jovem que ingressa no mercado de trabalho, dando todo respaldo ao Poder Executivo para que empreenda essas parcerias como essa do SENAI ou outras entidades de qualificação e aperfeiçoamento”, destacou.

Ideologia de gênero é desrespeito às famílias

Nas Explicações Pessoais, o parlamentar complementou o discurso dos colegas sobre a ideologia de gênero nas escolas. “Não se trata de desrespeito ao público LGBT, nós respeitamos a todos, não discriminamos ninguém, mas, também, queremos ser respeitados. O ensino da ideologia de gênero nas escolas é um desrespeito às famílias, aos alunos e a legislação atual. Fico preocupado quando uma emissora de TV como a Globo começa a explorar esse tema porque quer ibope, o que faz parte do marketing da emissora, porém denegri a família e os valores cristãos. Além do fato da emissora se revelar muito parcial na abordagem desse tema em suas reportagens, a Globo puxa o enfoque apenas para um lado da questão, e que seja favorável a essa ideologia de gênero. Também costuma glamurizar nas novelas os personagens fora da lei, traficantes, e inverter os valores de nossa sociedade”, criticou.

Imposição de uma minoria à maioria

Outro fato preocupante relatado pelo Vereador em relação à ideologia de gênero, vem do Senado Federal, a partir da Senadora Martha Suplicy (PMDB). “A Senadora quer reeditar a PL 122, de 2006, que visa destruir o modelo de família tradicional, Segundo essa PL, que a Martha quer transformar numa Proposta de Emenda Constitucional (PEC), a família tradicional colocada na Constituição Federal deverá excluir a figura do pai e da mãe. Bem como a Senadora quer aprovar em lei o fim das festas tradicionais nas escolas em homenagem ao Dia das Mães e Dia dos Pais; instituir cirurgias de mudança de sexo custeadas pelos SUS a partir dos 14 anos; criar cotas em concursos públicos para homossexuais; aprovar um Estatuto para criminalizar a homofobia, enfim, tudo em prol de uma minoria, e sempre com apoio de ativistas LGBTs. O que vemos é uma minoria tentando impor normas, leis e seus valores a uma maioria que não os quer, não os aceita. Não podemos deixar que uma minoria legisle e imponha normas que só interessam a eles, e não a uma maioria, não discrimino ninguém mas quero ser respeitado como cristão e sempre defenderei a família como base de uma sociedade estruturada. O absurdo desta lei é oferecer cirurgia de mudança de sexo a partir dos 14 anos pelo SUS, o Sistema mal dá conta do atendimento das demandas básicas de saúde para população e agora ter que bancar uma cirurgia caríssima, com nosso dinheiro”, indignou-se.

 

Marcinho fala de resultados positivos em reunião sobre vagas nas creches

vereador marcinho

O Presidente da Casa, Vereador Marcinho (PDT), destacou à reportagem do jornal A Gazeta Cidade de Pinhais que a Câmara tem buscado constantemente reforçar a parceria com o Poder Executivo, no sentido de promover o diálogo entre os dois poderes. “Sempre que preciso, buscamos o diálogo e esclarecimentos de questões técnicas administrativas, inclusive, com a Prefeitura. Sobre as filas das vagas nas creches, como vereadores, costumamos ser cobrados pela população, que não entende ao certo como a fila de espera funciona. Hoje, tivemos uma reunião muito esclarecedora com a Secretária de Educação, a fim de sanar muitas dúvidas. Os vereadores são os mais cobrados pelo povo. Muitas vezes, estamos de mãos atadas para interferir em questões que cabem somente ao Poder Executivo. Mas, podemos buscar esclarecimentos, explicações com o secretariado, com a Prefeita, a Vice. É o que sempre buscamos. A Secretária nos prometeu mais transparência sobre a fila de espera e aguardamos com expectativas positivas”, sublinhou.

 

Vereador Tavinho elogia esclarecimentos em reunião com Secretária Municipal de Educação

vereador tavinho

O Vereador Tavinho (PT) pontuou, nas Explicações Pessoais, a reunião na tarde da terça-feira (17/10) com a Secretária Municipal de Educação, Andréa Fraceschinni, quando foi abordado o problema das filas para vagas nas creches. “Tratamos de vários assuntos nessa reunião. Foi esclarecedor, creio que trazendo um contentamento geral. Somos cobrados pela população por vagas nas creches. Mas, sabemos que é preciso obedecer a essa lista de espera. Não temos poder, a prerrogativa, de interferir nessa questão. A Secretária nos explicou bem como funciona a fila e nos prometeu que teremos mais transparência. A propósito, no período de 16 de outubro até o dia 31 desse mês, será preciso que um novo cadastro seja feito junto à Secretaria a quem deseja ingressar na fila de espera das creches”, informou.

