Escrito em por

por Vanessa Martins de Souza

 

Gilberto critica parlamentares em Brasília, que parecem “brincar com o povo” na reforma política

vereador gilberto

O Presidente da Casa, Vereador Gilberto Hartkopf (PT) comentou na tribuna sobre a atuação do Congresso Nacional na reforma política. O Vereador observou que a decisão do Presidente da Câmara Federal, Deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), d e construir um shopping center nas instalações daquela Casa de Leis revela-se uma postura de quem brinca com o povo. “Tenho comentado aqui sobre a decepção que foi essa reforma política no Congresso. A única reforma empreendida pelo Presidente da Câmara, Eduardo Cunha, é a decisão de construir um shopping no Congresso Nacional. Boa parte dos políticos estão brincando com o povo. Quando se trata de fazer uma reforma política para tocar na ferida da classe política, ninguém quer”, observou.

Teto de gastos nas campanhas

O petista acrescentou que, entre os pontos importantes que deveriam passar por mudanças numa reforma política, estaria a colocação de um teto para os gastos por candidato, nas campanhas, por exemplo. “Não teremos essa mudança. Assim como não teremos o fim das coligações nas eleições proporcionais, nem um limite para a reeleição aos cargos do legislativo, como eu defendo, aliás. Enfim, não há interesse dos congressistas em diminuir gastos, diminuir o número de candidatos, o que aconteceria sem as coligações. Os deputados querem manter seus cabos eleitorais, que depois viram candidatos. Sobre o teto máximo de gastos nas campanhas, alegou-se que não haveria como fiscalizar. Quem fiscalizaria? Os próprios candidatos, mutuamente”, colocou.

Limites ao poder econômico nas campanhas

Gilberto complementou que infelizmente a reforma política não aprovou alterações que poderiam barrar o poder do capital nas campanhas, o que seria fundamental para a democracia. “Nas ultimas eleições, tivemos mais de 50% dos candidatos eleitos como representantes das grandes fortunas do país, no Congresso Nacional. Esses congressistas não vão defender os interesses do povo, mas, apenas, os seus grupos econômicos, os grandes empresários, os grandes agropecuaristas, os fazendeiros. O povo fica sem ter quem o defenda, quem o represente no Congresso. Tanto se debateu sobre reforma política e, no final das contas, quase nada mudou. Essa reforma não vai de encontro aos interesses do povo. Que pena”, lamentou.

Eleições 2016

Gilberto ainda confirmou, na tribuna, sua vontade de ser candidato a Prefeito de Pinhais, em 2016. “Não sairei mais candidato a Vereador. Reafirmo que sou contra mais de uma reeleição para o Poder Legislativo. Pretendo ser candidato a Prefeito, nas próximas eleições”, confirmou.

Conferência de Segurança Alimentar

A Prefeitura recebeu elogios do Vereador pelo desempenho destacado na Conferência de Segurança Alimentar, realizada na sexta-feira (12/06) no município. “Pinhais foi o primeiro município do Paraná a contar com um Plano de Segurança Alimentar. Parabéns, à equipe da Prefeitura responsável pelo Plano”, elogiou.

Doações de campanhas

Outro comentário, foi sobre as doações de campanhas por empresas privadas. “O empresário, na verdade, faz um investimento. Não se trata de doação. Ele visa um retorno financeiro do que investiu. Por isso, sou contra as doações privadas. Bem como defendo um teto de gastos nas campanhas, visando igualar a disputa”, defendeu.

 

Airton salienta que recursos para o Velódromo são do Governo Federal e não poderiam ser gastos em outras áreas

vereador airton

O Vereador Airton Ferreira (PSC), nas explicações pessoais, parabenizou o Deputado Estadual Rasca Rodrigues (PV), presente à sessão, por ocasião da votação de projeto de lei onde foi concedido ao parlamentar o Título de Cidadão Honorário de Pinhais. A proposição, assinada por todos os vereadores da Casa, foi aprovada por unanimidade, na sessão desta terça-feira (16/06). “Parabéns, Rasca. Lembro o quanto o senhor trabalhou pela cidade na área de meio ambiente, quando Diretor de Meio Ambiente de Pinhais, na gestão do Luiz Cassiano. Deu oportunidade para que várias empresas regularizassem sua situação perante o Município. Eis, aqui, meus agradecimentos”, enalteceu.

