Escrito em por

por Vanessa M. de Souza

Presidente da Casa critica manipulação da imprensa durante greve dos professores

vereador gilberto

 

O fim da greve dos professores da rede estadual de ensino foi o assunto abordado no discurso do Presidente da Casa, Vereador Gilberto Hartkopf (PT). “Felizmente, findou-se a greve dos professores. Mas, infelizmente, não da melhor forma. As reivindicações foram pouco atendidas, quase nada. Os pais já estavam agoniados com a falta das aulas e sendo manipulados pela imprensa, que vinha se posicionando a favor do governo. Foi uma drástica mudança de postura da imprensa. Havia elogiado a imprensa, no início. Mas, de uma hora para outra, a imprensa começou a posicionar-se favoravelmente ao governo. Acredito que essa mudança drástica deve ser porque o governo começou a cumprir com as metas financeiras que a imprensa tanto cobra“, disse.

Entrevista de Beto Richa a Joice Hasselmann

O parlamentar ainda comentou sobre uma entrevista do Governador Beto Richa (PSDB) concedida à jornalista Joice Hasselmann, da revista Veja. “Na matéria anterior, a Joice criticava duramente o governador e, ontem, na entrevista da Veja, mudou o tom. Viu-se o descaramento do governador, dizendo que a culpa foi dos black blocs, no dia 29. O pior de tudo foi ele dizer que o que acontece no Paraná é culpa do PT. O PSDB ficou quatro anos no poder, já está no quinto ano e a culpa é do PT. Assim, é fácil. A presidente Dilma, então, deveria culpar o PSDB? Ora, a gestão é do Beto há mais de quatro anos.

Quanto às falcatruas na Receita Estadual, o Beto diz que já acontecem há muito tempo, antes de seu governo. Pois, é o mesmo que acontece com a corrupção na Petrobrás. Já vem de muito tempo. Em relação a esses casos de corrupção, é preciso barrar, sanar, investigar e punir. Queremos também que todo o dinheiro desviado seja devolvido. Que haja as devidas punições, prisões, que a justiça seja feita. Queremos justiça neste país, não só para os criminosos comuns, mas para os criminosos do colarinho branco”, concluiu.

 

“Reforma política foi ridícula”, avalia Vereador Binga

vereador binga

O Vereador Binga (PPS) revelou, nas explicações pessoais, sua indignação com a reforma política aprovada no Congresso Nacional, nos últimos dias. “Sobre a reforma política, o que tenho a dizer é que foi ridícula, simplesmente ridícula. O quanto falaram, o quanto se reuniram os parlamentares, o quanto discursaram e prometeram em campanha? Para nada. Ficou quase tudo na mesma. Se estamos numa democracia, essa reforma teria de ser feita com a opinião de quem vota, de quem elege os representantes do povo. Ou seja, a população teria de participar, expressar sua vontade. Por exemplo, defendo eleições majoritárias para o Legislativo. Quem recebe mais voto deveria ser eleito. O mandato deveria pertencer aos mais votados. Essa é a vontade maciça do povo, já expressa pela população, inclusive”, criticou.

Fechamento do HSBC

Sobre o anúncio da saída o banco HSBC do país, Binga disse que acredita na possibilidade de incorporação por outros bancos, sem grandes prejuízos ao país. “Provavelmente, outros bancos deverão incorporar as operações do HSBC no Brasil. Fala-se em 250 mil desempregados. Mas funcionários e clientes costumam ser mantidos nessas incorporações por outros bancos. Esse encerramento das atividades do HSBC no Brasil é uma demonstração de quantas anda a economia mundial, com essa crise”, afirmou.

Fim da greve

O fim da greve dos professores foi outra colocação do Vereador. “Os professores voltam às aulas sabendo que merecem mais. O movimento tem legitimidade. Porém, sabemos que o problema nas finanças vem desde o governo federal, passando pelo estadual e o municipal. A gente costuma enxergar só o que é conveniente. Mas, o problema de caixa é um problema do país e não é ludibriando a população que vamos esconder”, disse.

