Comissão de Saúde Pública discute a liberação da chamada “pílula do câncer”

por Rossano Ribas

A Comissão de Saúde Pública da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Dr. Batista (PMN), promoveu na terça-feira (24), no Auditório Legislativo, reunião para debater a possibilidade de fornecimento da fosfoetanolamina sintética, conhecida como “pílula do câncer”, pela sua suposta capacidade de destruir tumores malignos.

A substância desenvolvida por pesquisadores da USP foi distribuída gratuitamente por anos. Em 2014, uma portaria do Instituto de Química de São Carlos (IQSC) determinou que substâncias experimentais precisam ter os registros necessários antes que sejam disponibilizadas à população. Com isso, a substância que ainda não têm a licença da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, passou a ser distribuída somente mediante decisão judicial.

Segundo o Deputado Dr. Batista, a fosfoetanolamina ainda é uma substância em estudo e que não foi reconhecida pela ANVISA. “Trouxemos para a r (…)


Região Metropolitana de Curitiba deverá ter até 3 mil novos abrigos de ônibus

governo01

Foto: Divulgação Sedu

Os prefeitos da Região Metropolitana de Curitiba discutiram no dia 24, terça-feira, a compra conjunta de abrigos de ônibus por meio de programa da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Urbano, Paranacidade, Fomento Paraná e Secretaria Estadual da Administração e Previdência

O assunto foi tratado durante a 2ª reunião conjunta dos Conselhos Deliberativo e Consultivo da RMC, realizada em Curitiba.

“Em muitos pontos a população fica ao desabrigo. Por meio de um Registro de Preços, juntos, podemos colocar até 3.000 novos abrigos de ônibus na RMC”, disse o Secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior. “Os serviços têm de ser melhorados e as soluções devem ser encontrad (…)


Paraná tem a segunda menor taxa de desemprego do País, mostra IBGE

 

O Paraná encerrou o terceiro trimestre de 2015 com a segunda menor taxa de desocupação do País. Entre julho e setembro, o índice estava em 6,1%, maior apenas do que Santa Catarina, com 4,4%. Os dados são da Pesquisa por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua e foram divulgados na terça-feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“A economia paranaense termina o ano em grande contraste com a situação de crise nacional. Aqui o pior já passou. Tenho absoluta convicção de que 2016 será bem melhor para os paranaenses do que 2015”, disse o Governador Beto Richa. “Estamos trabalhando com muito afinco para retomar níveis de crescimento mais altos”.

CONSISTENTE

O desemprego no Estado registrou ligeira queda em relação ao segundo trimestre (6,2%) e ficou bem abaixo da taxa brasileira, que registrou, no mesmo período, 8,9%

“Recebemos esta notícia com entusiasmo. Os números da pesquisa mostram que, ap (…)


Câmara de São José dos Pinhais – 24/11/2015

 

CPI das imobiliárias auxiliou na permanência de mais de mil famílias em seus lares

Documentos e informações coletadas pela Comissão foram utilizados em processo que suspendeu as reintegrações de posse.

cmsjp01

Concluída em junho deste ano, a CPI das imobiliárias da Câmara Municipal contribuiu para que mais de mil famílias permanecessem em seus lares. A informação foi repassada pelo ministério público de São José dos Pinhais aos vereadores componentes da Comissão: Luiz Paulo, Professor Abelino, Gilberto Mello, Tadeu Camargo e Alberto Setnarsky.

A CPI verificou, durante oito meses, casos de especulação imobiliária e fatos relativos a conflitos na negociação entre moradores que adquiriram lotes e imobiliári (…)


Câmara Municipal de Curitiba – 23/11/2015

 

Emendas parlamentares dão destino a R$ 36 mi do orçamento

cmc01

Foto: Andressa Katriny/CMC

Foram admitidas na terça-feira (24), pela Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização da Câmara Municipal, as 491 emendas parlamentares ao projeto de Lei Orçamentária Anual para 2016 (LOA 2016).

Os valores somados chegam a R$ 36 milhões, uma quantia R$ 9,56 milhões superior ao pactuado com a Prefeitura de Curitiba para a destinação de emendas dos vereadores.

No parecer favorável ao projeto de lei orçamentária, Bruno Pessuti (PSC), Presidente da Comissão, inclusive faz uma ressalva ao plenário – que votará as emendas no dia 8 de dezembro – pedindo para que não sejam aprovadas aquelas que tenham ultrap (…)