Velódromo

Quanto às obras do Velódromo, e os materiais que estão em Pinhais, Airton destacou que a função do Vereador é fiscalizar quando se trata de dinheiro público sendo investido. “Fui relator do projeto da obra do Velódromo em nosso município. Todo o dinheiro que está sendo gasto vem do Governo Federal e não poderia ser utilizado para outros fins, como alguns falam que deveríamos esse montante em educação e saúde. Este é um dinheiro carimbado. Estamos acompanhando todo o processo da obra, desde o transporte e armazenagem. Hoje, estive como o Ricardo Pinheiro, coordenador da obra, e ele me disse que o projeto conta com um prazo de seis meses para elaboração do projeto.

Depois, há um prazo de mais um ano para término da obra. Acredito que, até o final do ano, a obra seja iniciada, porque o projeto já esta com mais da metade totalizado. Quanto à ferrugem na estrutura metálica, há orçamento previsto na contratação para recuperação por meio de técnicas de jateamento e pintura. Temos de valorizar o que vem para nosso município, e é melhor para nós quando o Governo Federal investe aqui onde moramos e criamos nossos filhos. Não será apenas um Velódromo, mas, sim um Complexo Poliesportivo, uma quadra poliesportiva de 40m por 60m, com salas de ginástica, com melhoramento do campo de futebol, com alambrados e diversas outras melhorias. E ainda será construído o prédio para abrigar a Secretaria de Esportes”, finalizou.

 

Tavinho lamenta falta de entendimento entre as partes, o que poderá acarretar em mais uma greve do transporte público

vereador tavinho

Nas explicações pessoais, o Vereador Tavinho (PT) abordou a prevista greve do transporte público de Curitiba e Região Metropolitana, para a próxima semana. “Pelo visto, teremos outra greve do transporte público, dos motoristas. O Sindimoc, a Setran e a Urbs não chegaram a um acordo. Os ônibus já apresentaram mais de uma hora de atraso, hoje, pela manhã. Novamente, a população será prejudicada pelo impasse entre a s partes. Tem faltado entendimento, diálogo, para pôr fim a esse impasse. Enquanto isso, o povo é quem sofre”, lamentou.

Liberado financiamento do Fies com novas regras

A notícia de que o Governo Federal liberou financiamento pelo Fies a partir de 116 mil bolsas de estudos para alunos que fizeram o ENEM 2014, foi comemorada pelo parlamentar. “Tivemos uma boa notícia. Os financiamentos foram liberados para mais de 116 mil bolsistas. Agora, com novas regras: apenas para quem tem renda familiar de até um salário mínimo e meio. Não sei quanto o Paraná deverá receber. Mas acredito que algumas milhares de bolsas deverão vir para cá”, informou.

Plano Nacional de Educação

Sobre o Plano Nacional de Educação, aprovado no Congresso Nacional, em 2014, o petista lembrou que ao autor do referido plano foi o então Deputado Federal Ângelo Vanhoni, colega de partido. “Esse Plano é muito importante. Estabelece as diretrizes para a educação. Nosso Plano Municipal de Educação baseia-se nas diretrizes do Plano Nacional. O Vanhoni, inclusive, foi homenageado na sessão em plenário da terça-feira passada, da Câmara de Piraquara, por ter apresentado e obtido a aprovação desse Plano”, lembrou.

 

Márcia Ferreira critica falta de profundidade na Reforma Política

vereadora marcia

A votação, no Congresso Nacional, das cotas para mulheres, foi vista com apreensão pela peemedebista. “Tem sido realmente decepcionante essa reforma política. O projeto das cotas para mulheres está sendo votado neste momento, porém com muita dificuldade para ser aprovado, infelizmente. Seria uma oportunidade de ampliar a participação feminina na política, de aumentar a representatividade da mulher no Poder Legislativo. No Congresso Nacional, só há 51 mulheres entre as 513 vagas para deputados na Câmara Federal. Sendo que o Paraná conta apenas com duas deputadas federais. Na Assembleia Legislativa temos 4 deputadas para 54 vagas. São números extremamente ruins para um estado onde as mulheres são maioria entre os eleitores, com um percentual é de 51,87% dos votos. Uma maior participação das mulheres nas cadeiras poderia contribuir para a moralização na política e para o fortalecimento da nossa democracia.