 

Silvio parabeniza partes por acordo que levou ao fim da greve dos professores

vereador silvio

O Vereador Silvio Star (PPS), nas explicações pessoais, também expressou suas considerações sobre o fim da greve dos professores da rede estadual. “Falar do desgoverno estadual, pedir impeachment, é muito fácil. Difícil é defender a Presidente Dilma. O Vice Michel Temer. Olhem o país como está, a situação que estamos passando. Falar é fácil, mas é preciso pensar antes de falar. Parabenizo ao Governo Estadual, pela decisão de, após 44 dias de greve e intensa negociações, chegarem a um acordo e por não descontar o salário dos professores, nesse período. Ressalto a coerência das duas partes, Governo do Estado e professores, cerca de 70% da categoria, pela decisão de encerrar a greve. Dos 29 núcleos, 23 decidiram pela suspensão da greve. Quem ganhou são os estudantes, a educação d o Paraná, que representa o avanço no país. A preocupação agora é com a reposição das aulas, de todo o conteúdo. Espero que este conteúdo não seja transformado em trabalhos resumidos de pesquisa”, analisou.

Votação em plenário do Plano Municipal de Educação

Por fim, Silvio parabenizou a Secretaria Municipal de Educação pela elaboração do Plano Municipal de Educação, que, até o prazo de 24 de junho, deverá ser aprovado pela Casa. “Parabéns, Secretária Andréa Francischini, pela explanação feita aqui sobre o Plano. A expectativa é que as comissões desta Casa estejam avaliando bem o Plano a ser votado em plenário e que estabelece as diretrizes para a educação nos próximos dez anos”, salientou.

Festa de Casamento

Na quinta-feira, 04 de junho, o Vereador Silvio Star, juntamente com sua família, esteve presente no casamento dos noivos Janaina e Felipe Simões, realizado no Castello Reale, na região de Colombo.

O casal, que já estava em compromisso há mais de seis anos, trocou votos na presença de mais de 150 seletos convidados e parentes, em uma bela cerimônia com muita emoção. “Parabéns aos recém-casados, que esta união seja abençoada, e que o amor e a paz reinem sempre”, desejou Silvio.

 

Osvaldo da Igreja agradece por obras de dragagem e defende manutenção da maioridade penal

vereador oswaldo

O Vereador Osvaldo da Igreja (PT) foi à tribuna, nas explicações pessoais, para agradecer à Prefeitura pelas obras recentes de dragagem dos rios, a fim de combater os alagamentos no município. “Obrigado por mais essa obra, Prefeitura”, agradeceu.

O petista também opinou rapidamente sobre o Governo Beto Richa, enfatizando que não costuma fazer críticas a governantes, mas que a situação com os professores revela descontrole de gastos. “Houve erros de cálculo nas finanças do estado. O Governo gastou demais. Houve um descontrole de gastos e agora falta dinheiro para pagar os professores”, avaliou.

Iniciadas obras da Delegacia da Mulher

O início da construção da Delegacia da Mulher, em Pinhais, obra do Governo do Estado, foi destacada pelo petista. “Nossa Delegacia da Mulher começou a ser construída. Sobre segurança pública, há uma grande preocupação no país com o número de presos. Não há cadeia, não há presídios que possam dar conta de tudo. Por isso, devemos insistir na prevenção à criminalidade. Nosso sistema penitenciário abriga mais de 600 mil presos. Debate-se, atualmente, o projeto de lei no Congresso Nacional para redução da maioridade penal. Mas, se for aprovado, onde colocaremos esses presos, menores de idade? Devemos focar na prevenção ao crime, investindo em palestras, conscientização, trabalhos comunitários. É o melhor caminho”, defendeu.

Festa Junina da Paróquia Nossa Senhora da Luz

Ao final, convidou a população para participar da Festa Junina da Paróquia Nossa Senhora da Luz, nos dias 12, 13 e 14 de junho próximos. “Será uma grande festa, entre as mais tradicionais de Pinhais. Estão todos convidados”, convidou.

 

Tavinho afirma que balanço da greve dos professores foi positivo

vereador tavinho

Nas explicações pessoais, o Vereador Tavinho (PT) teceu alguns comentários sobre o fim da greve dos professores da rede estadual de ensino. “Não conseguimos o atendimento de todas as reivindicações, mas, pelo, menos, alguns direito foram mantidos. Acredito que o balanço da greve está de bom tamanho. Só lamento o fato de os professores não serem mais valorizados pelo governador. Por outro lado, a volta às aulas era necessária. Os pais e as crianças já estavam sentindo falta”, avaliou.

