Escrito em por

governo01

 

O presidente da Sanepar, Ricardo Soavinski, visitou nesta quinta-feira (17) as obras de construção da Barragem Miringuava. O novo reservatório vai garantir água tratada para os moradores da Região Metropolitana de Curitiba até 2030. O valor total previsto do empreendimento é de R$ 147,8 milhões e a previsão é de que a obra seja concluída no fim de 2019.

“A Barragem do Miringuava é uma obra importante que vai garantir segurança hídrica pelas próximas décadas para a população que vive na RMC. É uma obra que emprega tecnologia e metodologia diferenciadas e reúne uma equipe de trabalho multidisciplinar envolvida em todas as etapas do processo, trabalhando para que os impactos ambientais e sociais sejam minizados e compensados”, destacou Soavinski.

A barragem do Rio Miringuava está localizada no município de São José dos Pinhais e terá capacidade para armazenar 38 bilhões de litros de água. Este será o sexto reservatório a ser utilizado para o abastecimento público da RMC. Sua construção está prevista no Plano Diretor do Sistema de Abastecimento de Água Integrado de Curitiba e Região Metropolitana (Saic), atualizado em 2011.

A bacia hidrográfica do Rio Miringuava já é utilizada como manancial de abastecimento público há mais de 30 anos. Com a captação de água direta do rio, atualmente, o sistema Miringuava oferece menos de mil litros de água por segundo. Após a conclusão da barragem, a Sanepar passará a tratar 2 mil litros de água por segundo, uma vez que o sistema de tratamento já está pronto para atender esse maior volume de água.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)