A sociedade foi enganada nessa reforma política. Trabalhamos por uma reforma que contemple as minorias, e desenvolva meios efetivos de combater a corrupção. Poderíamos ter mostrado para outros países que nosso país está sendo moralizado, mas, infelizmente, não aconteceu. Fiquei triste e decepcionada com o conteúdo aprovado, acredito que precisamos de uma reforma profunda, e essa proposta, que aí está, não irá resolver os maiores problemas que nossa democracia vem enfrentando como a falta de representatividade das mulheres, o peso do capital nas campanhas políticas, o combate a corrupção dentre outros problemas que tem violado nossa democracia representativa”, lamentou.

Plano Municipal de Educação

A Vereadora ainda mencionou a votação do Plano Municipal de Educação, aprovado por unanimidade, em primeira discussão, em plenário, nesta terça-feira (16/06). “Hoje, a Prefeitura nos trouxe o Plano Municipal de Educação, muito bem elaborado, para votarmos em plenário. É um plano decenal, previsto para dez anos. O plano de Pinhais está acima da expectativa dos municípios vizinhos, tem um amplo diagnostico, tem metas e objetivos claros. Foi um plano escrito por muitas mãos e muito bem elaborado. É nisso que acredito, na educação pública feita de forma correta, que uma ferramenta prepare nossos jovens para o futuro e transforme as pessoas em pessoas melhores. Parabéns ao Conselho, a Comissão e os Servidores da Secretaria de Educação pelo trabalho na elaboração do plano.

Dia Municipal de Combate à Violência Contra a Pessoa Idosa

O Dia Municipal de Combate à Violência Contra a Pessoa Idosa (13/06), lei de autoria da Vereadora, foi lembrado na tribuna. “É uma lei de minha autoria e tem como objetivo, combate todas as formas de violência contra a pessoa idosa. Ainda há muitos casos no Estado do Paraná de violência contra a pessoa idosa e precisamos combater esse crime”, pontuou.

Aniversário do Grupo Fênix

A vereadora comentou o baile de aniversario organizado pelo Grupo Fênix, grupo de Peões e Prendas da meia e melhor idade do Município de Pinhais. Márcia disse ter orgulho em ser madrinha do grupo e agradeceu os colaboradores, “é um orgulho e uma grande felicidade ser madrinha desse grupo e poder comemorar, ao lado da família, amigos e de pessoas maravilhosas o aniversário de um ano do Grupo. Este grupo, que está cada vez maior e que desempenha um papel social e cultural em nossa cidade, proporcionando lazer e acesso à cultura para as senhoras e senhores da meia e da melhor idade, fortalecendo o vínculo familiar e promovendo uma melhor qualidade de vida paras as pessoas. O desfile estava lindo e o baile maravilhoso. Muito obrigada e parabéns as prendas e peões, a Dona Cida e Seu José Silva pela beleza e organização do evento” elogiou.

Título de Cidadão Honorário para o Deputado Rasca

“Serei favorável ao Título de Cidadão Honorário ao Deputado Rasca Rodrigues, que, com toda certeza, é merecedor de nossa maior honraria. Não só pelo trabalho em prol do Município de Pinhais, que ele vem realizando como Deputado ou pelo trabalho que realizou como Secretário Estadual do Meio Ambiente e Presidente do IAP, mas pelo trabalho que realizou como servidor do nosso município”, argumentou.

Assalto no Bairro Maria Antonieta

Marcia Ferreira pediu maior segurança e lamentou o assaltou acontecido na última sexta-feira, no bairro Maria Antonieta “Na sexta-feira passada, tivemos um assalto em um estabelecimento comercial no Bairro Maria Antonieta onde a proprietária foi baleada e se encontra no hospital. A Karin é uma grande amiga, uma comerciante, trabalhadora, protetora de animais e engajada em causas sociais. Precisamos de mais segurança, de um maior efeito de policiais civis e militares e mais estrutura para a polícia combater o crime em nossa cidade, e principalmente no nosso Bairro Maria Antonieta” argumentou.

