Escrito em por

governo02

 

Está marcada para a próxima sexta-feira, dia 29, a licitação para contratação da empresa que vai gerenciar os abastecimentos de combustíveis dos veículos e equipamentos da frota oficial do Estado. Será declarada vencedora aquela que apresentar o menor preço, representado pela menor taxa de administração. A referência para valores de combustíveis adotada pelo Estado é da Agência Nacional de Petróleo (ANP).

O contrato atenderá 57 órgãos das administrações direta, indireta, autárquica e outros órgãos do Poder Público, em âmbito estadual. Para compor o preço da disputa, cada órgão usuário informa a média de consumo e estima o volume de combustíveis que utilizará.

Os maiores usuários de combustíveis no Estado são a Polícia Militar, Polícia Civil e Departamento de Estradas de Rodagem (DER), respectivamente. A PM tem consumo anual estimado em 9,7 milhões de litros, a um valor de R$ 37,7 milhões. A Polícia Civil consome, por ano, 4,3 milhões de litros de combustíveis, em média, totalizando R$ 17,1 milhões. O DER utiliza 2,9 milhões de litros, a um custo de R$ 10,5 milhões. Somadas as projeções de todos os órgãos usuários, o valor máximo do certame foi estabelecido em R$ 103.973,7 milhões.

A empresa contratada gerenciará o sistema de abastecimento de veículos em postos previamente credenciados por meio do cartão de pagamento magnético ou microprocessado (chip), destinado ao atendimento das demandas. O contrato terá vigência de um ano.

O pregão será através do sistema eletrônico de licitações do Banco do Brasil. As propostas serão recebidas até as 14h30 do dia 29 de novembro, pelo endereço eletrônico www.licitacoes-e.com.br. O edital com os detalhes do certame está no Portal da Transparência. A disputa de lances começará às 15 horas do mesmo dia, no horário de Brasília.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)