Escrito em por

pinhais05

 

O evento teve como intuito a troca de experiências entre os municípios da Região Metropolitana de Curitiba

No último dia 25, quarta-feira, a Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Saúde, realizou o 1º Seminário Metropolitano de Manejo e Controle da Sífilis. A iniciativa foi promovida no auditório da sede da Secretaria de Educação do município, localizado no bairro Weissópolis.

Segundo a vice-Prefeita de Pinhais, Rosa Maria, é preciso que a população tenha acesso à informação. “Mas sabemos que, em nosso país, a prevenção é um dos maiores desafios. É preciso que a sociedade se conscientize que, às vezes, simples atitudes podem evitar doenças sérias”, afirma.

A secretária Municipal de Saúde, Adriane da Silva Jorge Carvalho, salientou a necessidade de colocar o tema em pauta. “É importante buscarmos esta troca de experiências, esta integração, para repensarmos as ações realizadas neste âmbito. Temos que nos questionar a respeito das estratégias adotadas no enfrentamento da doença e também nas ações preventivas”, ressalta.

Para o chefe da divisão de Vigilância em Saúde, da 2ª Regional de Saúde Metropolitana, José Carlos dos Santos Dias, eventos como este são relevantes para que haja um planejamento das ações. “É importante que tenhamos estes encontros, pois precisamos deste tempo para parar, refletir e, se necessário, planejar novas táticas de ação”, comenta.

De acordo com a organização, o seminário teve como intuito a atualização profissional frente ao tema e a troca de experiências entre os municípios da Região Metropolitana de Curitiba. A abertura do evento contou com a palestra sobre epidemiologia da sífilis ministrada por Mauro Barroso, médico da 2ª Regional de Saúde Metropolitana.

Durante o encontro, também foram abordados os seguintes temas: Manejo da Sífilis em Gestante, Exames Diagnósticos de Sífilis, Manejo da Sífilis Adquirida, Manejo da Sífilis Congênita, entre outros.

Combate à sífilis e à sífilis congênita

A Lei 13.430, de 31 de março de 2017, instituiu o terceiro sábado de outubro como o dia nacional de combate à sífilis e à sífilis congênita. A data serve para chamar a atenção frente ao tema tão preocupante para a saúde pública. Segundo dados do Ministério da Saúde, o número de casos de sífilis aumentou no país de 1.249 em 2010, para mais de 65 mil em 2015, sendo esse aumento observado também em Pinhais e demais municípios da Região Metropolitana de Curitiba.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)