 

Silvio Star anuncia que fusão entre PPS e PSB não deverá acontecer em 2015

vereador silvio

Na sessão desta terça-feira (16/06), O Vereador Silvio Star (PPS) informou, em seu discurso na tribuna, que a fusão de seu partido com o PSB não deverá se confirmar. Pelo menos, não em 2015. “Eu, e os vereadores Binga e Joãozinho Ribeiro comentamos aqui na tribuna sobre a possível fusão de nossos partidos. Porém, tivemos a notícia de que houve algumas mudanças de planos e que a fusão não será efetivada neste ano. A decisão veio do Presidente Nacional do PPS, Roberto Freire e repassada pelo Presidente Estadual da sigla, Deputado Federal Rubens Bueno. Para 2016, essa possibilidade será discutida, provavelmente. Então, para as eleições de 2016, o cenário mantém-se como está. Ou seja, PPS e PSB serão mantidos como estão”, revelou.

Ação rápida e eficaz da PM durante assalto no Maria Antonieta

O Vereador ainda parabenizou ao Capitão Mendes, da PM de Pinhais, pela atuação dos policiais durante um assalto na Vila Maria Antonieta, na sexta-feira (12/06). “Foi uma ação rápida e eficaz da PM, culminando na prisão de dois dos três envolvidos no assalto a uma casa de jogos. Os assaltantes, inclusive, balearam a proprietária da casa. Os dois apreendidos pela polícia são menores de idade. Infelizmente, ser dono de comércio está bastante arriscado, temos de sobreviver da melhor forma possível. Parabéns à PM por cumprir seu papel da melhor forma possível”, elogiou.

Dragagem dos rios

Nas explicações pessoais, Silvio justificou seu voto favorável ao processo 563/15, enviado à Casa pelo Poder Executivo, para votação em plenário, nesta terça. A proposição trata da transferência de recursos de ações de outras áreas da administração, propostas por emendas parlamentares, para obras de prevenção a enchentes. “Lamentei a decisão da Prefeitura de transferir recursos de obras e ações propostas por emendas parlamentares, mas, sabemos que a prioridade, no momento, são as obras de drenagem dos rios. Em agosto, votaremos a Lei de Diretrizes Orçamentárias e espero que as minhas emendas sejam viabilizadas em 2016”, justificou.

Missa do Bispo-Auxiliar de Curitiba na Paróquia São José Operário

O Vereador parabenizou ao Bispo Auxiliar de Curitiba, Dom José Mário Scalon Fragonese, pela celebração da missa na Paróquia São José Operário, no último dia 14 de junho. “Foi uma celebração para mais de 91 crismandos na Paróquia. Meus parabéns aos crismandos e agradecimentos ao Bispo por conduzir a bonita missa”, congratulou.

Fies

O parlamentar lamentou, ao despedir-se na tribuna, o encerramento do convênio do Fies, programa do Governo Federal, com faculdades do estado. “O convênio foi cancelado porque o repasse está aquém do prometido. Os alunos terão de esperar até o ano que vem, na expectativa de que sejam ampliados os recursos. É uma perda para a educação do país. O Governo Federal, apesar de estar acertando em alguns pontos, tem deixado a desejar em relação à educação”, pontuou.

 

Joãozinho diz que não foi ouvido em matéria de blog e que tem provas de todas as denúncias contra Leonildo

vereador joaozinho

O Vereador Joãozinho Ribeiro (PSB) usou a tribuna para fazer uma crítica a um blog, de grande repercussão na cidade, que, em matéria veiculada recentemente, referiu-se a uma decisão judicial que teria proibido o Vereador de fazer ataques e denúncias contra o Vereador Leonildo Sandri (PRB). Joãozinho referiu-se diretamente ao responsável pelo blog. “Admiro o trabalho realizado pelo blog. Mas, desta vez, vocês pisaram na bola. Ética em jornalismo é ouvir os dois lados. Vocês não me ouviram antes de publicar a matéria. Espero que me ouçam, agora”, disse.

