Escrito em por

curitiba01

 

Quinze professores da rede municipal de ensino de Curitiba deverão fazer cursos de aprimoramento na Finlândia.

A intenção do intercâmbio entre a cidade e o país nórdico foi reforçada pelo prefeito Rafael Greca, em reunião com o embaixador finlandês, Jouko Leinonen, na quinta-feira, dia 3, no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc).

Após o encontro foi aberta, no foyer do Ippuc, uma exposição com imagens e informações do design aplicado em produtos da indústria finlandesa.

Com, 5,5 milhões de habitantes, a Finlândia é referência em educação no mundo. Conta com altíssimos índices de resultados acadêmicos e de pesquisa.

“É uma vontade minha que professores da nossa cidade conheçam a escola da Finlândia, com foco na qualidade de gestão. Vamos misturar o DNA inovador finlandês com a nossa cidade de ideias”, disse Greca.

A iniciativa integra o processo de formação do corpo docente da rede municipal desenvolvido pelo Departamento de Desenvolvimento Profissional da Secretaria Municipal da Educação. Em agosto do ano passado, a secretária Maria Sílvia Bacila esteve em visita técnica àquele país para apresentar o modelo aplicado em Curitiba em evento na Finland University.

Segundo o prefeito, o fato de os finlandeses aplicarem 6% do PIB em Educação mostra que a vontade de ensinar, combinada com estratégia de ideias e gestão eficiente, são fatores que contribuem para a qualidade do ensino. “Não é só uma condição de dinheiro. Nós colocamos R$ 1,2 bilhão anualmente no sistema de 400 endereços educacionais que Curitiba disponibiliza. Há um horizonte quando se vê que, muito mais do que recursos, a boa educação depende da qualidade de gestão”, completou.

Jouko Leinonen disse que a educação de qualidade permitiu o avanço tecnológico finlandês e uma base sólida de formação.
“Temos engenheiros entre os melhores do mundo. Mas não bastam os engenheiros, avançamos no design, na economia e no comércio”, frisou o embaixador, que é engenheiro industrial por formação, com mestrado em Ciências Políticas, Economia Internacional e Ciência da Computação pela Universidade de Helsinki e História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Leinonen foi convidado por Greca a participar, como palestrante, do Paiol Digital, evento mensal sobre inovação realizado pela Agência Curitiba, como parte do ecossistema de inovação do Vale do Pinhão.

O design finlandês

No encontro com o prefeito, Leinonen destacou o design aplicado em produtos finlandeses e o avanço tecnológico da indústria daquele país nos mais variados campos. Entre eles, citou a Nokia que segundo ele, é uma entre três empresas mundiais mais avançadas em tecnologia 5G.

Na exposição aberta no Ippuc, o design é destacado como um elemento estratégico e chave para o sucesso das empresas finlandesas. São 50 exemplos de segmentos nos quais o design industrial deu importância essencial de valor para o produto.
Entre as curiosidades da exposição está a informação de que Finlândia foi o primeiro país do mundo a publicar um próprio conjunto de emojis com temas nacionais. A coleção de emojis tem 56 exemplares.

O embaixador foi acompanhado na visita pelo cônsul honorário da Finlândia no Paraná, Carlos Eduardo Athayde Guimarães. Também participaram da reunião, o presidente do Ippuc e secretário do Governo Municipal, Luiz Fernando Jamur, o presidente da Cohab, José Lupion Neto, e o assessor de Relações Internacionais da Prefeitura, Rodolpho Zanin Feijó.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)