Escrito em por

piraquara01

 

Na manhã de sábado, 24 de agosto, aproximadamente 1.000 pessoas se reuniram em Piraquara para uma “Caminhada de Combate ao Abuso Infantil e Violência Contra a Mulher”. A ação foi uma iniciativa do Projeto Quebrando o Silêncio, em parceria com o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher (CMDDM) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São José dos Pinhais.

Os participantes se reuniram em frente à Prefeitura Municipal de Piraquara, e seguiram em caminhada pela Avenida Getúlio Vargas até o Parque das Águas Jacob Simião, onde ocorreu a apresentação do grupo “Nosso Amiguinho”, voltado à conscientização das crianças. Durante todo o percurso foram distribuídos materiais informativos e de educação sobre os temas.

A vice-presidente do CMDDM, Ana Paula Jacomel, ressaltou que o Conselho da Mulher vem intensificando a luta pela não violência contra a mulher e enfatizou a relevância da parceria com o Projeto Quebrando o Silêncio. “É uma satisfação imensa, ver todas estas pessoas nesta mobilização para proteger as mulheres e crianças. A mensagem do Conselho da Mulher é “Quem Ama Abraça”, por relações de mais humanidade e mais amor ao próximo”, destacou Ana Paula.

A Secretária de Assistência Social, Rebekka Rinklin Alves, afirma que as crianças e adolescentes devem ouvir e ter a consciência do que é o abuso infantil para pedirem ajuda. “As crianças e adolescentes precisam saber que se enfrentarem uma situação de violência, precisam buscar ajuda de alguém da sua confiança. Entender e transmitir essa mensagem de que a culpa não é sua é fundamental”, afirmou Rebekka.

Para Carla Vilar, Secretária de Educação, este ato diz para a cidade que estamos dispostos a cuidar das crianças e adolescentes, das mulheres e idosos do município, e que esta causa está sendo abraçada pela Educação. “O Projeto Quebrando Silêncio será realizado em todas as escolas da Rede Municipal, atingindo crianças do terceiro ao quarto ano. Queremos também pensar alternativas de como levar o assunto para crianças ainda menores”, relatou Carla.

A advogada Marilene Lopes dos Santos Muzi, uma das organizadoras da caminhada, destacou a importância da mobilização em favor das mulheres. “Estamos trabalhando em vários projetos sociais e a violência doméstica é uma das nossas lutas. As parcerias com o Conselho da Mulher e OAB são muito importantes para as ações que se fortalecem cada dia mais”, informou Marilene.

A Secretária de Saúde, Maristela Zanella, relata que cuidar das mulheres e crianças é um trabalho constante em seu dia a dia. “Atualmente vivemos um momento de ameaças constante às pessoas, principalmente mulheres e crianças. Com este movimento, com a mobilização da comunidade, queremos reforçar as ações da Saúde de forma a prevenir as agressões e sensibilizar a comunidade para este importante tema”, comentou Maristela.

Para Eliane D’Avila, representante da Comissão de Estudos de Violência de Gênero (CEVIGE) da OAB São José dos Pinhais, o número de mulheres na sociedade é maior que dos homens, mas temos menos representatividade. “Queremos mais respeito e direitos humanos iguais a todas as pessoas, mulheres com representatividade, fundamentais para a sociedade, precisamos desta conscientização”, destacou Eliane.

Além de integrantes do Conselho da Mulher de Piraquara, OAB de São José dos Pinhais e participantes do Projeto Quebrando o Silêncio, estiveram presentes o vice-prefeito Josimar Fróes, o Secretário de Desenvolvimento Urbano, Adriano Cordeiro, o vereador Professor Pedro, a Tenente da Polícia Militar, Luci Aparecida Rocha Belão, representantes do Conselho da Criança e Adolescente, membros de 14 Igrejas Adventistas de Piraquara e as fanfarras Desbravadores e Aventureiros, formadas por crianças, jovens e adolescentes.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)