Joãozinho também dirigiu-se ao Vereador Leonildo Sandri (PRB). “Vou te ensinar a trabalhar, Vereador. É preciso que saiba que, no Regimento Interno da Câmara, na Constituição Federal e na Lei Orgânica do Município, é prerrogativa do parlamentar denunciar o que encontra de errado. O senhor parece que não aprendeu, ainda. Não tenho medo do senhor. O senhor anda ventilando a suposta informação de que o Juiz teria me proibido de fazer calúnias e difamação contra o senhor. Mas, ele não me proibiu de falar a verdade. Quando falei tudo o que sabia sobre o senhor, quando denunciei, eu trouxe provas. O senhor deu uma declaração ao Fórum Eleitoral de que não teria nenhum bem. Mas, o senhor é proprietário de fazendas, possui uma frota de veículos, inclusive, mencionou esses bens na tribuna desta Casa. O senhor está mentindo para o povo ou para a Justiça Eleitoral. Ao Ministério Público, o senhor terá de se explicar. O senhor está brincando com o povo. O juiz ganhou uma liminar, sim, proibindo-me de falar. Contudo, há um parecer do Ministério Público sobre o terreno público que o senhor apropriou-se, ilegalmente. Se o senhor quiser ir à Justiça contra mim, fique à vontade. Pois, nunca menti a seu respeito aqui na tribuna”, defendeu-se.

“Poder Judiciário não pode interferir na atividade parlamentar”

Nas explicações pessoais, o Vereador continuou sua defesa das acusações de Leonildo Sandri. “A Comissão de Ética foi instalada nesta Casa para apurar as denúncias contra mim. Até agora, não encontraram provas contra mim. O senhor, Vereador Leonildo, disse que me viu na cidade, na terça passada. O senhor viu fantasma. A quem acusa cabe o ônus da prova. Sua denúncia deve ser endereçada à Comissão de Ética. O senhor terá de apresentar provas, conforme determina a Constituição Federal. O senhor está passando por cima da Justiça.

Quer dizer que o senhor já bloqueou a minha conta? Parabéns, que poder hein? O senhor precisa lembrar que temos três poderes constituídos e um não pode interferir no outro. Temos as comissões. Tenho imunidade parlamentar para falar o que eu quiser. O Poder Judiciário não pode me cercear aqui na tribuna. Não pode interferir nas atividades do Poder Legislativo. Pelo jeito, os seus advogados não lhe explicaram isso. Só estão comendo seu dinheiro. Estive em Itajaí, sim, fazendo curso. E percebi que estava sendo seguido. Fui jantar em Balneário Camboriú e percebi que havia gente me seguindo. Quanto à família simples da beira do rio, o senhor deveria estar preocupado com o povo, ao invés de se preocupar com vereador. Ando com muita honra ao lado de pessoas da beira do rio, pessoas que me elegeram, pessoas idôneas que eu respeito. Fica a dica”, declarou.

 

“Fui vítima de erro da Prefeitura na compra de terreno e quero ressarcimento dos danos”, defende-se Leonildo

vereador leonildo

O Vereador Leonildo Sandri, por sua vez, foi à tribuna para defender-se das acusações do Vereador Joãozinho Ribeiro (PSB). “Sobre o terreno que o Joãozinho me acusa de ter me apropriado ilegalmente, o Secretário de Governo, Lukala, está a par de tudo. Ele sabe que o comprei e o quitei. Estou recorrendo à Justiça, porque fui envolvido, sem saber, em erros da Prefeitura, à época da compra. Quero ser ressarcido pelos danos”, colocou.

“Joaõzinho descumpre ordem judicial e terá de pagar multa”

Leonildo confirmou a medida liminar ganha na justiça proibindo o Vereador Joãozinho Ribeiro de lhe fazer acusações. “Tenho a decisão judicial em mãos. Joãozinho mentiu. O juiz só me deu essa liminar com base em provas. E há uma multa para o Vereador Joãozinho, que terá seu salário bloqueado para o pagamento. Pois, está descumprindo ordem judicial. O senhor (Joãozinho Ribeiro) foi condenado em 18 de dezembro passado e, até o momento, não conseguiu derrubar essa liminar. Isso demonstra que o Vereador não tem razão”, defendeu-se.

“Vereador recebeu diárias, mas não foi a curso em Itajaí”

Leonildo referiu-se ao uso de novas diárias para um curso supostamente feito pelo Vereador Joãozinho, na semana passada, na cidade de Itajaí, em Santa Catarina. “O senhor (Joãozinho Ribeiro) pegou diárias da Câmara novamente para um curso. Mas, pelo jeito, não compareceu. Pois, no dia do curso, eu vi o senhor aqui em Pinhais, por volta das 22 horas, quando voltava de Piraquara, na terça passada. Vi o senhor na cidade, circulando pela rua, sendo que havia declarado que nesta data estaria num curso em Itajaí”, denunciou.

