Escrito em por

 

Nas últimas semanas, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por meio da Seção de Defesa e Proteção Animal, em parceria com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), realizou no auditório da Secretaria de Educação, mais duas edições da palestra sobre guarda responsável. Essa ação é direcionada aos munícipes que terão seus animais castrados gratuitamente pela Prefeitura.

Durante a palestra, os participantes receberam noções do procedimento cirúrgico, cuidados com o pós-operatório e orientações sobre a legislação de proteção e bem estar dos animais. A participação nesta atividade é requisito obrigatório para fazer parte do Projeto Castração.

A veterinária Solange Marconcin, da Seção de Defesa e Proteção Animal, destaca as etapas do projeto. “As pessoas podem fazer a inscrição pelo telefone. A palestra é o primeiro passo, nós fazemos uma ação por mês, em dias e horários diferentes, para que todos possam participar. A próxima edição, por exemplo, estamos preparando para que aconteça no sábado”, orientou Solange.

Guarda responsável

As ações integram o projeto de Guarda Responsável, que dentre outras coisas, visa a educação e conscientização dos proprietários, sobre os cuidados necessários ao bem estar de seus bichinhos, além de contribuir para a redução do número de animais nas ruas do município.

Projeto Castração

A iniciativa tem como prioridade atender donos de animais, residentes em Pinhais, com renda mensal de até três salários mínimos. Podem participar cães e gatos de 4 meses a 6 anos de idade. Para efetuar o cadastro os proprietários devem entrar em contato com a Seção de Defesa e Proteção Animal, que agendará a data da palestra, com os temas: guarda responsável, ações de bem estar animal, além dos cuidados que devem ser dispensados aos animais que forem submetidos a cirurgia de castração. Vale destacar que a palestra é um pré-requisito obrigatório, para que o cadastro seja efetivado e o procedimento cirúrgico seja feito.

Serviço

Mais informações sobre a Seção de Defesa e Proteção Animal, pelo telefone (41) 3912-5705 ou e-mail: [email protected]

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)