Escrito em por

evento_luizao_foto_roberto_dziura_jr-1409

 

O Deputado e ex-prefeito de Pinhais reuniu cerca de mil apoiadores na Sociedade Dom Pedro II para dar a largada a sua pré-candidatura a prefeito da Capital pelo partido Republicanos.

Cerca de mil pessoas compareceram à Sociedade Dom Pedro II, na capital, para apoiar o lançamento da pré-candidatura do deputado federal e ex-prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, a prefeito de Curitiba, pelo partido Republicanos, na noite de sexta-feira (14/02).

Luizão afirmou que dá início a uma nova caminhada, desta vez, em direção à prefeitura de Curitiba, em uma campanha com humildade e firmeza. “Iniciamos hoje uma nova caminhada em Curitiba. Humilde, mas, firme. O Republicanos tem uma proposta diferente para Curitiba. Já iremos começar a elaborar nosso plano de governo para a capital. Minha experiência em dois mandatos consecutivos como prefeito de Pinhais, em que deixei o cargo como o prefeito mais bem avaliado do país, 94% de aprovação, segundo o Paraná Pesquisa, será mostrada ao povo curitibano. Experiência e bagagem na administração de uma cidade importante da Região Metropolitana vão demonstrar ao eleitor de Curitiba que não chegamos vazios de conteúdo”, colocou.

Curitiba inovadora no passado

Goulart lembrou que Curitiba é de todos os paranaenses e que, quando chegou do norte do estado, instalou-se na capital, inicialmente. E que a Curitiba atual não faz jus a um passado de inovação e de qualidade de vida. “Vim para Curitiba no final da década de 70, quando havia apenas 1/3 da população atual, cerca de 600, 700 mil habitantes. A Curitiba do Lerner, da inovação, do protagonismo nacional e internacional das décadas de 70 e 80 era uma cidade que inovava em diversas áreas, no meio ambiente, na separação do lixo, nos transportes, na criação da Cidade Industrial, na área social, nas primeiras creches, com o Linhão do Ofício, e os maravilhosos parques. Essas qualidades atraíram muita gente, muitos migrantes vindos do interior do Paraná e de outros estados. Só que, ao longo dos anos, essa Curitiba foi ficando na memória. Atualmente, a Curitiba dos bairros não é a mesma do Centro. São 75 bairros na capital e há bairros em que parece não pertencerem a Curitiba, pois destoam do padrão da cidade”, avaliou.

Experiência bem-sucedida em duas gestões consecutivas

O deputado enfatizou que é pré-candidato não por pretensão ou prepotência, mas por que acredita que sua experiência em duas gestões consecutivas bem-sucedidas em Pinhais possa contribuir para melhorar a capital. “Acredito que posso contribuir para melhorar Curitiba. Quando assumi a Prefeitura de Pinhais, a cidade era vista como um abandonado bairro de Curitiba. Planejamento, organização, uma equipe profissional de primeira fizeram da gestão a mais bem avaliada do país, com 94% de aprovação segundo o Instituto Paraná Pesquisas. Investimos nas áreas social, de educação, de meio ambiente, de saúde. Construímos escolas em tempo integral; na saúde, reabrimos o Hospital e Maternidade Municipal, há anos, fechado. Inauguramos uma UPA 24 horas, construímos postos de saúde. Resolvemos o problema das enchentes com investimentos constantes em dragagem e limpeza dos rios. São oito rios que cortam a cidade, sendo a água de três represas. Em Curitiba, também estão ocorrendo problemas de alagamentos, inclusive, no Centro. Dias desses, vimos na imprensa um veículo sendo arrastado pelas águas. O estádio do Paraná Clube ficou parecendo um piscinão, dias atrás. Há problemas nos rios Barigui, Belém, Bacacheri, Ribeirão dos Padilhas, Atuba, este último, faz divisa com Pinhais, aliás. São problemas conhecidos que, ao longo dos anos, têm trazido esses alagamentos. Em Pinhais, dragamos, reconstruímos as margens com plantio de mudas de árvores, fizemos barreiras de contenção e os parques lineares às margens dos rios. Fiz do lado de Pinhais e me obrigo a vir do lado de Curitiba fazer na outra margem do Rio Atuba, também. Digo sem prepotência. Mas onde é que iria ter experiência em gestão se não fosse em Pinhais para chegar em Curitiba e dizer que tenho experiência?”, enfatizou.

Meta do Republicanos para 2020

O deputado federal Aroldo Martins (Republicanos) também compareceu ao evento para dar seu apoio à pré-campanha, lembrando que o partido é pautado em valores como fé, família, democracia, transparência e a mensagem social aos mais desfavorecidos na sociedade. “Firmamos e reafirmamos em nosso manifesto a nossa ideologia fundada em pilares como fé, família, democracia, transparência e a mensagem social aos mais prejudicados e desfavorecidos da sociedade”, disse. O parlamentar complementou que a meta do partido é triplicar o número de vereadores e prefeitos em todo o país, nas eleições de 2020. “Mas, com os pés no chão. Não vamos utilizar o fundo partidário de forma irresponsável”, completou.

Entre outros apoiadores do pré-candidato, estiveram presentes o presidente da Comec (Coordenação da Região Metropolitana), Gilson de Jesus dos Santos; o presidente da Câmara Municipal de Pinhais, vereador Marcinho (PDT); a prefeita de Pinhais, Marli Paulino; a vice-prefeita de Pinhais, Rosa Maria de Jesus Colombo (Republicanos); a prefeita de Rio Branco do Sul, Karime Fayad (PDT); o prefeito de Quatro Barras, Angelo Andreatta (MDB), o “Lara”; o deputado estadual Alexandre Amaro (Republicanos); o prefeito de Piraquara, Marquinhos Tesserolli e o suplente de deputado federal e presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ) no Paraná, pastor Irineu Rodrigues (Republicanos).

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)