Tentativa de suborno a morador da beira do rio

Leonildo ainda fez outras acusações contra Joãozinho. Disse que o parlamentar responde a uma ação judicial contra o PSB. E ainda afirmou que recebeu uma denúncia, por carta, de uma família de moradores de Pinhais, em bairro às margens do rio, tratando de uma suposta tentativa de suborno por parte de Joãozinho Ribeiro. “Uma carta foi enviada a uma ex-funcionária de meu gabinete, de autoria de um morador do município. Esse munícipe, de família muito humilde, contou que teria recebido a proposta de ganhar um cargo na Prefeitura em troca de gravar em vídeo calúnias e mentiras contra mim. A família não aceitou felizmente. E decidiu me contar”, revelou.

Ao finalizar, o Vereador deixou uma questão para reflexão. “O Joãozinho não tem educação. Ele diz calunia e mente. Vejam a postura de um dito representante do povo. Mas pergunto: por que estão tão preocupados comigo? Por que querem tanto me difamar, me atacar? Será por que meu nome aparece bem colocado nas pesquisas de intenção de voto para Prefeito de Pinhais?”, questionou.

Nas explicações pessoais, Leonildo rebateu as críticas de Joãozinho na tribuna, lembrando que a função do Vereador é fiscalizar o dinheiro público. “Não estou fiscalizando a vida do vereador, estou fiscalizando os gastos com dinheiro público. O senhor que trouxesse nota fiscal do curso que fez em Itajaí. Essa seria a prova de que fez, mesmo, o curso. O diploma é feito em Pinhais. É muito fácil, assim, receber diárias para um suposto curso. É preciso mudar essa facilidade que temos na Casa, para obtenção de diárias, pelo Regimento Interno”, rebateu.

 

Binga destaca que limites à reeleição não trariam, necessariamente, mais qualidade aos mandatos

vereador binga

O Vereador Binga (PPS) lamentou, ao discursar na tribuna, as desavenças entre os vereadores Leonildo Sandri (PRB) e Joãozinho Ribeiro (PSB). “Encaro com tristeza essas desavenças entre os dois colegas vereadores. Não há como me calar, silenciar sobre essa briga. Lamento essa situação”, desabafou.

O Vereador agradeceu ao apoio que tem recebido do Prefeito Luizão, bem como do Secretário de Desenvolvimento Econômico, José Zeitel. Discursou, ainda, sobre o fim da reeleição para o Poder Legislativo, defendido pelo Presidente da Casa, Vereador Gilberto do PT. “Não penso como o Vereador Gilberto, que defende a limitação no número de mandatos para vereadores, deputados, senadores. Tentarei ser reeleito vereador quantas vezes for possível. Desde que o eleitor vote em mim. Isso é democracia. É a vontade do povo manifestada na hora do voto. Defende-se a renovação nos parlamento. Aliás, é a justificativa do Vereador Gilberto. Porém, renovação não quer dizer necessariamente mais qualidade. Inclusive, votei duas vezes no Vereador Gilberto à Presidência desta Casa. O povo tem votado em mim, por cinco mandatos consecutivos. É direito do povo optar pela continuidade, pela permanência de um parlamentar na cadeira que ocupa. A vontade do povo também estaria melhor expressa se o ‘distritão’, o voto distrital, fosse aprovado na reforma política. Eu apoio o ‘distritão’, mas, infelizmente, não foi aprovado”, pontuou.

Redução da maioridade penal
Outro tema opinado pelo Vereador foi sobre a redução da maioridade penal, projeto que tramita no Congresso Nacional. “Quero ser parcial nessa questão. Vejamos os custos de manter um preso numa penitenciária e os custos de manter um aluno numa escola. Sabemos que as penitenciárias no Brasil não recuperam os presos. Pelo contrário. O que precisamos é valorizar cada vez mais os professores, a educação para todos. A única forma de melhorar essa situação da criminalidade praticada por menores é investir em educação. Sei das dificuldades desta cidade, com esta crise no país. Mas defendo a ampliação das escolas em tempo integral. É a única maneira de melhorar as condições sociais no pais e garantir um bom futuro aos menores de idade. Estudei pouco e sei da importância de uma boa formação escolar. Gostaria de ter podido estudar mais. Tornar-me um ser humano melhor. Cadeia para menor de idade, enfim, não resolve nada”, opinou.

