Escrito em por

pinhais06

 

Com o tema “Vamos dançar com a grande arte”, os grandes musicais do cinema deram tom às coreografias apresentadas na sexta-feira (24)

Olhares atentos, coreografias muito bem ensaiadas, graciosidade e ritmos variados embalaram as apresentações do Projeto Balé nas Escolas. Conduzida pelos alunos das escolas em tempo integral de Pinhais – Aroldo de Freitas, Antonio Andrade, Candido Portinari e 31 de Março – a iniciativa teve como evento de culminância a noite cultural realizada na sexta-feira (24).

O evento reuniu pais, familiares e profissionais das unidades de ensino que integram o projeto, coordenado pela professora Luciana Senise de Oliveira Martins e os instrutores Vanessa Callegari e Alexandre Chaves Moreira.

O “Balé na Escola” atende aproximadamente 200 alunos, e com quatro anos de existência já produz muitos resultados, e um deles é o que pôde ser conferido durante as apresentações. Com o tema “Vamos dançar com a grande arte”, os grandes musicais do cinema deram tom às coreografias.

A Prefeita de Pinhais, Marli Paulino, elogiou a iniciativa. “Mais do que um momento de muita beleza e encantamento, este projeto representa a importância das atividades desenvolvidas nas escolas em tempo integral. Parabenizo todos os profissionais que conduzem estas ações e aos familiares por estarem presentes na vida das crianças, pois isso é fundamental”, afirmou a Prefeita.

A secretária de Educação de Pinhais, Andrea Franceschini, também enalteceu o papel que iniciativas como esta desempenham no desenvolvimento dos alunos. “O projeto tem um objetivo pedagógico para que as crianças possam se desenvolver e terem habilidades melhores no aprendizado. Eu agradeço a todos que acreditam e apoiam esta e outras ações, profissionais, pais e APMF. Entendemos que a parceria da família é fundamental no processo de aprendizagem”, destacou a secretária.

Também estiveram presentes a vice-Prefeita de Pinhais, Rosa Maria; o coordenador executivo da Prefeitura, Luizão Goulart e o presidente do Conselho Tutelar de Pinhais, Marcio Staes.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)