Anúncio da saída do banco HSBC do país

O petista destacou, também, a notícia de que o banco HSBC deverá deixar de operar no país, gerando a previsão de cerca de 20 mil demissões. “É uma notícia triste. Prevê-se cerca de 20 mil demissões em todo o país. Só em Curitiba, onde fica a sede nacional do banco, haverá a perda de R$ 80 milhões ao ano, em arrecadação de ISS, com a saída do banco. Uma arrecadação desse porte fará muita falta. Esse encerramento das atividades do banco é resultado da crise mundial do mercado. A Argentina, por exemplo, fez uma greve geral, hoje. O Brasil precisa ser colocado nos trilhos e retomar o crescimento, os níveis de investimento. Não é fechando empresas, demitindo, que vamos avançar. É preciso incentivo do governo às empresas. O governo está errando nesse aspecto”, considerou.

Plano Municipal de Educação

O Plano Municipal de Educação, apresentado recentemente pelo município, foi outro comentário do petista. Tavinho agradeceu à Secretária Municipal de Educação pela explanação sobre o Plano. “Agradeço à Secretária Andréa Francischini pela ótima explanação aos vereadores sobre o Plano Municipal de Educação. Pudemos entender, conhecer como foi elaborado o Plano, quais suas propostas, os investimentos em ampliação no número de vagas nas escolas e creches, as melhorias em qualidade na educação, enfim, Pinhais está cumprindo as metas para a educação e antenada, em todos os sentidos, no que se refere à área de educação. Parabéns, Pinhais, parabéns à Secretaria”, elogiou.

 

Vereador Airton lamenta desrespeito aos símbolos do Cristianismo na Parada Gay

vereador airton

O Vereador Airton Ferreira (PSC) expressou seu descontentamento com a postura dos manifestantes na Parada Gay, realizada no domingo (07/06), em São Paulo. “Gostaria de expressar meu lamento com algumas coisas que aconteceram na Parada Gay, deste domingo. Acredito que a manifestação ultrapassou um pouquinho dos limites. Viu-se manifestantes disseminando a intolerância religiosa, o desrespeito à liberdade religiosa. Feriram preceitos constitucionais e o Código Penal, desrespeitando símbolos religiosos, a exemplo do tapa-sexo feito com a cruz, e um travesti crucificado. Foi um escárnio às imagens sagradas do catolicismo e evangélicos. Há um senador que fez uma queixa-crime , abrindo um inquérito contra a organização do evento. E ainda, para piorar, usaram dinheiro da Petrobrás, da Caixa Econômica e da Prefeitura de São Paulo para patrocinarem a Parada Gay. Se fosse um movimento evangélico onde tivessem queimado, por exemplo, a bandeira dos LGBTs, seria uma afronta. Haveria uma repercussão nacional e estariam conclamando a todos pelo ato homofóbico praticado. Na “Marcha pra Jesus”, um movimento ordeiro e pacífico em defesa da família tradicional, não houve patrocínio público. O movimento pediu o fim da corrupção, medidas contra o desemprego, pediram paz e harmonia. Foi uma marcha sem ofensas a ninguém, temos que rever conceitos. Em todos os movimentos populares, há radicais, mas devemos ter respeito ao próximo. Temos que exigir providências de nossas autoridades, para que esses movimentos não sejam financiados com dinheiro público, e maior comprometimento dos organizadores a serem responsabilizados por atos que ofendam as religiões e etnias”, colocou.

Isenção de IPTU para todos os templos religiosos

O Vereador também discorreu brevemente sobre o projeto que prevê isenção d e IPTU para templos religiosos, aprovado pela Casa, na sessão anterior, em segunda discussão. “Destaco que a isenção dos impostos vale para todos os templos religiosos, não apenas para igrejas evangélicas. Não estamos discriminando as religiões ou fazendo acepção. O projeto é constitucional, estando em conformidade com o Código Tributário Nacional e a Constituição Federal, também”, esclareceu.