Título de Cidadão Honorário ao Deputado Rasca Rodrigues

Ao concluir, Binga elogiou o Deputado Estadual Rasca Rodrigues (PV), que deverá receber Título de Cidadão Honorário da Câmara de Pinhais, em projeto de lei aprovado por unanimidade pela Casa, nesta sessão. A proposição é de autoria da Vereadora Jane Carteira e foi assinada por todos os vereadores. “Elogio o Rasca pelo ser humano que é. É uma das melhores pessoas que já conheci. É um homem de ética, de decência, um político que não se vende por favores, por cargos. Espero que continue assim”, valorizou.

 

Vereador Professor Demetrio se diz contrário ao financiamento de campanhas por empresas privadas

vereador demetrio

Tema bastante discutido nos últimos dias dentro da Reforma Política, o financiamento de campanhas por empresas privadas, aprovado recentemente no Congresso Nacional, foi levado à tribuna pelo Vereador Demetrio César Tonon. Em seu discurso, o vereador do PP questionou as supostas intenções desses doadores. Na oportunidade, como exemplo, Demetrio chegou a citar o nome de Marli Paulino, que em 2014 disputou uma vaga na Assembléia Legislativa do Paraná e contou com o apoio de algumas empresas. “Será que essas empresas, que ajudam no financiamento de campanhas não querem nada em troca? Eis aqui, um verdadeiro exemplo de altruísmo”, considerou o parlamentar.

 

Notícias de Gabinete

Jane Carteira homenageia deputado Rasca Rodrigues com o Título de Cidadão Honorário

camara07

Na ultima sessão (16), Jane homenageou o Dep. Rasca Rodrigues com a maior honraria do município, o Título de Cidadão Honorário. Segundo Jane, Rasca prestou ótimos serviços a Pinhais quando foi Diretor da Secretaria do Meio Ambiente, em 2001. “Quero pedir o voto favorável de todos os vereadores desta Casa. Tenho a certeza que nosso homenageado contribuiu muito para o crescimento da nossa cidade. Venho acompanhando de perto os trabalhos do Rasca. Fui a fundo buscar conhecimento da sua contribuição para Pinhais e fiquei muito feliz em saber que ele contribuiu com a construção do Complexo Cerimonial de Pinhais, deu um grande apoio na compra do terreno da Praça de Skate do Perneta, plantou mais de 10 mil arvores em vários bairros da cidade, viabilizou a documentação de alguns equipamentos públicos, dentre eles a fábrica de manilha e a usina de asfalto. Também teve sua contribuição na duplicação da Rodovia João Leopoldo Jacomel. Tenho certeza que ele é merecedor dessa honraria”, disse a Vereadora.

Congratulações ao Grupo Fênix e o Time União Vargem Grande

“Quero parabenizar o grupo Fênix e o pessoal da Sra. Cida e o Sr. Jose pela organização e uma linda apresentação. As atividades realizadas estão fazendo muito bem a terceira idade. Parabenizo também ao time União Vargem Grande, que se classificou para as finais do campeonato da Liga de Pinhais, com muita disciplina, amizade e força de vontade. Desejo muito sucesso no próximo jogo”, congratulou.

Capela Mortuária para o bairro Weissópolis

Segundo a parlamentar, ela foi procurada por moradores do Weissópolis que solicitaram a construção de uma capela mortuária no bairro. “Quero, aqui, deixar o pessoal da região despreocupado. O Prefeito Luizão já teve esta mesma preocupação e em breve irá realizar a obra”, disse.

Guarda Municipal e PM

“Quero agradecer a Guarda Municipal e a PM pelo excelente trabalho realizado no nosso município, principalmente as rondas frequentes nos bairros”, lembrou Jane.

Ao finalizar, Jane Carteira agradeceu a todos os munícipes que a recebem em suas casas, de braços abertos. “Fico feliz por esse aconchego recebido por parte de vocês. Amizade é tudo, é essencial. Por isso que estou onde estou, devido aos amigos sinceros, que acreditam que eu sou uma pessoa é igual a eles, que luta pela necessidade do ser humano. Meu gabinete estará sempre de portas abertas para a população pinhaiense”, finalizou.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)