Escrito em por

governo02

 

A Sanepar levou para praias paranaenses mais uma forma de promover a educação ambiental. Uma equipe de recreação reúne famílias e diverte crianças com mais de 10 brincadeiras e jogos educativos. O objetivo é conscientizar sobre a importância de proteger a fauna marinha, de não poluir as praias e de fazer uso adequado da água potável. Nos primeiros 30 dias da Operação Verão, cerca de 18 mil pessoas participaram das atividades de recreação.

Tainá Reis Serafim, recreadora do projeto, explica que todas as atividades lúdicas chamam a atenção para a conservação ambiental e o uso consciente da água. No basquete com balde, a bola simboliza uma gota de água que deve ser preservada. “Para cada grupo fazemos uma atividade diferente”, diz. Depois das brincadeiras, os veranistas podem escolher entre dois brindes: uma bola ou uma garrafinha para água.

Os irmãos Mahdiy Jawad, de 7 anos, e Taleb Mortadah, de 11, são fãs das atividades recreativas. Sempre que a equipe está em frente ao Condomínio Pipeline eles fazem questão de participar. A brincadeira da mímica e a do balde e esponja são as preferidas de Mahdiy. Taleb diz que gostou da mímica, que utiliza cubos. Mais tímido, ele explica que a mais difícil foi a da imitação da ostra e que todas as atividades mostram a importância de preservar a natureza.

Outra atividade que está na ponta da língua das crianças é “quem sou eu”. Quando Tainá fala “sou um grande desperdiçador de água”, Tales responde imediatamente que é a torneira. Mahdiy diz que a mensagem mais forte é a de não desperdiçar a água e Taleb se lembrou de animais que vivem na restinga, como a coruja, e das tartarugas que vivem nas areias das praias.

A equipe de recreação da Sanepar tem atividades programadas em pontos da Praia Mansa, em frente ao Sesc, ao D’Vicz e em frente ao edifício Pipeline. Pela manhã, as ações têm início às 10h e à tarde a partir das 16h. A barraca de recreação fica sempre anexa às duchas do Projeto Chuá, duchas ecológicas à disposição dos veranistas. Além disso, a companhia desenvolve projeto Praia acessível, com cadeiras anfíbias que possibilitam que pessoas com dificuldade de mobilidade se banhem no mar com segurança, e faz a coleta de lixo e higienização na areia das praias.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)