Reforma política

Nas explicações pessoais, Airton fez algumas observações sobre a reforma política, fizeram bastante alarde, mas o que foi aprovado no Congresso Nacional não mudou em quase nada o cenário atual. “Tem muitas pessoas gostando dos resultados dessa reforma política. As coligações partidárias, se tivessem seu fim aprovado, desagradaria aos partidos pequenos e muitos partidos acabariam”, observou.

Bancada do PSC na Alep e Ratinho Jr.
A posição do PSC na Assembléia Legislativa do Paraná, em relação à greve dos professores, foi defendida pelo parlamentar. “Na sessão passada desta casa, a bancada do PSC na Assembléia foi criticada, porque alguns votaram com o governo. O líder da bancada deixou bem clara a posição de independência dos parlamentares, sendo que alguns foram com o governo e outros deputados do partido votaram a favor. Hoje o Ratinho Junior está como Secretário de Desenvolvimento Urbano e por isso ele é muito criticado, muitos falando que só pensa em obras. Esta secretaria tem dinheiro porque recebe financiamentos de bancos internacionais para a área de desenvolvimento e saneamento e também verbas do governo Federal e assim as obras estão sendo feitas. Podem criticar, mas as obras estão saindo e são obras em todo estado que só beneficiam a população das cidades de nosso Estado. Quem é vidraça, costuma levar pedrada mesmo, é comum”, defendeu.

Obras na Rodovia João Leopoldo Jacomel

O Vereador acrescentou que as obras na Rodovia João Leopoldo Jacomel, por exemplo, só estão sendo viabilizadas no Governo Beto Richa. “Quantos governadores passaram e não fizeram nada em relação a esta rodovia? A duplicação foi iniciada por pedidos dos movimentos sociais através do Rotarie Clube de Pinhais e Piraquara e pela FETIEP -Federação de Trabalhadores, e depois foi encampado pelos deputados estaduais. Quem ganha é o povo, temos que ter políticas públicas para as cidades de nosso Estado. Ao invés de criticar partidos e tentar derrubar adversários, é preciso unir forças e trabalhar pelo estado. Por conta dos ajustes fiscais, empresas estão fechando, o dinheiro do trabalhador está sendo subtraído. O povo é quem paga. O HSBC está indo embora do país, a política de juros do Governo Federal para frear o consumo e, assim, conter a inflação, é equivocada. O que teria de ser feito é incentivar a produção e o consumo e não aumentar os juros para barrar o consumo . Com juros altos, torna-se mais difícil frear a inflação”, considerou.

 

Márcia Ferreira enfatiza que greve acabou, mas luta por respeito aos professores e por uma educação pública de qualidade continua

vereadora marcia

A Vereadora Márcia Ferreira (PMDB) avaliou, na tribuna, os resultados da greve dos professores das escolas estaduais, cujo fim foi anunciado na data da sessão, na terça-feira (09/06). “A greve terminou, mas não foi pela importância ou respeito que esse Desgoverno demostrou para com nossa educação. A greve acabou pelo respeito e amor dos professores aos alunos e alunas. O Beto Richa mentiu na campanha, nas redes sociais, prometendo que o melhor e estaria por vir, que a educação seria prioridade e que tudo estava bem com as finanças do estado. Ele mentiu e continua mentindo. Nos últimos dois meses, tivemos um exemplo de garra, de cidadania, com o movimento dos professores, enfrentando esse desgoverno que fez todos os paranaenses pagar um alto preço por sua incompetência”, avaliou.

A Vereadora Márcia disse ainda que é inadmissível a população aceitar tantos erros e descalabros em um governo. “Não podemos admitir os pacotaços, assessor envolvido em casos de pedofilia, o primo preso por corrupção. Amanhã, por amor aos alunos, os professores voltam às salas de aulas. Porém, as escolas continuam sucateadas, a educação e os professores desrespeitados. Os professores voltam as aulas com seus corpos feridos e psicologicamente abalados pelo massacre do dia 29 abril. Os mestres não foram valorizados e seus direitos adquiridos há anos foram violados. Nossos educadores e servidores públicos deram um exemplo de cidadania, democracia e de luta por seus direitos. Direi ao meu filho, que é aluno do Colégio Estadual Arnaldo Busato: ‘orgulhe-se dos nossos professores. Esteja com eles’. Toda sociedade deve, dentro e fora da sala de aula, apoiar a luta por uma educação melhor. Nunca vamos esquecer das bombas e do sangue em praça pública, do rombo na previdência. Estive no domingo, com os integrantes do “Comitê Fora Beto”, no último domingo na Praça de Skate de Pinhais, em um ato em defesa dos professores. Não aceitar esses escândalos do governo e lutar por uma educação pública de qualidade é uma luta de todos nós, dos professores, pais, mães, alunos, comunidade escolar, enfim de toda sociedade, defendeu.

