Escrito em por

pinhais08

 

O encontro foi promovido no Centro de Formação dos Profissionais da Educação

Na noite da quinta-feira (28), foi realizada a audiência pública referente à elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2020. O encontro foi promovido no Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Cenforpe II) e teve a participação de moradores dos bairros de Pinhais, secretários municipais e membros da administração pública.

A audiência tem a proposta de abrir espaço para a população participar, dar opiniões, sugestões, fazer criticas e pedir informações. A ação faz parte do processo Orçamento Integrado onde munícipe e poder público discutem as prioridades de investimento na cidade.

Na abertura da audiência, o Secretário de Finanças, José Martins dos Santos, fez uma explanação de como funciona a elaboração da LDO que define as diretrizes e as metas, dando exemplos de solicitações reivindicadas pela população que foram atendidas. “As pessoas vem às audiências e precisam saber que o que elas falam tem valor, é prioridade. Nós mostramos as solicitações que foram feitas na LDO do ano anterior e demonstramos de que aqueles compromissos foram cumpridos. Os secretários estão presentes, e como tem domínio das questões, podem tratar e se aprofundar nos assuntos com a comunidade. Na sequência, apresentamos os dados e números das solicitações reivindicadas neste ano que foram coletas pelos questionários e internet”, explicou o secretário.

Na audiência, os presentes tiveram a oportunidade de conversar com os secretários municipais e diretores. Foram disponibilizadas salas para cada uma das secretarias realizarem o atendimento aos munícipes.

Moradora do bairro Vargem Grande, Rosa Maria Pirovano Ferlizi diz que há anos participa das audiências públicas. Ela esteve presente para se informar sobre a área da saúde, a respeito de consultas. Rosa comentou a importância da participação, pois pôde sanar suas dúvidas. “Tudo que foi abordado na audiência foi importante. Consegui adquirir conhecimento e entender como é o funcionamento da área da saúde. Foi uma aprendizagem, pois eu não sabia e tinha muitas dúvidas sobre alguns pontos, principalmente quanto às competências do município e a parte de exames complexos que são de responsabilidade do Estado”, disse.

Neste ano, também serão realizadas audiências públicas para elaboração da Lei Orçamentária Anual (LDO), do Plano Plurianual e de Prestação de Contas. Em Pinhais, este modelo de participação popular foi implantado em 2009, obtendo um bom resultado na elaboração de ferramentas de planejamento municipal.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)