Ideologia de gênero barrada em Pinhais

Sobre a ideologia de gênero, Tavinho acrescentou que, felizmente, a Casa barrou a inclusão desse tema no Plano Municipal de Educação, há cerca de três anos. “Quando veio a proposta do Plano Municipal de Educação para votarmos em plenário, nas comissões, o Vereador Airton estava atento a alguns itens que incluíam a ideologia de gênero na proposta de ensino para as escolas municipais. Elaboramos emendas parlamentares retirando esses itens. Hoje, temos como barrar essa proposta que estava prevista nas cartilhas a serem distribuídas pelo MEC a nossas escolas municipais”, salientou.

 

Binga afirma que todo mandato está sujeito a críticas, mas o mais importante é o respeito ao eleitorado

vereador binga

O Vereador Binga (PPS) comentou, nas Explicações Pessoais, sobre a s críticas recebidas por Carlinhos do Eliza em razão de ter publicado um informativo sobre as ações do seu mandato. “Gostaria de dizer para o Carlinhos que o colega tem mais é que seguir em frente sem dar importância a esse tipo de crítica. Em nossa atuação, nunca conseguiremos agradar a todos. O Carlinhos foi reeleito, depois de ter assumido a suplência no mandato passado, com uma votação incrível. Não é qualquer um que consegue essa votação que ele obteve. Críticas sempre ocorrerão. Ser vereador não é fácil. Hoje, às cinco da manhã, já estava me aprontando para ir a Campo Largo. Quem critica, que tente ser eleito, assumir uma cadeira aqui e buscar fazer melhor. Que venham os novos, então, nas próximas eleições. Costuma-se menosprezar os vereadores, mas somos nós os que mais levam pedradas, entre a classe política. Somos nós que estamos envolvidos diariamente com a comunidade, falando com o povo. Quem achar que pode fazer melhor, que lance uma candidatura. Fazer 1 mil e 600 votos ou mais, como fez o Carlinhos, merece um grande respeito, para começo de conversa. Carlinhos, siga em frente, não abaixe a cabeça. Seu compromisso é com o eleitor”, defendeu.

 

Vereador Carlinhos do Eliza enaltece a realização da I Corrida da Guarda Municipal de Pinhais

vereador carlinhos

O Vereador Carlinhos do Eliza (PT) destacou a realização da I Corrida da Guarda Municipal de Pinhais realizada no último dia 08. A competição contou com a participação de 325 atletas e teve percursos de 5 km e 10 km, tendo a largada realizada por volta das 8h da manhã, em frente a Base da Guarda Municipal de Pinhais. “Por ser a primeira corrida da Guarda, o número de atletas participantes superou as expetativas. Foi muito gratificante. A corrida marcou o aniversário da Guarda Municipal de Pinhais, criada 01/10/2010, e também o Dia Nacional da Guarda Municipal, que se comemora no dia 10/10. Agradecemos aos patrocinadores e colaboradores pelo incentivo. Em especial, quero parabenizar a GM De Paula, o GM Ostroski, a GM Paula Grilo e a GM Lopes, pelo 1° evento de muitos. Agradeço ainda ao Diretor Câncio e o Superintendente Juarez”, congratulou.
Carlinhos lembrou ainda que nos sete anos da Guarda Municipal em Pinhais, quem mais ganhou com o excelente trabalho realizado na cidade foi a população. “Parabéns a cada Guarda Municipal de Pinhais”, comentou.

Informativo de mandato

O Vereador falou que seu informativo é uma maneira de prestar contas à população, de mostrar serviço. “Afinal, é para isso que o eleitor nos elege. O cidadão que me criticou disse que eu estaria usando o jornalzinho para me promover. Mas, há vereadores que usam as redes sociais, qualquer um pode usar esses meios de comunicação com o povo. Este crítico disse que vereador tem de ficar em gabinete, sem andar pelas ruas. Ora, discordo, vereador tem de estar nas ruas, no meio do povo, fiscalizando a cidade para saber de suas demandas. Vereador que fica apenas dentro de gabinete, acaba não fazendo nada pelo povo. Temos de estar nas ruas, andando junto com o povo, sim. Também fui criticado por elogiar secretários municipais. Quando considero justo, elogio, mesmo. Mas, também, quando vejo motivos para críticas, não deixo de criticar. Ou seja, não apenas elogio, também critico quando considero válido, pertinente”, esclareceu.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)