Escrito em por

piraquara01

 

A iniciativa partiu de um grupo de protetoras de animais do município com o apoio da Prefeitura de Piraquara

Quatro cachorros que vivem no terminal urbano de Piraquara receberam nesta semana “camas” para se abrigarem do frio. A iniciativa partiu de um grupo de protetoras de animais do município com o apoio da Prefeitura de Piraquara. A colocação das caminhas foi feita nesta terça feira (21). Os animais são castrados e recebem auxilio das protetoras com alimentação e cuidados médicos.

A Prefeitura de Piraquara, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo, auxiliou na confecção das camas e no diálogo com a Viação Piraquara para a utilização do espaço no terminal. Os abrigos foram confeccionados no Horto Municipal, com materiais recicláveis. A iniciativa é proporcionar abrigo para os quatro animais que residem no terminal, mas não incentivar o abandono e proliferação de cães no local.

Recentemente, por meio do Projeto de Castração, a prefeitura esterilizou os animais que vivem naquele ambiente para evitar a procriação. “O município avançou nos últimos anos na questão do controle animal com estrutura, criação de programas e ampliação da conscientização. Também contamos com o trabalho desenvolvido pelas protetoras, que dedicam grande parte do tempo pela causa e nos auxiliam no cuidado com os animais”, destacou o Secretário de Meio Ambiente e Urbanismo, Leverci Silveira Filho.

Controle Animal

Neste ano o município implantou o Projeto de Castração com intuito de reduzir a população animal de rua e oferecer a esterilização gratuita de animais de famílias de baixa renda. Também entrou em funcionamento o Centro de Triagem destinado ao recolhimento seletivo de animais em situação de risco ou agressivos em vias públicas. A conscientização foi intensificadas por meio de campanhas e ações específicas em eventos e na rede municipal de ensino. Também é realizada a Feira de Adoção periodicamente com o objetivo de achar um lar para os animais recolhidos pela prefeitura e divulgar as ações referentes à Guarda Responsável.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)