Escrito em por

curitiba02

 

As 97 instituições de ensino habilitadas a ofertar vagas de Educação Infantil para a Prefeitura acolherão 8.277 curitibinhas, a partir de 2020. O anúncio foi feito pelo prefeito Rafael Greca, na quinta-feira (14/11), na cerimônia de assinatura dos contratos, no Salão Brasil da Prefeitura.

O edital prevê inicialmente 6,4 mil vagas, mas permite aditivo de 25%, ampliando o atendimento.

“Somadas as 45.963 crianças que já acolhemos em CMEIs e escolas, serão 50 mil vagas na Educação Infantil a partir do próximo ano”, disse o prefeito.

“Uma criança bem acolhida será um cidadão bem desenvolvido”, comentou Greca.

A responsável pelo Centro de Educação Infantil Casa da Criança (Cajuru), Maria Rusik, disse que o novo edital permite que a unidade aumente de 115 para 125 o número de crianças atendidas.

“Atendemos quem realmente precisa, famílias do Cajuru, da Vila Autódromo”, contou Maria Rusik.

Já Bernadete Pirkiel, que administra o CEI Vovó Cenira, na Regional Pinheirinho, ressaltou que a unidade continua como contratada “por amor”. “Nosso trabalho é feito com muito amor, temos 106 crianças”, disse Bernadete.

Reajuste de valor

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, afirmou que o edital traz vida nova às ações de atendimento à Educação Infantil da Prefeitura. Ele estabelece reajuste de 77% do valor pago por criança, se comparado a 2016, ano de início do atual contrato.

O montante contempla custos com pessoal, incluindo férias e 13º salário, material de apoio, alimentação, água, luz, entre outros. Esse valor foi estabelecido após ampla análise técnica.

“A partir do próximo ano, a Prefeitura vai investir R$ 8,6 mil por ano para cada criança atendida pelas contratadas, mais que os R$ 4,8 mil pagos em 2016”, pontuou Maria Sílvia.

Além de aumentar o valor pago aos prestadores de serviço, o novo edital veta qualquer cobrança dos pais ou responsáveis pelas crianças atendidas. A prioridade é para famílias em situação de vulnerabilidade e com menor renda.

Na quinta-feira, foram assinados os contratos com os CEIs Paula Amaral, Casa da Criança São José e Jesus Criança. As demais unidades farão a assinatura nos próximos dias.

A unidade Paula Amaral, antiga Tia Paula, foi onde o prefeito estudou quando criança. “Lá fui alfabetizado”, lembrou Greca, ao assinar o contrato ao lado da representante do CEI, Marilene Gonçalves.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)