Dia Municipal de Combate ao Trabalho Infantil

O Dia Municipal de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado em 12 de junho, foi salientado pela vereadora. “Junto com a data nacional, temos o Dia Municipal, Lei nº 1565, projeto de minha autoria, aprovado em 2014. A lei municipal visa conscientizar a sociedade, para combater o trabalho infantil. Nós não estamos falando de um trabalho a partir dos quatorze anos na condição de aprendiz. Estamos falando de formas de trabalho que ferem nossa Constituição Federal e o ECA. O Brasil ainda sofre desse mal e precisamos conscientizar cada vez mais nossa sociedade de que lugar de criança é na escola”, explanou.

Dia Mundial do Meio Ambiente

Nas explicações pessoais, a Peemedebista lembrou do Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, associando a data ao saudoso ambientalista de Pinhais, Jorge Grando, falecido em 2011. “O saudoso Jorge Grando foi um grande ambientalista e fez muito por Pinhais. Conheci o Jorge desde os tempos do Movimento Estudantil, onde junto com a da UNESP, a Juventude Socialista e GEPEN, fazíamos um trabalho de limpeza e plantio de arvores nas margens dos rios aqui em Pinhais. É responsabilidade de todos nós, cuidar do meio ambiente, fazer a nossa parte e tornar não só nossa cidade, mas o mundo mais sustentável. É importante ressaltar, que a Prefeitura de Pinhais está realizando a Semana do Meio Ambiente. A semana teve início na segunda-feira (8), na Escola Municipal José Brunetti Gugelmin onde, os alunos da unidade de ensino participaram de oficina utilizando materiais recicláveis, bem como do plantio de árvores. Durante a semana teremos uma série de atividades até seu encerramento na sexta-feira”, lembrou.

 

Notícias de Gabinete

Vereador Professor Demetrio destaca importância da revitalização da Av. Iraí

vereador demetrio

O vereador professor Demetrio, no dia 01 de junho deste ano, apresentou emenda no projeto do executivo municipal que versa sobre a Lei de Diretriz Orçamentária para o ano de 2016.

A Lei de Diretriz Orçamentária apresenta um preâmbulo de quanto e onde o município aplicará no ano posterior.
É bom lembrar que a LDO servirá de base para a elaboração da Lei Orçamentária a ser executada no exercício de 2016.
A inserção da emenda apresentada pelo Vereador Prof. Demetrio, requerendo a revitalização da Av. Iraí, é de suma importância, não somente para a organização do trânsito local, assim como aos pedestres e ciclistas, mas principalmente para integração, desenvolvimento comercial e valorização dos bairros Weissópolis, Vargem Grande e região.

Esta é uma solicitação que há muito tem sido realizada pelos comerciantes e moradores dos bairros mencionados. Trata-se de uma obra que engloba calçamento, ciclovia, iluminação pública, sinalização e paisagismo.

A emenda do vereador Prof. Demetrio está tramitando na Câmara e somente após aprovação das comissões internas competentes irá à plenária para votação.

 

Pedido de Asfalto da Vereadora Jane Carteira é atendido na Rua Joaquim Nabuco

jane

Vereadora Jane Carteira esteve presente no Bairro Vargem Grande, junto com Secretário de Obras, Mario Stier, e alguns funcionários da prefeitura, conversando sobre o asfalto que será realizado na Rua Joaquim Nabuco. “Agradeço a Secretaria pela atenção e também por atender aos pedidos de providência e ofícios que envio a  esta Secretaria”, agradeceu Jane Carteira.

 

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)